Foram Entropidos

David Cerny é um artista plástico checo que inaugurou, no âmbito da presidência checa da Comunidade Europeia, uma instalação no átrio do edifício do Conselho Europeu em Bruxelas. Entropa, assim se chama a exposição.
E a Entropa poderia ter saído cinzenta e burocrata, como só Bruxelas sabe ser, se David Cerny não fosse o homem do momento, o homem que está a dar que falar por essa europa fora.
Convidado pela presidência checa para apresentar um trabalho que representasse todos os membros da comunidade, David contactou 27 artistas, cada um de seu país, e mostrou agora os trabalhos finais. Pelo que parece the Presidency commissioned the artists without any restrictions and they were free to create any object they liked.
O resultado final já despertou a ira de muitos e o aplauso de muitos outros. Se os embaixadores da Republica Checa não tiveram hoje mãos a medir com tanta explicação que tiveram de dar, Mark Mardell, da BBC, diz que It's clear the artist David Cerny has a keen intelligence and wry sense of humour e, no blog do Adam Smith Institute, Philip Salter garante hoje que Whether or not it's good art, the Entropa installation by Czech artist David Cerny is pure genius. The Czech Republic should be made permanent holders of the EU Presidency..
Mas afinal está tudo a falar de quê?
Está-se a falar de 27 representações dos mapas dos 27 países, expostos em todos o seu esplendor, ou, como diz Cyrne, no esplendor de todos os seus estereótipos e defeitos. A de Portugal, o nosso mapa coberto de bifes com a forma das antigas colónias, está aqui ao lado, mas no meio de tanta "maldadezinha" nem somos dos piores. França está "Fechada para Greve", Itália é representada pelo seu mapa transformado num campo de futebol e com o letreiro "it appears to be an autoerotic system of sensational spectacle with no climax in sight", de dentro do mapa da Polónia tenta sair um grupo de padres católicos segurando a bandeira arco-íris da comunidade gay, a Alemanha tem um emaranhado de autoestradas com a forma de uma suástica, a Bulgária é uma casa de banho Turca, no mapa da Holanda uma série de minaretes árabes parecem emergir, ou submergir, de um imenso mar e se o mapa da Dinamarca parece só uma inocente construção de legos é porque não se olhou da devida distância para se poder perceber uma das caricaturas de Maomé. E a Grã Bretanha? A Grã-Bretanha não está. A Grã bretanha é representada por um buraco vazio num kit azul de plástico com os outros países da Europa (todas as fotos e explicações do artista aqui em formato .pdf).
Simpáticos os checos, não são? Por acaso até acho que são. Ou, pelo menos, têm sentido de humor e não se incomodam de afrontar a Europa no seu reduto mais sagrado.
Mas o sentido de humor do Cerny não se esgotou nas obras expostas. Os artistas convidados também são do melhor que há e a Portugal veio buscar Carla de Miranda, com extenso currículo e inúmeras exposições individuais. Não conhecem? Isso é porque são uns ignorantes no que a artes diz respeito. É que, segundo o site oficial das Comunidades 'Sculpture, and art more generally, can speak where words fail. In line with the Czech Presidency motto a 'Europe without Barriers', we gave the 27 artists the same opportunity to express themselves freely, as a proof that in today´s Europe there is no place for censorship,' said Deputy Prime Minister Alexandr Vondra e estes 27 artistas estarão amanhã, no atrio do Edifício Justus Lipsius em Bruxelas para, junto com as mais altas individualidades europeias, inagurarem esta mostra dos seus trabalhos.
Estarão? A nossa Carla também lá vai? E há croquetes para todos?
Senhores do cattering não se preocupem que a comida chega de certeza. É que o bom do David também com isto brincou e comeu todos por parvos. O primeiro ministro lá do sítio incluído. Tudo aquilo saiu da cabeça dele e de mais dois ajudantes de campo, que os famosos artistas convidados, a nossa Carla Miranda, coitadinha, que esta era a oportunidade da vida dela, nunca existiram, foram só mais uma criação artística deste enfant terrible.
David, bem feito!

