Hoje apetecia-me...

... escrever uma carta de amor.
Daquelas tontas, ridículas, ingénuas, que começam com um meu amor, fazem juras mil e promessas sem fim e acabam num amo-te muito.
Apetecia-me.

47 comentários:

@na disse...

tens bom remédio...
Se te apetece é porque tens algo a dizer, diz, escreve.
Pior do que nos arrependermos por algo que fizemos, dissemos ou escrevermos é vivermos com a sensação que devíamos ter feito e não fizemos.

ardiloso disse...

que te impede? escreve cabrita, que depois dou a minha opinião, boa?

teresa disse...

apetecia-me poder fazê-lo, só isso... o resto nunca deixei nada por fazer. Arrependimentos desses não.

@na disse...

és um cusco, ardi

teresa disse...

porquê, ardiloso? estás mais habituado a opinar sobre cartas de amor que a recebê-las?

ardiloso disse...

quero saber tudo.... se não acredito no amor ....

ardiloso disse...

por falar em amor, hoje dia de ir buscar filhos à mãe. Deixo aqui um beijo de boa noite para as minhas cabrinhas que adoro e me fazem passar agradaveis momentos....

teresa disse...

E vais buscar os filhos a esta hora??? tss tsss...

@na disse...

olha... hoje deve ser dia de S. paisirembuscarfilhosàsmães.

Eu juro que o ardi não é o pai dos meus!!! até porque os meus já foram

teresa disse...

e há por aí um paizinho a mais que venha buscar as minhas? um dia ainda me explicam como é isso, mas deve ser uma questão de pais mais práticos e menos teóricos... ou só de mais pais!

@na disse...

11

@na disse...

- Mais pais!

ardiloso disse...

Cada um sabe..
à horas para ir buscar filhos? Essa é novidade, horas tenho para as reuniões, infelizmente.

il postino disse...

Posso contribuir com o envelope e o selo (correio azul e tudo).

Anônimo disse...

beijos e não esqueças de tomar um chá de não_sei_quê, ando há milénios para conhecer plantas aromáticas melhor, ainda só agora descobri que tenho aqui umas melaleucas com mais de um século senão uns poucos - e dormir muitas horas

também estou todo partido mas também foi da galderice, ou melhor serviço público

@na disse...

descupa, sim, ardi?

(Teresa, ele tá sensível, não te estiques)

Anônimo disse...

serviço público ou serviço cívico? Nunca atino com estas coisas mas pronto amei sinceramente o rapaz, como se calhar nunca mais o vejo deixei um beijoca na acácia em que nos agarrávamos e ela agora trata do resto, nada mais leal do que as árvores

teresa disse...

pronto ardiloso a pedido da ana não me estico...
(mas isto são horas??)

Ó postino e podes pôr nome e direcção ou vai para o pai natal?

Anônimo disse...

pédecruz papaste-me a kpk mas deixa estar eu tou bicho pacífico, e o skatepark já tem esboço autocad

Anônimo disse...

beijos mas é para a cabrinha_mor, não vá haver equívocos e para mais quem quiser

ardiloso disse...

desculpas aceites @na.

Também desconhecias que meus filhos já crescidos e não têm horario rígido igual quando eram pequenos. Sim... porque sou um pai galo, são tudo para mim.

@na disse...

esse comento não te saiu bem ò z...

gaija do norte disse...

sim hoje é diadepaificarcomfilho aqui também!

e o que eu dava para hoje ter a quem escrever uma carta de amor. ia saber-me bem

@na disse...

e assim é que todos deviam ser, ardi! Ainda bem que assim o és!

@na disse...

gaija... não escrevas... desenha

gaija do norte disse...

porque? não se percebe o que escrevo? já estou como alguém que conheço, é?

bloco de notas disse...

(Nota: não esquecer de distribuir cartões de visita pelas cabras.)

@na disse...

queres receber uma carta de amor, é esqualo?

Anônimo disse...

não gosto de ser perfeito @na, o perfeito não comporta mácula e não te esqueças que sou um mar de cicatrizes, mesmo

Gabs na net disse...

Curioso, os meus também foram jantar e dormir com o pai...
4ªfeira, dia de folga, pelos vistos.
Antes era no Plateau...que eu estava.

Anônimo disse...

mas fizeste bem em dizer,

eu estou é com os olhos ramelados da alergia, dois cigarros e lá vou eu mas antes venho aqui

teresa disse...

z esse comentário ficou-te muito bem, não oiças a ana que aquilo são ciumes..

a mais crescidos dão menos trabalho? acabei de fazer várias ameaças de torturas sem fim, achas que isso depois melhora?

Gaija, era, não era?

cartão podes dar sempre... se for dos gold melhor ainda..

@na disse...

33

@na disse...

olha a rambóia que fazíamos hoje...

resmas de cartas disse...

Quero. Faço colecção.

@na disse...

pffff ( o pfff é para a chefa e para o zebedeu)

teresa disse...

pffft nada que bejo para mim é beijo para mim...

(no Plateau à quarta feira, gabs?? era eu que te lá metia e não era à quarta feira, era à quinta... vai também tomar as gotas...)

Rambóia? pode ser no fim de semana?

Anônimo disse...

mas não esqueças de dormir bem cabrinha, e todos já agora, noutro dia estava no banco da estação e dizia um velhote à mulher a ler o jornal da Região ao meu lado: os médicos dizem aqui que o melhor exercício é dormir bem

eu de sorriso de orelha a orelha e ela disse: poissssss

Anônimo disse...

isso das noites é que eu não aguento, mas é porque não bebo alcoól

tenho saudades, ficava completamente sintonizado com a música, todos os músculos ficavam afim

mas ainda é luto, mas só para mim

teresa disse...

eu hoje dormi à tarde... um bocadinho e só porque estou meio constipada... e não gosto de perder tempo a dormir, acho que é mesmo tempo perdido..

Anônimo disse...

olha que não é cabrinha, eu para deixar estes infinitos arrumados tenho que dormir muito

mas pronto e se não engano chá de carqueja é muito bom para as constipas

para o ano que me dispo desta pele de leão de 30 anos a ver se passo a druida profissional

até lá é só as patinhas bonitas que curam,

@na disse...

à quarta era Alcântara-mar... em cima da coluna

Anônimo disse...

hum?

Anônimo disse...

coluna!

Anônimo disse...

foste amiga, pédecruz :)

@na disse...

grrrr

Anônimo disse...

:-), é engraçado estava ali a pensar nisso do amor, tudo o que fiz na vida e que tenha algum valor foi por amor, mas é que foi mesmo, amor dos que amei, amor dos que fiquei por amar, amor dos que nem vou conhecer, mas sempre amor, e foi daí que me veio a força sequer sem pensar

o resto vale nada

xonão

bjos