És a mesma!

Não sei…
Continuo a escrever em papel, a gostar de branco a mudar de opinião e a ter dúvidas. Os horários das refeições ainda não têm hora certa e também não consigo lembrar-me de as planear. Até moro na mesma cidade, na mesma casa de onde um dia me vou mudar porque o sonho permanece o mesmo. Continuo a gostar de preguiçar, de estar em casa, de não pensar em nada e de conduzir para longe sozinha. Ainda quero saltar de pára-quedas, nunca venho para casa pelo mesmo caminho, gosto de sangria de cerveja e de um bom vinho muito mais do que de uma boa refeição. Continuo a não me importar muito com a marca do tabaco e a ser do FCP. Ainda gosto de praia, do Douro, de Bouções, de livros, de gatos, de me deitar tarde, das minhas coisas e de nunca deitar nada fora. Gosto de dar umas boas gargalhadas e choro sempre que tenho vontade, mas não gosto. Dizem que falo a dormir e continuo a acreditar nas pessoas. Gosto de mimos e de sorrisos.
Não sei se fui sempre assim… lembro-me que dantes não gostava de sangria!

44 comentários:

shark disse...

Seria perfeito, tirando um pequeno e insignificante detalhe aí perdido pelo meio.
(ÉsseélebÊ!)

@na disse...

Só eu sei porque não fico em casa...
sporting allez

dri disse...

Partilho de quase tudo o que expôs neste post,oh Gaija,mas essa de continuar a escrever em papel...não!
Dei-me conta recentemente que me é muito mais fácil clicar o texto,porque acompanha a rapidez do pensamento,do que manuscrever.
Esse acto obriga-me a desenhar as letras,e como isso leva tempo,o pensamento sofre quebras de fluidez e gagueja,claudica,entope.
Hoje compreendo as pessoas que se queixavam de já não saber
escrever pela viciação do pc.
Beijo Dri

gaija do norte disse...

aos amigos residentes, nem digo nada...

dry, prefiro o papel. escrever não me atrapalha nem me atrasa. gosto de desenhar as letras. o pensamento claudicaria com o ruido do teclar. manias:)


já agora: POOOOOOOOORTOOOOOOOOOOOOO

teresa disse...

Tirando Bouções e FCP que não sei o que é e o gatos porque sei lá, acho que fomos separadas à nascença... Ah, eu tanbém gosto de canetas de tinta permanente com aparos grossos..

gaija do norte disse...

eu gosto de escrever com o que tenho à mão. e gosto de tinta verde!

teresa disse...

eu gosto de tinta preta e lápis de carvão novos e afiados

olibeirinha disse...

E eu gosto de mulheres que falam durante o sono...

É um bocadinho «kinky» mas dá MUITA pica!

gaija do norte disse...

sim, afiados, ou dá uma escrita muito grosseira!

gaija do norte disse...

o afiados, não era para aqui... estes coms...

gaija do norte disse...

ó olibeirinha, eu não sei se falo enquanto durmo! acredito nas pessoas...

teresa disse...

e também te contam o que dizes?

olibeirinha disse...

Acho que contam...

Lol!!!

gaija do norte disse...

contar contam, mas, embora acredite nas pessoas, não sei se é verdade...

teresa disse...

ó olibeirinha mas achas assim de achar ou isso é mais uma acha? Para a fogueira, claro.

olibeirinha disse...

Acha o que quiseres...

Mais não digo!

A gaija que se chibe...

Eu sou um túmulo enterrado com pouca terra em cima(já pedia o nosso amigo!),portanto,nã puxem por mim!

gaija do norte disse...

para a fogueira não me parece, que o olibeirinha não tem ar de incendiário!

gaija do norte disse...

olha, eu e o olibeirinha tivemos um simultaneo!

teresa disse...

incendiário não sei, mas bombista parece...e com tanta terra em cima cá para mim é bombista suicida... é melhor não puxar nada que pode ser o rastilho e ainda faz Bummm.......

gaija do norte disse...

ele disse "com pouca terra em cima"... seja como for, é um tumulo!

teresa disse...

pouca-terra não é túmulo é comboio...

teresa disse...

(e olha lá, aparece aqui um olibeirinha qualquer, que nem deve ser da serra nem nada, e começas logo com simultâneos?)

e foi o 22...

gaija do norte disse...

...mas não é correio

gaija do norte disse...

e nos também tivemos o nosso!!

gaija do norte disse...

eu hoje estou uma mãos largas...

teresa disse...

andas a distribuir simultâneos por aí... sairam-te nalguma rifa?...

gaija do norte disse...

não, sou assim! não fico com nada só para mim... distribuo tudo!

Gabsna net disse...

Habituei-me de tal maneira a teclar que a minha letra anda indecifrável. E eu tinha a mania que não gostava de muitas coisas, mas é porque nunca tinha experimentado. Tipo comida japonesa, couve flor e bróculos...

gaija do norte disse...

não tenho a mania que não gosto. farto-me de teclar quando tenho que enviar e-mails de trabalho. prefiro escrever e gosto da minha caligrafia. sempre gostei de comida japonesa, de couve flor e de bróculos, muito!

teresa disse...

não negue à partida um sabor que desconhece. era assim, não era?

gaija do norte disse...

não, não era! era uma ciência...

teresa disse...

e não pode ser um sabor?

teresa disse...

só mais uma alegriazinha antes de ir dormir - 33!!

gaija do norte disse...

pode sim chefa! é como o natal, é quando uma mulher quiser!

@na disse...

35

gaija do norte disse...

:)))))))))

teresa disse...

Ai é natal quando uma gaija quer? então vejam bem..

teresa disse...

38!!! três e oito é 11 e papei esta. prontos e mai nada!

gaija do norte disse...

que bom, vai aparecer um sr anónimo outra vez para animar ainda mais a coisa!

@na disse...

ara quem vem de letras, esta mulher é muito rápida a fazer contas

teresa disse...

mas esse vem vestido de vermelho e senta as criancinhas no colo..

e não havia de saber fazer contas? e gosto é das de somar.

olibeirinha disse...

Boas noites!Acho por bem desmistificar a teoria do bombista e do tumulo:

1º-Não se deixem enganar pelas barbas razas.Não sou árabe nem muçulmano.Judeu sim porque tenho nome de cristão-novo(Oliveira)provavelmente convocado para fugir a uma qualquer fogueira Inquisitória.
Quanto ao tumulo fica o link para uma musica que explica a pouca terra em cima.

Bem,o link não funciona!
Procurem o Gravedigger do dave Matthews.Há uma versão ao vivo que me lembra o pavilhão Atlântico em companhia de uma tarreca que sabe a letra de trás para frente!

gaija do norte disse...

graaaaaaande olibeirinha, bem me parecia que não tinhas cara de nada disso... tens ar de enganador, mas a barba é muito rasa, por isso já não deves enganar ninguém :)

fica aqui o link:

http://www.youtube.com/watch?v=RzJXr8kuefY&feature=related

e quando vires a tal tarreca, diz-lhe da minha parte que deve ser uma gaija cinco estrelas! ter ido contigo ao pav atlântico ver e ouvir dave matthews durante quatro horas e saber o gravedigger de cor e salteado, só pode ser!

gaija do norte disse...

:)