Ódios de estimação, os Taxistas


Os taxistas usam boné e andam com o braço fora da janela. O carro pode ser beje ou preto e verde. Guiam só com uma mão e viram-se repetidamente para trás, para falar ao cliente e ver se estão a ouvir. Guiam muito devagar e deixam passar os verdes, mas se estiverem com pressa apitam ao menor sinal de indecisão. Atravessam-se à nossa frente ou param para apanhar um cliente, sem um único sinal. Aliás o taxista nunca faz sinal, a não ser com as mãos, para o deixarmos entrar à frente que tem pressa. Se nos bater por trás, remove imediatamente a viatura para o nosso lado, e diz que "isso não é nada", mesmo que depois não consigamos abrir o porta bagagens... Se lhes batermos, nem pensar em fugir. Há logo ali polícia.
Os taxistas são os profissionais do volante, todos os outros guiam mal.
Ah, e os taxistas raramente são mulheres.

8 comentários:

eu gosto de fogareiras disse...

A última frase já me bastaria para justificar o título...

Anônimo disse...

Não percam o «blog» chamado «ofogareiro» é dum amigo meu
JCF

Anônimo disse...

Qualquer pessoa de boné é um mau condutor.

Sofia disse...

As mulheres taxistas falam pouco e concentram-se na estrada. Comigo nunca nenhuma se meteu. Já os homens...

O Santo disse...

conheco uma historia deliciosa sobre o nunca fazer um unico sinal... e axo piada xatear os taxistas

Gabs disse...

Conta, conta...

O Santo disse...

a ex de um amigo NUNCA utilizava os piscas, nunca. Quando era interpelada sobre isso respondia invariavelmente mas convicta de que:
"Ninguem tem nada de saber para onde é que eu vou"

Iceman disse...

Essa dos piscas é gira, de facto tem a sua lógica.