a minha vénia à Rainha

25 comentários:

gaija do norte disse...

não lhe chamaria rainha, e muito menos lhe faria a vénia, mas tirar-lhe o chapéu, não digo que não. não aprecio o género, mas gosto do "desempoeiramento" da gaija!

teresa disse...

também nunca fui fã, mas pelos vistos temos adeptos aqui no curral... vou tentar meter uma cunha para o relato, se o groupie tiver sobrevivido com tanto pecado em palco...

@na disse...

gaija de Rainha da Pop ninguém lhe pode negar o trono conquistado por direito

teresa disse...

do kitsch... aí sim, rainha.

gaija do norte disse...

não consigo ouvir nada dela do princípio ao fim, mas pouco conheço. gostava de ter ido ao concerto, pelo espectáculo, mas não tenho paciência para as musiquinhas...

teresa disse...

eu também gostava de ter ido. tinha sido um espectaculo.

Gabsna net disse...

Também não gosto lá muito das musicas. Acordar cedinho, levar meninos escola, é só às 10 h mas esstou ansiosa...

Anônimo disse...

eu gosto pouco desta domadora de homens, não lhe dou o privilégio de ter as minhas barbas a aplaudi-la,

mas gosto da Dani klein dos Vaya con Dios:

tomorrow the future is uncertain just like yesterday

e Manu Chau

ardiloso disse...

adorei o espectaculo dela e tem uma figura em palco que me fascina... muito bom concerto

Coelha disse...

Rainha das cabras, pois com certeza! Adoro-a! E o concerto foi mesmo um espectáculo!

Anônimo disse...

se é para cabras eu gosto mais de cabras como a Daniela Mercury,

chonchuda e pouco musculada

são gostos

Anônimo disse...

mas acredito que tecnicamente estivesse impec, e fez uma boa Evita, mas a Faye foi melhor cá para mim

O Santo disse...

tb gostei... cadito noisy, mas como ja li aqui... sao gostos.

Mas devias ter vindo sim chefa, espectaculo garantido.

Anônimo disse...

santo: ando a malhar nos infinitos, mas ainda estou em Aristóteles, ele tem lá umas coisas ao contrário do que eu pensava e vou demorar mais,

enquanto abro caminhos tropicais

já agora: vocês lá no espaço de Hilbert aquilo tem dimensão infinita mas é com a potência do contínuo, não?

já me despachei por hoje, vou à praia

O Santo disse...

o espaço de Hilbert é um espaço aberto sem dimensões. Todos os espaços têm dimensão infinita, este pode ter dimensões infinitas tb.
Curioso que depois acaba por encaixar no Caos.

Anônimo disse...

eu fui.. hehe

Anônimo disse...

eu fui.. hehe

é fazer a conta disse...

E nesse caso qual é a dimensão do Caos, só por curiosidade?

O Santo disse...

a versão inglesa é 183x127x43

mas em BD acho que é maior

Anônimo disse...

rapaz, há espeçao de dimensões infinitas como o de Hilbert mas aqueles em se trabalha em matemática o mais das vezes têm dimensão finita, R tem dimensão 1 por exemplo

só tens caos quando tens atractores estranhos e estes têm dimensão fractal

Anônimo disse...

espeçao? isto deve ser uma coisa freudiana -> espaços

Anônimo disse...

laboratório de Espaço e Cultura

calculatrix disse...

Pérem aí queu tou a fazer a conta...

teresa disse...

e cambiaste as pilas?

nove vezes três aí vão dois disse...

Foi. Deixei uma a bombar e outra a carregar.