Até fui buscar uma cerveja e um pacote de batatas fritas.

Está bem que ainda não chegámos à Madeira, mas pelo sim pelo não já me estou a aviar que isto nunca se sabe. A seguir salta uma cigarrada e o café é assunto a ponderar.
Sempre me ensinaram que o que é de mais cheira mal e esta coisa do politicamente correcto anda-me a cheirar pior que o peixe do Ordralfabetix. É que já não há paciência para tantos ditadores de pacotilha imbuídos da santa missão de nos lixarem a vida até ficarmos todos reduzidos a um mínimo denominador comum onde a sua pequenez será muito menos notória.
E agora, da ilha conhecida pela correcção política, chega mais uma grande lição. Um exemplo a seguir, sem dúvida.
Os alunos que frequentam as escolas madeirenses estão impedidos de consumir nas escolas bolos de aniversário com creme, uma das regras impostas pela secretaria regional da Educação para fomentar hábitos alimentares saudáveis junto dos mais jovens.
É que é assim mesmo e só pecam por falta de coragem que se fosse eu a ditar as leis exigia que se tirasse também o açucar dos malditos bolos e se proibissem as criancinhas de cantar os Parabéns a Você. Aquela parte do Hoje é dia de festa, cantam as nossas almas, parece-me ofender ostensivamente a liberdade religiosa.

E para a frente é que é o caminho, que para as crianças, como para todos nós em geral, o poder pensar e escolher é altamente pernicioso e pode causar desvios comportamentais difíceis de compreender. Mas na Madeira já se está a tratar do assunto e as escolas dão o exemplo.
"desde o ano passado, a SRE passou a ser mais rigorosa" e as "recome ndações passaram a instruções, dizendo que tipo de alimentos não podiam ter nas escolas".
Deu como exemplos alguns tipos de chocolate, sumos com gás, batatas fritas, entre outros, "porque eram coisas que existiam nos bares das escolas que serviam para os alunos compensarem aquelas que foram excluídas dos "buffets saudáveis".

A seguir e na mesma linha de brilhantes regulamentos, acho que a secretaria regional de Saúde devia pugnar pela obrigação de os alunos usarem cuecas lavadas todos os dias, criando mesmo brigadas especiais para inspeccionarem rabos mais mal cheirosos, que a higiene é absolutamente fundamental e de pequenino se lava o pepino.

16 comentários:

Gabsna net disse...

Por acaso os menus das escolas são feitos a contar calorias e a incluir sopa, carne ou peixe, pão e fruta. Os mais velhos íam ao bar comer em vez disso croissants. Por isso agora também só têm sandes de fiambre... Se querem comer outras coisas, que saiam da escola. Acho bem. os mais novos são de certeza os mais elegantes. Não gostam,não comem...

teresa disse...

Eu não acho. Prefiro que lhes ensinem, na escola, que podem comer de tudo, desde que tenham alguns cuidados. Até batatas fritas e chocolates. E bolos de aniversario com muito creme, que bolos é para isso mesmo. E prefiro saber que ficam na escola sem terem de vir cá fora para comprar o pacote de batatas fritas que não podem comer lá dentro.
Sempre tive, em minha casa, os frascos dos doces à mão de semear. Só começaram a ser fruto apetecido quando as miúdas ficaram em casa da minha mãe e elas os escondeu. Não quero ir por aí e palpita-me que não é o caminha certo.

Gabsna net disse...

É a história da censura nas bibliotecas públicas. Debatemos esse tópico no curso das bibliotecas. São pagas pelos contribuintes e servem para educar.
Basicamente é isso. E se as pessoas querem ler a Maria, filmes porno, vamos lá pôr porque assim ao menos vão lá e podem com o tempo ler outras coisas? E se não pusermos não vão lá? E nós pagamos.

gaija do norte disse...

é com um título destes que qualquer alma se tenta e entra, outra vez, pelos excelentes caminhos do pecado da gula!

(faltam as farturas...)

teresa disse...

e esses fazem parte dos pecados bons, isto se houver pecados maus..

pagamos sim gabs, e prefiro pagar revistas pornograficas - sempre educativas - a pagar a policias de costumes - sempre deseducativas.

gaija do norte disse...

os pecados são, quase todos, uma lista de mal entendidos. como é que a gula, por exemplo, que nos faz tão felizes, pode ser pecado?

teresa disse...

e só estamos no princípio da lista...
e como eu, pecadora, me confesso, tenho dois Mars (um, o outro já foi) e dois Snickers mesmo aqui ao lado..

gaija do norte disse...

e por tua causa, lá se foram mais batatas fritas e a respectiva amante!...

teresa disse...

e os mais 4 chocolates também já voaram... pergunta fundamental - vou buscar mais ou mudo para as batatas do costume com a tal fresquinha?

gaija do norte disse...

eu já teria acompanhado os chocolates com a dita, para desenjoar, mas os meus gostos são como são...

teresa disse...

mas essas são aquelas coisas que só uma verdadeira gaija do norte é capaz de fazer... eu ainda sou muito ortodoxa...

gaija do norte disse...

então faz-te à vida e experimenta! é que sabe mesmo bem.

Gabsna net disse...

Comer à noite faz muito mal...depois do jantar não se deve embuchar mais nada, só ao pequeno almoço. Deve ser por isso que estou aqui acordada, hoje há escola, apresentação às 10 h. Além disso aqueles puseram o despertador para as sete, e só eu acordei, eles lá estão a roncar.

gaija do norte disse...

faz mal, muito mal é passar fome! isso sim é que é uma tragédia!

teresa disse...

ir para a cama com fominha dá cabo do sono...
E manda os teus cá para casa. o despertador também estava para as sete, o delas, que a mim só me acordaram depois de estarem vestidas e o pequeno almoço tomado... de pequeninos é que se ensinam..

O Santo disse...

eu lembro que na marques pombal onde andei às tantas resolveram terminar com a cocacola... fazia mal.
Plo sim plo não foi permitida cerveja.