o que eu gosto disto

(foto @na)


52 comentários:

shark disse...

Eu também...

@na disse...

então somos 2!!!

shark disse...

Uma dupla de alentejanos honorários alfacinhas toda catita, esta que formamos ambos os dois.
Quase consigo sentir o cheiro a coentros.

@na disse...

aí os coentros... e este ar quente que nos toca ao de leve sem se colar?

shark disse...

Parece o calor de um beijo.

@na disse...

a mim parece-me mais o calor do toque imediatamente antes do beijo

pragmático das avenidas disse...

Temos que ver se arranjamos uma forma de tirar as teimas...
:-)

teresa disse...

a mim pareceu um toca e foge, mas vocês é que sabem..

@na disse...

ò Teresa... se não sabes o que isto é...

@na disse...

aí é? e como fazemos isso ò pragmático?

@na disse...

11?

teresa disse...

o vento quente... o vento...

@na disse...

o vento quente pede janelas abertas durante a noite,e aqui não há areia para deixar enterrados amores de verão

teresa disse...

janelas abertas durante a noite? já uma vez entrei por uma... levava uma garrafa de veuve clicquot gelada e dois flutes...

@na disse...

de entrar não e lembro, de sair sim.

Anônimo disse...

com essa do vento quente e das janelas abertas, lembrei-me que dantes era gamado em pregar sustos, mas agora já sou um bicho contemplativo,

a escrever

shark disse...

Como fazemos isso? Rapariga, estou a ver que o xadrez é apenas uma das vertentes onde posso enriquecer a tua bagagem de conhecimentos...
:-)

Anônimo disse...

estive a pensar numa coisa cabrinha: tu não tens que te sentir suja com a porcaria dos outros, tá? Lava essa com lexívia, vá, também gosto muito do cheirinho

bem, hoje já desencravei isto

daqui a uma hora->praia

@na disse...

ahahahahahaha

Anônimo disse...

declaro que lá para baixo já me perdi,

entretanto os deuses não ficaram convencidos com o meu gesto hercúleo de escrever dois parágrafos e deram-me para aqui um sol tíbio, sovinaz

teresa disse...

Um homem giro e simpático perdido no blog... os deuses ouviram as minhas preces...
Segue o caminhos das pedrinhaz, segue o caminho..

Por aqui o sol parece chuva molha tolos - nem sim nem não..
Sugestão para a escrita - arma-te em saramago e não faças parágrafos que talvez saia tudo de seguida..

Anônimo disse...

zumby!

eu quando abro uns artigos sou queixinhas, mas agora já está

mesmo assim vou passear que não se pode dar a trela toda aos deuzes

(isto é científico e é cheio de citações, não posso deturpar os mestres, tem que ser tudo conferido por causa do contexto, portanto é mergulho mesmo)

@na disse...

teresa e z... vocês não querem uma caixinha só para vocês?

teresa disse...

shimmmm......

teresa disse...

ciumenta...

Anônimo disse...

tumba! vinguei-me das tuas capikuas, pédecruz, mas é que eu gosto mesmo de conversar com a cabrinha, aliás ela sabe que eu só vinha cá para ver como estavam as coisas e dar um beijo de vez em quando e não me metia com ninguém,

já estou artilhado de linho e algodão,

vou ao banco e etc,

cabrinha depois manda o teu guess sobre o bisavô, lá por o bizneto ser anônimo, excepto para os que o descobrem é uma coisa, agora o bisavô vai ser recordado, bem merece, e eu vou ser uma brisa a animá-lo

e era mais bonito do que eu

bazar

@na disse...

nada disso, mas ainda me arrisco a entrar na caixinha e apanhar-vos de roupa interior nas mãos

teresa disse...

nas mãos??? desde que foste para o alentejo ficaste muito estranha...

z, eu diria que se chamava Joaquim da Graça Correia e Lança... se for assim a tua bisavó era Margarida. Só não sei se a Maria Mercedes foi tua avó ou tia-avó...

Anônimo disse...

acertazte!

Portanto Paixão já podes lá dizer de quem é.

bisavô bonito fica contente, tá?

teresa disse...

Bem bonito. Bigode a mais mas é dos tempos...
(e agora é ir descendo até chegar a ti... hummm... já estou a fazer contas!...)

@na disse...

é do ar...

desculpa esqueci-me... roupa de homem é no chão!

Anônimo disse...

poiz é,

segue a luzinha

Anônimo disse...

zum?

(tenho de ir passear que fiquei muito emocionado com o ouro e não paro quieto ;)

shark disse...

Eu também quero uma caixinha só prá Ana e pra mim...

teresa disse...

Isto já parece uma festa de garagem... só falta o father of day father of night...

jurassic shark disse...

Ah, os saudosos dias do roça-roça...

@na disse...

caixinha não, aquário, sff. Que tubarões e peixes precisam de água.

teresa disse...

Não eram?? E dancei muitos selós ali com o arrebatador... por engano, mas pronto...

e os mélos que a malta dava? disse...

Eu comprei uma bola de espelhos, uma luz negra e um jogos de luzes só para poder botar festarola em qualquer lugar.
Isso e vinil que enche quase metade da minha despensa...
:-)

@na disse...

uiiii, tu conta lá essa história ò fax fabori

jose disse...

ócapa, a espada era do bisavô Joaquim da Graça Correia e Lança, o resto já me informei e estou esclarecido... vou pedir o e-mail de contacto e vou enviá-lo à chefa. engraçado que, quando era miúdo, conheci umas jovens alentejanas que eram lança.

teresa disse...

De Ourique?? Os Lança são de lá, que andei a pesquisar...

teresa disse...

Bola de espelhos? Isso também nós tinhamos na sala do jardim... lembras-te gabs, a antiga cozinha do forno... e "luzes psicadélicas" ora pois... e dois tótós - um para pôr a música outro para ficar de guarda à porta..
Ó Arrebatador e o nosso Quitos era do melhor, não era? Para além de ficar de faxina no gira discos também levava a colecção toda de discos...

teresa disse...

E voltei cá só para dizer mais uma coisinha - Esta capicua é minha!
44...

Anônimo disse...

Obrigado se conseguires o email.

Não te esqueças de ver o museu de História Natural, é uma obra de arte, feita pelos tugas de inspiração naturalista da altura. Os moçambicanos tratam aquilo com carinho, quando lá estive vi duas escolas a visitar, todos com muito jeitinho.

Foi lá que fiquei a saber que paquiderme quer dizer pele espessa e que há 4: olifante, hipopotamo, e 2 rinocerontes, branco e preto.

E a fortaleza no fim da avenida do hotel também vale a pena, tem lá o túmulo do Gungunhana, a estátua do mouzinho que removeram do sítio onde agora está a estrela (estiveram para fundi-la e fazer moeda mas houve uns gajos que disseram: 'olha que isso é História, pá!'), e etc.

teresa disse...

z, o Museu está em obras... pelo menos foi o que o arrebatador disse..

Anônimo disse...

não, mas este não é o Museu da Revolução, agora estava a falar do Museu de História Natural, a caminho da Ponta Vermelha

teresa disse...

Nem reparei.... fico assim quando te leio, baralho-me toda... (olha como te passei a mão pelo pêlo...)

@na disse...

ficou todo penteadinho...

Anônimo disse...

tou todo penteadinho e um niko constipadito

ainda tenho de botar mais meia dúzia de citaçõez hoje

grunf

teresa disse...

andaste a passear pelos telhados?

@na disse...

ou saltar por alguma janela