O Gozão de Higgs

Fico profundamente sensibilizada por tanta gente, cheia de boa vontade, estar quase a resolver um dos problemas mais importantes da minha vida e a explicar-me, finalmente, se afinal foi o ovo ou a galinha. Agora deixam-me é com outra questão sem resposta - pagar quarenta mil milhões de euros por milésimos de segundo de gozo é muito euro. Vieram de onde e para dar prazer a quem?

O mistério da formação do Universo pode estar prestes a ser desvendado. Com um investimentento galático, na Suíça, a Europa procura respostas às principais perguntas sobre a origem da vida.

Encontrar o 'Bosão de Higgs', uma partícula instável qualificada de 'divina', porque muitos investigadores a estudaram, mas nunca ninguém a viu, é outro dos objectivos deste projecto.

O acelerador de partículas mais potente alguma vez criado pretende recriar os primeiros momentos do Universo, podendo mudar todos os conceitos que actualmente temos acerca da criação do mundo.

O Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN), que desenvolveu este projecto gigantesco com um custo que chegou quase aos quarenta mil milhões de euros, espera que o Large Hadron Collider (LHC) responda a quatro das grandes questões que desde há dezenas de anos movimentam o pequeno mundo da física das partículas.

O funcionamento do LHC permitirá chegar a descobertas que "mudarão profundamente a nossa visão do Universo, particularmente a sua Criação", afirma o director do CERN, Robert Aymar.

O grande projecto, que o CERN garante ser seguro, permite recriar as condições que prevaleceram no Universo nos milésimos de segundo que se seguiram imediatamente ao 'Big Bang'.


43 comentários:

O Santo disse...

o mundo que está à nossa frente mas não aos nossos olhos.

a resposta às 4 questões até pode ser verdade, mas não a resposta às origens, e eles sabem isso...

teresa disse...

físico dixit?

Gabsna net disse...

Os humanistas preocupam-se mais com as assimetrias sociais e culturais, a fome e a guerra.

gaija do norte disse...

li a notícia há umas horas e pensei o mesmo que tu. no entanto, todos sabemos que não é o que se gasta neste tipo de investigação que tira seja o que for a alguém. se agarrassem nos milhares aplicados noutro tipo de investigação perfeitamente dispensável, não faltava gozo a ninguém.

O Santo disse...

(dixit lembra o extril...)

sim, é muito dinheiro, mas também sim, pode trazer muitas respostas.
e sim, de certeza que não se pode responder de outra forma

gaija do norte disse...

gosto sempre de ler os teus com! fico... esclarecida, sei lá!

teresa disse...

Pode trazer muitas respostas para a paz ou para a guerra? quando oiço falar nestas quantias astronómicas acho logo que só os senhores da guerra as podem e querem pagar.

Anônimo disse...

tens toda a razão Teresa, é mesmo assim a tendência geral das coisas, embora a moeda tenha cara e coroa

---

tenho ali o meu filme para acabar e os infinitos para repescar, e ainda já fui buscar Troia, revêr, força, bom

O Santo disse...

os elasticos até são uma coisa util, mas tambem dao para fazer fisgas... o dinheiro em causa é também nosso, porque Portugal em particular financia o CERN, mas também usufrui de uma estrutura e de um equipamento de investigação que não é comportável para um país.
Guerra e paz? Isso já não depende da verba.

teresa disse...

Financia o CERN sim, mas o qwue foi caro foi o tal LHC... E tudo para ganharem aos americanos do Fermilab. Queres dizer-me que esta corrida é por uma medalha de ouro?? Deve ser, deve... (não esqueças que físicos na família ó santinho...)

Anônimo disse...

pois eu então não imaginava que ia sair triste do doce novembro, ou talvez sim,

agora é guerra: aprender com o Heitor

@na disse...

11 comentos e ainda sobre o post??? uma gaija não se pode distrair...

@na disse...

(tanta doença à espera de verba para ser investigada, tantos doentes à espera de uma esperança)

Gabsna net disse...

Tantas vacinas para crianças e medicamentos para os doentes de sida em África.

teresa disse...

e eles a armarem-se em Deuses... quero lá bem saber como começou a sopa primitiva. Ou melhor, querer quero, mas também quero uma Volvo todo o terreno mas gasto o dinheiro no supermercado.

JBP disse...

Oh D.Teresa! Primeiro a teoria da tubagem de chumbo que teria liquidado o ímpério romano( coitada da teoria de Spengler!); Depois a tese do Pai, Filho e Espírito Santo( Santíssima Trindidade dos Católicos) como Triunvirato (Gaius Julius César, Pompeu , e Marco Lucínio Crasso); depois vem com a incerteza, e julguei ia falar de Richard Feynman; a seguir fisica das particulas,e zero de Max Planck! E, afinal o que quer é um Volvo todo o terreno! Oh D. Teresa!

@na disse...

olha o JBP...

é para pedir? eu quero um ferrari...

teresa disse...

ó JBP não fale no Feynman sem dobrar primeiro o joelho, pode ser? É que essas heresias deixam-me com urticária...
(que saudades tinha do D. Teresa...)

