Não é hoje? Parece mesmo...

30 comentários:

gaija do norte disse...

hummm

até amanhã

@na disse...

mistério....

shark disse...

Atão? Mistério? Contem, contem...

gaija do norte disse...

eu não conto nada que não sou de falar da vida alheia, mas cheira-me que a chefa anda à caça do lobisomem...

shark disse...

Ela gosta deles peludos?

@na disse...

ela já disse que sim... desde que não ladrem

gaija do norte disse...

estes só uivam...

@na disse...

como sabes gaija?

gaija do norte disse...

vi nos filmes! tu não viste?

@na disse...

nã... não gosto de lobisomens

@na disse...

11

gaija do norte disse...

eu também não gosto. não gosto mesmo! são muito peludos, feios, têm as unhas grandes, os dentes muito afiados e não devem ter maneiras nenhumas à mesa!

@na disse...

e tu que não metesses comida ou mesa ao barulho

gaija do norte disse...

desculpa! é mais forte do que eu...

@na disse...

tou a ver... sabes o que vem a seguir a mesa? Caminha!!! beijos fica bem

gaija do norte disse...

eu também vou. ela já está a chamar por mim!

beijinhos

Anônimo disse...

foi ontem Lua Cheia? Por isso é que, hum

O Santo disse...

deixo so uma nota de incredibilidade - "ELA" já está a chamar por mim. ELA???!!!
(meninos temos que ter atenção que a concorrência para o harém pode ser feroz)

gaija do norte disse...

pela calada...

O Santo disse...

muito te calas, so falta saber se tambem é um grande esforço ou nao

gaija do norte disse...

tu sabes que eu não me calo. normalmente é mais fácil, já o disse.

O Santo disse...

decide-te...

Anônimo disse...

deu-me uma paixão,

a linguagem das árvores

gaija do norte disse...

já me decidi há muito. é sempre mais fácil dar uma resposta

teresa disse...

E que te dizem as árvores?

Eu continuo caladinha... com grande esforço, mas calada!

shark disse...

Ai o anónimo de serviço é sempre o Z? Lá embaixo tratei-o como se fosse outro careca qualquer.
Desculpa, amigão!
:-)

Anônimo disse...

até foste simpático, pensei que me podias mandar para o c*r*lho, mas foi só depois de comentar. Pois assim percebo, os meus não dá: era um mar de caracóis ruços e ainda por cima quase arame, tem que andar tosquiado résvés e assim esfrego-me todo e já tá.

O que foi cabrinha, não digas que magoei com aquilo do Alexandre? Naquele tempo é que eles eram espertos, ele não tinha só o Hefestion (que aliás estava quase sempre longe nos períodos de paz) e o Bagoas, também tinha duas mulheres: a princesa persa filha de Dario que foi casamento de estado não me lembro do nome, mas da pantera negra Roxana lembro-me.

Hoje puxei bem o trabalho. Dia 1 estoira o prazo.

Anônimo disse...

a linguagem sagrada das árvores é o tema dos meus próximos dois anos

precisava de arranjar um tema que me apaixonasse, que isto das paisagens já está a esgotar e só matemática cansa-me, embora goste muito

estudei bem dendrologia noutros tempos, mas era impensável falar-se de conotações sagradas, era passar logo por maluco esquizo

felizmente o sagrado está a impôr-se de novo na inteligibilidade do mundo e portanto da ciência

só o ano passado é que realizei, passe o anglicismo, que a parte traseira do corpo se chamaa região sagrada, tem o osso sacro e tudo

de repente ficou muita coiza nítida

teresa disse...

Magoazte nada. Eu é que ainda ando perdida no meio de bites e gigas e informação que se foi e não sei se volta mais.
Z essa da região sagrada tem muito pano para mangas. Seria por dever ser inacessivel ao comum dos mortais ou por ter a dignidade dos deuses?

Anônimo disse...

olha que prático falei disto aqui e pimba:

http://clix.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/397041

eu não sou católico, sou pagão, mas acho bem, descasquem-me a Epístola aos Romanos, eu até ia escrever sobre isso mas agora já não há pressa.

Há por aí muita história mal contada cabrinha, mas também não posso desvendar segredos de outros, mesmo que anónimoz

sagrado+secreto=segredo