Adenda a 15 Jan. : Afinal os Embaixadores da República Checa continuam a pedir desculpas. Segundo informação da Sycape,
o curriculum apresentado por David Cerny como sendo de uma fantasiada artista portuguesa de nome Carla Miranda é na verdade o curriculum da mãe da Sycape, a escultora portuguesa Beatriz Cunha. Todas as informações na caixa de comentários deste post.

62 comentários:

Anônimo disse...

grunf!, tenho reunião do condomínio

Visconde de Vila do Conde disse...

Muito bom, o trabalho geral. Menos feliz alguns resultados, em particular o de Portugal (fraquíssimo também os de França e Espanha). Sendo a ideia fugir à baguette, aos "toros" e ao galo de Barcelos (ou vinho do Porto ou as praias), acho pouco felizes as soluções escolhidas. Mapas das antigas colónias?...

teresa disse...

Visconde, não discuto as opções dele porque me parece que os objctivos foram em pleno atingidos - pôs as pessoas a falar. E, segundo parece, com Portugal quis abrir a discussão do colonialismo e do pós colonialismo, das consequências para colonizadores e colonizados, as influências que o colonialismo exerceu em vários movimentos europeus.

(chato!)

teresa disse...

Janeiro é tempo delas, z. De reuniões oe de gatos.

sem-se-ver disse...

onde é que podem ver as coisas todas?

(a nossa ja tinha visto)

gaija do norte disse...

as instalações têm em mim o efeito que sabes. não tenho capacidade para as perceber e penso sempre que as pessoas param porque fica bem. considero impossível alguém retirar algum sentido de uma data de vasos e respectivas flores de plástico dispostos de forma aleatória, por exemplo. paro na rua para ver e ouvir os artistas que lá se expressam, sempre que acho que vale a pena. sou capaz de ficar muito tempo perante um van gogh ou qualquer outro impressionista, e perdi a noção do tempo quando me deparei com a vitória de samotrácia, mas o meu pequeno e cansado cérebro de mulher simples dá-me ordens para acelerar o passo, seguir em frente e assim conseguir uma mesa melhor quando vou almoçar a serralves! no entanto, e porque estas estão explicadinhas, apanho qualquer coisa e até consigo achar alguma graça (nunca teria percebido que eram as ex colónias, confesso), excepto à que representa a alemanha. o povo alemão não o merece.

teresa disse...

no "aqui" do post... mas só consgui apanhá-las todas num encarte da exposição e está em pdf. é enorme mas vale a pena

Anônimo disse...

citigroup caiu 22% num dia!

sem-se-ver disse...

isto é que li o teu post cá com uma atenção... desculpa.

sem-se-ver disse...

olha, amei. achei muito muito bom. exceptuando alguns, talvez demasiado óbvios, são visões pessoais, nem sempre estereotipadas, carregadas de humor, provocatórias e livres. como iniciativa da presidência da UE, corajosa e irreverente e inesperada no habitual contexto de salamaleques institucionais. não faço ideia quem seja a nossa carla (sou muito ignorante no que a estas artes diz respeito), mas sim, recordar que nem há pouco mais de 30 anos eramos ainda um país colonialista a viver dos - literais - bifes que nos alimentaram durante 5 seculos, parece-me politicamente relevante. e não despropsitado de todo, seja do ponto de vista social, seja no da crise económica em que mergulhámos desde a independência das ditas cujas (colónias).

hei-de voltar àquilo, e com mais tempo.

beijinhos, desculpa não ter reparado no teu parentesis.

Anônimo disse...

cabrinha linda, só espero que o lago e a cisterna encham para isto ter algum sentido,

quando estiver mais ou menos disparamos outra arma de Sol pode ser o fogo de aloés

gaija: faz-me controlo hidrológico aí no N. que eu não confio nas instituições

Anônimo disse...

fita

Anônimo disse...

não sei se sai

Anônimo disse...

(é preciso esperar um tempinho para abrir)

eu bem me parecia que a minha intuição não podia estar tão avariada, há toda uma série deles que estão à volta de 65%, lá no Sul é que não

teresa disse...