JBP disse...

Richard Feynam, óbviamente, JUDEU!

@na disse...

ò JBP, esse teu permanente "obviamente" antes de Judeu como se fosse um prefixo já se está a tornar um bocadinho redundante, não te parece?

teresa disse...

Olhe se não dissesse eu nem sabia o nome do senhor... nem sei como lhe agradecer. Ai era judeu? Veja lá que nem reparo nessas coisas... É assim tão importante?

teresa disse...

Ana, ele deve gostar dessas coisas... deixa-o lá, também deve ser fetiche... ou então é só curto de ideias.

JBP disse...

Ana, eu não diria redundante porque a etnia não resulta do nome, qua tale! Eu diria melhor impertinente, despropositada, provocatória! Isso é que explica a tua reacção!

JBP disse...

Ana, estranho a tua ofensa, considero-te, e tenho-te por educada!

JBP disse...

Ana, desculpa! Foi a D.Teresa que me achou curto de ideias! Assim, não há embaraço!

@na disse...

JBP era redundante no sentido de excessivo

teresa disse...

JBP que quer que diga a quem insiste em me tratar por D. Teresa? Mas vou contar-lhe uma coisa - tenho muito mas muito mau feitio e está a apanhar-me num daqueles momentos em que à primeira que me apareça sai tudo.
Sou mal educada? Não comente os meus posts. Tem mais autores neste blog, está à vontade, apesar de parecer que gosta da minha má educação, porque só vem aos meus. Vem provocar? Acredite que leva troco e até agora foi só uma amostra. Quer o quê? Uma longa dissertação sobre Quarks, Judeus e o R.F.? Tem um blog, não tem? Deve também ter unhas. Faça-a que depois eu vou lá ver. Mas continuo a dizer que me parece muito curto de ideias. e isto é um mimo, que aqui gostamos de dar mimos. e agora, se não se importa, tenho mais o que fazer.

jose disse...

li algures que com 25 euros se cura um leproso, por exemplo, em áfrica... (e podem crer que os há por lá)

gaija do norte disse...

penso que nem é necessário tanto, zé!

(fica-te comentar o post quando já todos se esqueceram do assunto!)

Gabsna net disse...

Eu também ando como tu... num centro comercial cheio de mães e filhos e compras escolares, lá vou eu ao maldito McDonalds e já com os tabuleiros cheios vou para uma mesita e vem uma velha e senta-se, sem nada, e espalha logo a carteira e os casacos nos outros lugares "está ocupado"... Estas mesas são para os clientes , digo eu. A minha filha está na fila, diz ela. "pois diz ali na placa que é proibida a reserva de lugares", não sabe ler! Com o meu tom de voz a estrilhar...A minha pobre filha é que me puxa para a varanda, senão ainda havia sangue com a família toda!

gaija do norte disse...

(zé, era fica-te "bem"...)

teresa disse...

Pois fica mas que queres, hoje apanharam-me em mau dia...

Gabsna net disse...

"ESta experiência é tão importante como a chegada do homem à lua" dizia agora o jornalista na TVI.
É pá, isso foi cá um salto da Humanidade. Mas um pequeno passo para o homem. Agora até já se pode fazer turismo no espaço.

O Santo disse...

O LHC é mesmo um marco.
Infelizmente por cá foi e é pouco notado (tirando hoje porque alguém se lembrou - obrigado royteurs).
Realmente é dificil justificar os milhoes de €€ que se gastam nisto quando no final do dia estamos a espirrar de novo e o remedio é tomar uma aspirina (o extril capaz de servir tambem...), e sabemos que uma serie de gente por ai morre sem chegar a espirrar...
Mas o conhecimento tem custo??
E sim Teresa, a corrida é por muitas medalhas com mto ouro

teresa disse...

E isso é que me aflige, o ouro das medalhas... é uma questão de prioridades, percebes? sim, gosto do saber, mas este irá fazer assim tanta diferença?

O Santo disse...

faz diferença se marte tem água ou não?

@na disse...

a mim nenhuma e aos desgraçados que vivem em terras áridas sem uma pinga de água potável, também não deve fazer

teresa disse...

Tudo isso é muito bonito, Santo, mas então, seguindo a mesma linha de raciocínio, vou deixar as miúdas passar fome mas comprar-lhes muitos livros. É que sabes? o meu dinheiro não chega para tudo. o nosso parece que também não.

sede é que não passo disse...

Para mim faz toda a diferença do mundo haver água ou não em Marte.
É a minha última esperança desde o dia em que desisti da fé de ser raptado por ET´s (venusianas boazonas e assim...).

marciano honorário disse...

E quanto à malta das zonas áridas, se conseguiram fazer o LHC também podem adoptar o conceito de palhinha e fazerem uma palhona...
(Sim, eu sei que não se brinca com assuntos sérios. Mas eu não estou só a brincar.)

O Santo disse...

ai não??? ops....

Anônimo disse...

Good post and this mail helped me alot in my college assignement. Say thank you you as your information.

Anônimo disse...

Sorry for my bad english. Thank you so much for your good post. Your post helped me in my college assignment, If you can provide me more details please email me.