Moda de mulheres

Estive para pôr os desenhos da Maitema, no livro em que ela fala da moda dos cabelos, mas fica só a explicação (de qualquer forma foi escrito nos anos 90): A partir dos vinte os cabelos são o mais loucos possíveis(desenho de madeixas roxas e tótós), dos trinta imperam as madeixas loiras, a partir dos quarenta todas as nuances do vermelho (ruivo, henné, cor de vinho, vermelho escuro) e dos cinquenta em diante todos os loiros (platinados, amarelos, brancos loiros...).

Agora, anos 2000, as miúdas é cabelos compridos escorridos e estilo novo freak, com calças de ganga muito compridas e botas curtas de montanha, sweat justa e comprida e blusão curto. E a cor natural. Sem pinturas. Depois todo as as mulheres de vinte e trinta andam de cabelos compridos, por mais feios e maltratados que sejam e mesmo que os tragam apanhados. A partir dos 35 já usam mais curtos e a cor de inverno já vai para o castanho e ruivo e avermelhado escuro. E as calças justas e dentro das botas. O preto está a reaparecer, mas depois dos cinquenta é tudo loiro, ou arruivado.
Ou não?

7 comentários:

Visconde de Vila do Conde disse...

(Teresa alguém que escreva neste blog tem mais de cinquenta anos? É determinante para decidir se publico um comentário, ou não...)

Anônimo disse...

Aqui estou eu com cabelo castanho claro e madeixas mais de sessenta e com muito boa fachada segundo dizem.Cabelos muito escuros envelhecem e eu concordo e voces tambem?

medusasss disse...

Há uma outra moda de deixar o cabelo embranquecer depois dos cinquenta, envelhecer com estilo.

A minha mãe está nessa onda, eu estou na casa dos vinte e é como dizes: cabelos compridos ou muito curtos, franjas, cores naturais e olhos muito pintados.

Fica-nos bem! :)

(volta e meia fico com vontade de pintar umas madeixas roxas, mas passa-me depressa, não combina com a minha tez)

Gabs disse...

Ahah. Pois, mas não concordas que é mesmo uma moda etária ? Quanto aos brancos mesmo, cada vez vejo menos. Eu próprio penso deixar, mas sempre que vêem um cabelo branco os miúdos berram logo "tens cabelos brancos"!

teresa disse...

Visconde, accho que somos todos mais para o novito, mas nisto de idades nunca se sabe...

Gabs, ainda um dia perco a cabeça e pinto o cabelo. Faço um daqueles meus cortes radicais e pinto de uma côr qualquer estranha, tipo lilás ou branco. Achas que é moda?

Para já faço colecção de brancas, tenho umas muito giras, mas ainda não me decidi a pintá-las. E o pior é que nunca encontrei um cabeleireiro disposto a fazê-lo. Por incrível que pareça dizem-me sempre que é disparate. E eu vou deixando. Eu gosto,as miúdas gostam, ele gosta, o cabeleireiro gosta? Não devem fazer grande mal.

Gabs disse...

Pois por isso é que eu depois do verão fui ao cabeleireiro e disse "corte, corte,corte" ! com aquele ar de quem me íam pôr uma osga na cabeça (ou lá que era).
Mas ele cresce num instante.Mas brancas não tenho. São demasiados.

O Santo disse...

ia ser ofensivo tio?

pois gabs essa foi a minha refisionomia... ja nao os tenho pelos ombros