Acabei de decidir que não volto a fazer posts longos... não reparaste no parentesis nem viste a parte final,,,:)))
NENHUM dos supostos artistas convidados existe. O tipo inventou-os todos. As obras são todas dele, o ter dito que eram de artistas nacionais faz parte da própria instalação.
E é isso um dos pormenores interessantes. Se, em termos artisticos, foi percebida esta atitude, a arte é criação e a ilusão de que havia 27 convidados nacionais é parte integrante da obra que apresenta, há por aí gente que acha que ele devia ser acusado de fraude. Encontrei muito essa opinião em blogs portugueses...

Anônimo disse...

primeiro fui tratar da hidrologia que estava a coçar-me, agora já fui ver: está genial sim, semiotica pura.

as ex-colónias em Portugal fazem as marcas dos fogos de 2003, 04, 05, mais ou menos, feridas rubras.

a Grécia está linda e também a arder, mas tem água a escorrer,

a Espanha está gradeada?
o elefantinho de Malta é o máximo, trombinha no ar

teresa disse...

Ontem reparei que me esqueci de ver a Espanha... Fui lá para conseguir tirar a foto de Portugal e nem me lembrei de espreitar espanha...

Anônimo disse...

Teresa, linkei-te no jcf do Aspirina, só depois é que me lembrei que se calhar devia ter pedido licença, mas eu não sou nada disso ainda por cima vocês gostam-se

achas mal?

arranjaste aqui uma brincadeira fantástica, és a minha lontra

teresa disse...

Claro que não tens de pedir licença para linkares. Muito menos no Aspirina.

Ser lontra parece-me bem. Gosto daquele ar que elas têm quando dormem de bracinhos cruzados. E estão quase sempre a dormir...

Anônimo disse...

são lindas, e espertas que nem um raio, quando não estão a dormir, e vão a nadar de costas a dar com uma pedrinha numa ostra ou então fui eu que sonhei, já não sei

sem-se-ver disse...

ahahah

mais giro ainda!! :D

(mas onde recolheste a informaçao de que aquilo tudo é so obra dele?)

(tambem nao me digas que esta explicado no post senão ja começa a ser desconsideraçao da minha parte :S

Anônimo disse...

ahah!, é um contrato de futuro, mas este vai correr bem :)

Anônimo disse...

olha, aquilo afinal são bifes e eu vi como feridas dos fogos, cada um tem as cicatrizes que tem e doem no seu sítio

teresa disse...

Não, essa não está no post. Andei a cuscar a net quando vi as primeiras notícias e descobri isso no site da BBC

Sycape disse...

Eu gostava de deixar aqui uma informação que provavelmente não é do vosso conhecimento. O curriculum da Carla Miranda existe, é da minha mãe, que se chama Beatriz Cunha. Um jornalista do Diário de Noticias contactou a minha mãe e chegaram à conclusão que ele copiou o curriculum dela. Se estiverem interessados em confirmar que ela existe basta ir ao site dela http://beatrizcunha.tripod.com/

teresa disse...

Sycape, por acso li o curriculum da tal Carla e achei que era muito plausível e que, para quem não conhecia o país, o David Cyrne tinha sido muito realista.
Mas já agora, e só por curiosidade, que acha a sua mãe do facto de ter sido usado o curriculum dela?

Sycape disse...

Tá perplexa e acabou de falar com o embaixador da Rep. checa que lehe telefonou pessoalmente para pedir desculpas. Já agora onde é que viu o curriculum? Nós estamos há horas à procura e n conseguimos encontrar o curriculum

teresa disse...

O curriculum está no encarte da exposição publicado no site das Comunidades Europeias. Fica o link
http://www.eu2009.cz/scripts/file.php?id=8282&down=yes.

Sycape disse...

Eu e a minha mãe agradecemos muito :)

teresa disse...

De nada. Posso fazer uma adenda ao post dizendo que, segundo informação sua, o suposto curriculum da fantasiada Carla Miranda é na verdade da sua mãe?

Sycape disse...

