As cartas de amor são ridículas...

Mandaram-me esta cartita há muitos anos, deve ser uma tradução de um livro qualquer...

Eu quisera...

Eu quisera que encontrasses nos meus olhos todas as respostas que não te sei dizer
Eu quisera não precisar de palavras para que compreendesses todos os meus pensamentos
Eu quisera que tivesses a total segurança de que sempre e seja como for a teu lado estarei
Eu quisera que procurasses dentro de mim tudo o que ainda não consegui encontrar
Eu quisera que estivesses realmentes realmente segura que és tudo para mim
Eu quisera que todo o meu ser não tivesse um só segredo para ti
Eu quisera muitas coisas mas resumindo, eu só quero que tu me queiras.

Iyad Ben Ahmed

2 comentários:

teresa disse...

e quiseste ou fizeste-te distraida?

Gabs na net disse...

Promessas eleitorais....
eu sabia lá quem era o gajo, afinal era anónimo, passaram-mo numa aula. Podia até ser o Zeferino, ou o Artur, ou outro hoorroso q por lá andava...