Acabou o Verão. Chegou, outra vez, a nossa paz!

São nove da noite.
Os miúdos - as minhas e o emprestado - estão na piscina. Acho que mergulharam com a roupa que traziam vestidos, mas hoje está tudo bem e já perceberam que podem fazer quase tudo, que eu faço a seguir e rio com eles.
O Sérgio Godinhos grita pelo Casimiro como há muito não gritava, porque imitações ninguém gosta aqui e a Etelvina está quase a chegar e o fundo do mundo, e o fundo de mim e o fundo do mar também por cá andam.
Os cães estão todos deitados na carpete da sala, que já foi branca,sem perceberem porque finjo que não vejo. A televisão voltou a ser desligada e vai continuar assim, a cozinha está espezinhada de água, que elas vão entrando e saindo a pingar, as jarras têm flores novas, tenho um cesto cheio de cebolas acabadas de apanhar e com a rama bem verde, figos para o pequeno almoço, uvas dos vizinhos, milho verde para assar e seco para pipocas.
Vamos acender as brasas para a carne e gritar na relva.
A lua, muito pequena, a minguar na fase dela que hoje não é a minha, estava laranja escura entre os eucaliptos e as palmeiras.
Afinal, é tão fácil ser feliz!
E sim, gosto muito, mas muito, de viver no meio de nada. E é aqui, neste sítio quase mágico, que me encontro dentro de mim.

28 comentários:

gaija do norte disse...

sabes que apesar de ser muitas vezes o mês de regresso ao trabalho, gosto muito de setembro. é tranquilo! não sei se são coisas que me ficaram da minha mãe, mas sempre foi dos meus meses preferidos

teresa disse...

Setembro é, definitivamente, o meu mês preferido. Era o mês de quinta, de serra, de tudo a acabar e a começar outra vez. O meu ano começa sempre em Setembro.

@na disse...

é o meu mês preferido para tirar férias... ir quando já todos voltaram

gaija do norte disse...

tal e qual!

O Santo disse...

wake me up when ....

teresa disse...

eu gostava de vir para o Algarve na ultima quinzena de Agosto... depois de praia e serra voltava tudo ao principio... lá em cima já estava outono e nós vinhamos para a praia..

Anônimo disse...

eu gosto é de Maio, belo Maio, cantava o Zeca, tudo florido e tem-se o Verão todo pela frente.

olha que vem ai o Hanna e o melhor é não ligares muito a izzo

Setembro é bom para trabalhar com restos de praia pelo meio, Outubro deixar a casa e Novembro ir para os trópicos que detesto o Inverno

Gabsna net disse...

Setembro para mim é o ano novo, não é Janeiro. Faço sempre promessas de vida nova...

@na disse...

ò z... também eu... são meses inteirinhos de neura!!!

teresa disse...

para mim não.... gosto do Inverno porque sei que o Verão vem a seguir.... o Verão angustia-me porque é uma contagem decrescente para o Inverno. O Verão é pessimista.. no Inverno cada dia que passa deixa-me mais perto do que gosto. (Por alguma razão se diz primeiro de Agosto primeiro de Inverno...)

jose disse...

Eu gosto é do Verão
Passear de prancha na mão
Saltarmos e rirmos na praia
E nadar e apanhar um escaldão

@na disse...

e ao fim do dia
bem abraçados
a ver o por-do-sol
patrocinados por
uma bebida qualquer

teresa disse...

pode ser com alcool?

jose disse...

a época do ano que menos gosto é o outono. os dias ficam mais pequenos e eu gosto de luz...

@na disse...

sangria, boa? até tem fruta, é saudável

jose disse...

@na está combinado... bem abraçados a ver o pôr-do-sol... dá-me as tuas coordenadas para o tal jantar (que te estou a dever) e antes vemos o pôr-do-sol...

@na disse...

ò arrebatador... então o respeitinho... era a letra da música...até porque nas moitas não se deve ver bem o por do sol... mas o jantar já é outra conversa

teresa disse...

( pssst.... estou aqui.... olhem lá, que se há jantares eu vou também. Com ou sem coordenada,,,)

jose disse...

ó @na não sejas mal intencionada. eu disse abraçados e não amarfanhados (embora nada tenha contra isso, e sempre que posso faço uma perninha)!!! e podes mandar as coordenadas que tenho o gps sempre na viatura...

jose disse...

...e já agora, atrás das moitas é sempre um bom sítio!...

teresa disse...

o gps na viatura? atrás das moitas? e isto que era um blog de respeito, onde se discutia a pena de morte e essas coisas assim...

@na disse...

ò arrebatador... mas qual mal intencionada, estava a falar do respeitinho por esse momento fantástico que é o por do sol... atrás das moitas? nã... por do sol é para se ver, não para espreitar

gaija do norte disse...

sangria? alguém falou em sangria?
eu é que a bebo e eles é que se vão abafar para as moitas!

(não era abafar, mas não faz mal..)

jose disse...

também podes aparecer, gaija do norte, e então passamos a ter um festival de pôr-do-sol... e podes trazer a sangria (desatada...)!

gaija do norte disse...

sangria desatada não me parece bem... mas como cá ninguém percebe o que os daí dizem... já estou por tudo!

teresa disse...

ó gaija, olha que o arrebatador lá por ter costela do sul é muito norte como nós... ele entende-te descansa...

jose disse...

seja feita a tua vontade, gaija do norte: estejamos por tudo!

teresa disse...

por tudo? sem rede nem Norton?