Claro que sim. E penso que esta história ainda não acabou, por isso se quiser posso ir dando lhe noticias

Sycape disse...

outra coisa, provavelmente os outros curriculums tb são plagiados, pois se ele plagiou o da minha mãe tb deve ter plagiado os restantes

teresa disse...

Já pensei nisso dos outros também.
E sim, agradeço, agradecemos, se nos fôr mantendo ao corrente.

Sycape disse...

sim eu vou informando, mas só um pormenor a minha mãe é escultora e não pintora lol

teresa disse...

Vai ser corrigido já de seguida...

Obrigada

Sycape disse...

obrigada eu :)

sem-se-ver disse...

ah. afinal entao a historia nao tem graça nenhuma :(

mesmo.

mas é pra casos destes que servem os tribunais, certo?

(fiquei chateada.)

gaija do norte disse...

z, por cá continua tudo em baixo.

teresa disse...

Graça afinal não tem e vamos ver o que isto dá...

Anônimo disse...

mas então gaija, arranjei uma coisa a mostrar que está a 65% aí em cima que era o que eu pensava antes de ter visto fosso o que fosse, portanto há-de estar, os solos estão asturados na faixa ocidental, agora é tudo a escorrer,

não me ponhas preocupado que eu tenho roupa para lavar e gatos para mordiscar o mais tardar depois de amanhã

Anônimo disse...

ai,

fosse,

saturados

teresa disse...

Sycape, descobri outro curriculum copiado...

Este é o apresentado pelo Cerny

Khalid Asadi

Selected Exhibitions
2007 - YCN at the RCA, Royal College of Art, London
2007 - YCN in Stockholm, Stockholm
2006 - Please hold the line, Cornerstone Gallery, Liverpool
2006 - Us v’s Them, Hannover
2006 - Little and Lots, Here Gallery, Bristol
2005 - DO NOT REMOVE, Atkinson Art Gallery, Southport
2005 - The Beer Mat show, Alicante
2005 - Changing 8 2005, Cornerstone Gallery, Liverpool
2005 - Summer exhibition, Salt Gallery, Cornwall
2003 - RANT 1: ABC, ABC Cinema,Southport
2003 - The Postcard Show, Surface Gallery, Nottingham
2003 - The A6 Show 2003, Arthouse galley, London
2002 - The Sefton Open, Atkinson Art Gallery, Southport
2002 - The View Gallery, Liverpool
2001 - The Studio, Southport
2001 - The View Gallery, Liverpool
2000 - Treble Zero, Snow Gallery, Leeds
1998 - Gallery over the Shop, Southport
1998 - Windsor House, Harrogate

E este é o verdadeiro artista.

