o doce sabor de ser livre


Gosto da liberdade que a minha vida me permite. Gosto de só ter de me preocupar com as coisinhas do dia-a-dia que tenham a ver comigo e com os meus filhos. Gosto de dormir sozinha. Gosto de não tropeçar em ninguém. Gosto de me poder deitar às horas que me apetecer, dormir no sofá se quiser ou poder enfiar uma das melgas na minha cama ou enfiar-me na deles. De meter uma lasanha congelada no forno e abrir uma garrafa de vinho. Do meu momento solitário à varanda a fumar um cigarro. Acender velas só para mim, porque também sou gente. De não ter de prestar contas a ninguém de onde fui, com quem estive. Se cheguei cedo, se cheguei tarde. Dar-me ao luxo de jantar uma caixa de gelado ou ir fazer uma massagem num Domingo às 8 da noite. Aceitar um convite de última hora para jantar numa esplanada na praia. Convidar apenas os meus amigos para virem cá a casa sem pensar em mais ninguém. Pegar no carro, meter-me à estrada e rumar a sul para me refugiar na casa de uma recém-velha-amiga. Rumar a norte e pedir colo às origens. Poder pensar que nas férias do ano que vem, posso meter-me num avião e conhecer outras paragens sem negociações. Ouvir a música alto se me apetecer. Chorar, até, se quiser, sem explicar mas nem porquês. Mudar a decoração sem ter em conta os gostos de outra pessoa, alterar o sítio às coisas sem a preocupação de explicar onde está tudo. Menos roupa na corda, mais espaço no armário. Mimos de filhos só para a mãe. Mimos de mãe só para os filhos. É não me aborrecer por ter de esperar algo de alguém que não fez, alguém que não disse.

21 comentários:

gaija do norte disse...

:) pois é, é mesmo bom!

ardiloso disse...

E mai nada.... assim é q é falar.. ja agora vamos os dois à descoberta do alem... :)

@na disse...

Mudasti!!!! ;)

@na disse...

vamos?

gaija do norte disse...

vamos onde? mudasti e já queres ficar com tudo, é?

ardiloso disse...

ponto..nao façam birra, vamos todos juntos

teresa disse...

perguntas bem ó gaija ao sol, vamos onde?? ninguém me avisa?

gaija do norte disse...

vamos onde? não embarco em naus que não conheço

(quer dizer...)

nau catrineta disse...

A sério?

gaija do norte disse...

não...

teresa disse...

bem, para mim só depende do homem do leme...

capitão iglo disse...

Nem digo nada...

gaija do norte disse...

olha que tu tu tu... uns dias é o marujito, agora já vais no homem do leme tss tss

teresa disse...

se passo para o leme do homem entorna-se o caldo...

gaija do norte disse...

desde que não passes o leme ao homem!

(caldo? calha bem... afinal vou fazer um creme de favas)

teresa disse...

sem chouriço... (esta aqui até parece outra coisa, mas desta vez é mesmo a sério.)

achas que o homem perdia o norte e não o largava mais?

gaija do norte disse...

não penso que seja uma questão de desnorteio, mas de quem comanda! isto claro, para quem gosta de comandar...

(creme não leva chouriço!)

@na disse...

mas se possível que mal entro do de caras com comida?? Chouriço???

teresa disse...

E a sopinha que estou a comer? Com nabo, abóbora, feijão, couve, mais tudo o que havia na gaveta do frigorífico e ainda rabo de boi, entrecosto, chouriça, linguiça... isto sim, é de gaija, que o creme custarda é bom mas não alimenta..

@na disse...

olha, naõ chegava o chouriço e a descrição da sopa ainda me aparece o capitão iglo. Vocês imaginam o que me custou voltar a ter o corpinho que tinha aos 24 anos?? Vocês querem-me arruinar... (vou à cozinha e já volto)

Anônimo disse...

Ich entschuldige mich, aber meiner Meinung nach lassen Sie den Fehler zu. Schreiben Sie mir in PM. cialis generika viagra kaufen [url=http//t7-isis.org]cialis preiswert[/url]