O que a mão direita faz a esquerda não sabe?

É hoje e eu e a minha herdeira fazemos parte dos visados, dessa minoria.

Minoria? Se a percentagem na vida for igual à percentagem no cabra começa-me a parecer que quem devia ter um dia eram aqueles desgraçados que ainda usam a mão direita.

Mas eu gosto destes dias mundiais. Parecem-me a versão profana dos dias dos santos. Se já havia um dia para cada santinho agora que haja um dia para cada minoriazinha, ou maioriazona, ou o que quiserem inventar. Até podemos começar a fazer um update aos provérbios populares e o vinho prova-se no dia mundial do coxinho, teremos as noivas do dia mundial das novas tecnologias, patrocinadas pelo Ministério da Ciência e Microsoft e o Borda d'Água irá mandar podar as roseiras no Dia Mundial dos Estafetas Motorizados.

E para que ninguém fique de fora aprendam com a santa sé, que se temos um Dia de Todos os Santos para que nenhum fique esquecido, também podemos ter um Dia Mundial do Granel, para todos aqueles que, estando ou não em menor número, também têm direito a um dia no calendário.


17 comentários:

shark disse...

Com as duas mãozinhas?
És ambi?
Ui, ui, o potencial...

sumaca disse...

Resolvi meter o 'bedelho' outravez. eu proponho q se institucionalize o dia internacional, ou mundial, da cabra. Em homenagem a toda esta boa gente q por aqui passa e se deleita com este blog.
Como diz o outro: e para quando um decreto de lei q legisle sobre a matéria...

teresa disse...

tens muito para aprender tubarão...e parece que estás mesmo no blog certo..

teresa disse...

sumaca nós arrebatamos os dias todos e é melhor nem pensar em grandes institucionalizações antes que se lembram de cobrar imposto pela boa disposição.
Obrigada!

sumaca disse...

Essa é boa. Depois do IVA, IRS, IA, ISV, IUC, IMI se se lembrassem de cobrar o IBD este blog ia encher os cofres do estado.

teresa disse...

Não iamos nada que faziamos que pediamos logo o estatuto de utilidade pública...

sumaca disse...

E pois q é bem merecido. De utilidade pública a património nacional, quiça, mundial. Só n podem deixar q vos suba à cabeça...q assim está muito bem. Como diz alguém: se melhorar estraga..

teresa disse...

Ai não pode subir à cabeça?? Mas essa era a parte melhor... já nos estávamos a ver entrevistados pelo Herman José...

Mais uma vez obrigada e acho que estamos todos aqui pela mesma razão - para nos divertirmos!

gaija do norte disse...

eu naõ quero ser entrevistada pelo herman josé!

(tu arranjas-me cada uma... noutro dia era o jantar com o marujo...)

gaija do norte disse...

e já agora, que estou em maré de lembranças, o meu skip?

gaija do norte disse...

hihihi

@na disse...

eu também não quero ser entrevistada pelo Herman, nem pelo Gouxa, pela Fatinha ou pela JP (não gosto de dizer o nome dela,grrrr)Aliás façam vocês as figurinhas que eu recuso-me.

teresa disse...

É que já podiam ter dito - já lá estão todas...
Eu já vos contei de quando quis ir ver o Joaquin Cortez, os bilhetes estavam esgotados, a minha empregada pediu para ligar a televisão, era de manhã, estava a dar um programa da Fátima Lopes e no rodapé passava - Temos bilhetes para o Joaquin Cortez.
Pois foi. Vi o número de telefone. Liguei. Ganhei. Assim, sem mais. Nome, numero de BI, pode levantar na bilheteira.
Grande sorte, não é? Não, não é. A bilheteira dos sortudos era mesmo à entrada, tinha centenas de pessoas à volta, e a menina gritava-me:
- Em que programa foi?
- Bshshshsh....
- Não percebi. Em que programa?
- Fátibshhhhh..
- Pode falar mais alto? Não percebo.
(não, não posso...é humilhante demais...)
- É aquele programa.... pois...OLHE...É AQUELE... AQUELE DAQUELE ENVELOPE ALI.... ESTÁ A VER??
- Ah! Da Fátima Lopes?
- Sim, cabra, sim! passa a porcaria dos bilhetes que ganhei com tanto sacrifício e cala-me essa matraca!

teresa disse...

Quem é a JP?

@na disse...

a julinha...argrhhhh

teresa disse...

A Pinheiro?? Sabes que há pouco tempo percebi que gaja gordinha, que está numa foto a dançar de roda num fim de ano que fizemos numa garagem lá na terra, é a Julinha? Depois fiz umas contas de cabeça e percebi como lá foi parar, mas matei-me a rir...

@na disse...

é que não a suporto...arhhhggggg