Craig Atkinson
Exhibitions.
2007
YCN at the RCA, Royal College of Art, London, UK
YCN in Stockholm, Stockholm
Hit The Books, Belgium
Sol Collective, Sacramento, USA
The Old Shoreditch Station, London UK
Dream Bags Jaguar Shoes, London, UK
Katalogue XXL, Hilton Trafalgar, London, UK
katalogue XXL, Palais de Tokyo, Paris
New Contemporaries, London / Manchester UK. [Shortlisted].
Nationwide Mercury Music Prize, The Hospital, London
Zines, TTC, Copenhagen
If you could...?, Exposure Gallery, London
We Hate Glue, Marrs Bar, Spain
Reach One, Taiwan
Art Trek 4, Galerie Mekanik, Belgium.
Abide Visuals in Vegas, USA
Today's a beautiful day, Nog, London
AAA gallery, Paris
Letters, Merseyside festival of writing, UK
Flea Pit, London, UK
2006
Please hold the line, Cornerstone Gallery, Liverpool UK
Us v's Them, Hannover
Little and Lots, Here Gallery, Bristol, UK
Digital Show, Liverpool Biennial, Walker Gallery, Liverpool, UK
John Moores Prize, Walker Gallery, Liverpool Biennial[short listed]
Junc Gallery Los Angeles
Latex For Fun
Post It, Atkinson Gallery Southport UK
The Beer Mat show, Barcelona, Spain
2005
DO NOT REMOVE, Atkinson Art Gallery, Southport UK
The Beer Mat show, Alicante, Spain
Changing 8 2005, Cornerstone Gallery, Liverpool UK
Take me; I’m yours, The Atkinson Art Gallery, Southport, UK
[UN]titled, Loop Gallery, Liverpool
Continuum, Keighley Arts Factory, Yorkshire, UK
2004
‘A Taste of Abstraction’, The Upper Room, Southport, UK
‘A Quiet Voice ‘, t’art gallery, Ripon, North Yorkshire, England
Ince Blundell Garages, Liverpool, England
‘Peep Show’, Red Dot, Liverpool Biennial, UK
The Sefton Open, The Atkinson Art Gallery, Southport, UK
The Lille Art Fair [Invited to exhibit], Madrid, Spain.
Liverpool Biennial Independents, ‘Ten’ [Abstract Painters, Craig Atkinson, Maurice Cockrill, John Mclean, John Hoyland, Arthur Roberts…], Prince’s Dock, Liverpool, England
Artists that teach, Stroud House Gallery, Gloucestershire [invited to exhibit]
Responses, t’art Gallery, Ripon, North Yorkshire
Summer exhibition, Salt Gallery, Cornwall, England
‘Do Something’, Floating ip, Manchester, England
David Stead, Sylvette David, Craig Atkinson, t’art gallery, Ripon, North Yorkshire, England
2003
RANT 1: ABC, ABC Cinema,Southport, England
The Postcard Show, Surface Gallery, Nottingham, England
The A6 Show 2003, Arthouse galley, London, England
Great Northern Wine & t’art gallery, Ripon, England
t’art gallery, Ripon, North Yorkshire, England
‘Islington People’ ,Islington Museum, London, England
2002
The Sefton Open, Atkinson Art Gallery, Southport.
The View Gallery, Liverpool, England.
Southport College of Art and Design affiliated to John Moores University Liverpool.
MISSING’, MoMA, Southport, England.
‘Moonroom’, 25 Parr St, Liverpool, England.
2001
The Studio, Southport, England.
The View Gallery, Liverpool, England.
2000
Treble Zero, Abstract paintings by Craig Atkinson and Danny Rolph’, Snow Gallery, Leeds, England.
1999
First Snow’, Snow Gallery, Leeds, England.
Northern Graduates’, New Academy and Curwen Gallery, London, England.
Brink’, Leeds Metropolitan University, Leeds, England.
1998
Gallery over the Shop, Southport, England.
Windsor House, Harrogate, England.
1997
New Year New Work’, Leeds Metropolitan University Gallery, Leeds , England.

Vou tentar descobrir os outros.

sem-se-ver disse...

espero que um processo, que num pais civilizado seria apresentado pelo Estado, no caso e por exemplo, pelo Ministério da Cultura. era o mínimo para a artista ser ressarcida. foi uma atitude aboslutamente escusada por parte dele. absolutamente escusada. sera que nunca ouvir falar de jorge luis borges que inventou personagens historicos a torto e a direito e sobre asescrevia verdadeiras teses, cheias de referências, todas elas falsas tambem? ter-lhe-ia bastado o mesmo tipo de gesto. teria sido irónico, divertido e inovador.

asim foi simplesmente ignomioso e caso de polícia ou tribunal ou whatever.

se eu fosse a carla/beatriz, ia lá e partia-lhe o focinho. e depois movia-lhe um processo daqueles que ele nunca esqueceria.

sem-se-ver disse...

teresa,

como é OBVIO ele copiou os cv todos!!! evidentemente!!! falsificou o nome, usou de artistas porventura nao tao conhecidos assim internacionalmente (tipo, pedro cabrita reis teria dado mais nas vistas, não?) - isto sem desprimor para a obra de beatriz cunha, claro - e catrapim. olha o inteligentinho!

teresa disse...

pois, não percebo porque copiou os curriculum (detesto escrever curriculae...). Assim estragou o que até aqui estava muito bom.

sem-se-ver disse...

evidentemente!

teresa disse...

Isto parece um folhetim e em Espanho pode ter acontecido uma coisa interessantet. O artista inventado é um tal de Ricardo Romero e o copiado é Pere Llobera. O pior é que há dois sites na net, cada um de seu, e se os curricunlum são iguais e os premios também as obras apresentadas no site do suposto falso são diferentes das do outro.
A pergunta é, serão de quem? Aqui pode ser ainda mais grave.

http://ricardoromeo.com/

http://www.perellobera.com/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1

teresa disse...

arranjaram-me um belo sarilho, que ando perdida na net com dezenas de coisas para fazer.

as obras do tal Ricardo Romero são mesmo cópias. Cheguei a pensar que o Cerny podia ter usado obras dele, mas não. Roubou descaradamente a escultores e arquitectos. Encontrei os originais...

Anônimo disse...

essa parte dos direitos de autor que se lixe, eu não consigo controlar isso, mas a verdade vem sempre ao de
cima, mas às vezes demora, também não vale a pena ser mesquinho

mas nem percebi o que para aí houve

Anônimo disse...

mas já fui confirmar, aqueles bifes batem muito certo com as colagens de áreas ardidas 96-05 que eu fiz e estudei. Se me roubou depois paga do outro lado do espelho,

É ver: Monchique, a espinha dorsal do Alentejo (Portel, Ossa), a grande mancha central de pinhal, e o Norte eucaliptado.

agora se me roubou ou não é os deuses que julgam porque eu perco-me neste mar de dons e de trocas

Anônimo disse...

e a base é madeira, está certo, o mote foi o Espelho de Portugal

---

o que me interessa é que dei cabo dos fogos em Portugal durante uns anitos, mas cada ano é um risco acrescido, haja Deus na consciência das pessoas ou o amor pelos outros

Anônimo disse...

mas portanto agora os bifes vão-me dar fome que já sei,

esperar mais um bocadinho e no fim com a mousse vou-me lamber até às orelhas

Sycape disse...

Há novidades. A RTP vem agora cá a casa. Quem estiver interessado pode saber os pormenores qd passar na tv

Anônimo disse...

Eh pá, não fales disso do Espelho de Portugal que não tenho a certeza e além disso não me interessa. Tudo o que faço agora é dado.

teresa disse...

Gostava de saber se nos outros países já se aperceberam. Mandei uns emails mas até agora não tive respostas. Sei é que, de certeza porque comparei os curriculum, em Espanha e na Inglaterra também foram copiados.

sem-se-ver disse...

teresa, isto vai, e já deve estar a ser também nesses países, um escândalo do caraças.

(e a rep checa nao merecia isto)

(até já me ocorreu o seguinte: será que ele pediu como remuneração os putativos cachets a pagar a cada um dos 27 artistas?...)

(se é desonesto, não me parece especulação barata)

teresa disse...

Se não me falha a memória recebeu € 350,000.

Sofia disse...

Aldrabão. Com piada.

Anônimo disse...

olha que engraçado, variedades euclideanas e riemannianas em pedra, deve ser bem bom ser escultor, músculos em forma,

mas eu vou esculpir em pixels porque sou gamado ainda mais em luz do que pedra

Scarlata disse...

O Artista Italiano também é inventado e o CV foi copiado ao Arnaldo Pomodoro, famosissimo Escultor.
Vigarista, saiu-lhe o tiro pela culatra, agora diz que vai devolver os 50.000 euros, que remédio!

teresa disse...

Tenho estado a pensar se ele terá de devolver o dinheiro. Não sei se o convite a mais artistas era condição do contrato ou se foi proposta dele. Afinal as obras foram feitas.
A questão dos curriculum copiados é diferente e eu, no lugar dos lesados, nem me preocupava com o Cerny - quem oficialmente deu informações falsas foi o Gabinete da presidência das Comunidades e é a eles que têm de ser pedidas responsabilidades. Eles, se quiserem, que vão depois à procura de quem os enganou...

Anônimo disse...

Gabinete da presidência das Comunidades eh pá, embuste ao mais alto nível, é o burroso claro com os fogos de 2003 só podia,

a ele ninguém pede contas não é? medunço

eu não, atirei-me a ele nos jornais, f*di-me mas também o f*do: braganza curse!