no pare, sigue, sigue

"(...) UMA mulher em movimento é uma mulher interessante. Ela tem sempre imensas coisas para fazer, e quando não tem, inventa. Ela tem amigas com quem almoça todas as semanas, dois ou três amigos de grande confiança e acima de qualquer suspeita com quem vai jantar uma vez por mês, ela trabalha, ela vai à ginástica, ela vai ao cabeleireiro, ela tira cursos de teatro, de comida oriental e de linguagem gestual, tudo isto enquanto deixa os filhos na natação, ela gosta de ir ao teatro, ela vai a exposições, numa palavra, ela tem vida própria.

As mulheres em movimento são mais difíceis de controlar, porque mudam de interesses com facilidade: hoje querem aprender krav maga, amanhã interessam-se por pintura a óleo. Mas têm uma enorme qualidade: estão sempre ocupadas. E quando têm tempo para um homem é porque ele é mesmo importante. Senão, tinham mais do que fazer. (...)


POR outro lado, uma mulher em movimento aguça a concentração masculina. O simples facto de um homem não saber o que é que ela poderá estar a fazer naquele exacto momento – pode estar numa aula de ioga, nos saldos com as amigas ou em casa a ler um livro – faz com que ele a valorize. Porquê? Porque sente que não a tem na mão, mesmo que se trate de uma namorada devota ou de uma mulher fiel. A ideia das mulheres terem a sua vida é algo que fascina os homens ao mesmo tempo que os assusta. Os mais corajosos aceitam o desafio, enchem o peito de ar e dão o seu melhor. Os mais comodistas optam por uma sossegadinha, daquelas que organizam a vida em função dos interesses do seu par e que estão sempre em casa à espera que ela volte, com um prato de comida quente e um sorriso submisso.

A mulher quieta até pode ser a dona de casa modelar e a mãe ideal para os filhos, mas tanta simplicidade cansa o caçador, porque não lhe desperta o instinto. A não ser que este seja do género paz de alma ou já tenha literalmente encostado às boxes, uma mulher quieta pode tornar-se uma grande maçada.


O SEGREDO da dinâmica poderá estar então no movimento perpétuo, para que o interesse nunca se desvaneça. Sempre que um homem telefona e pergunta ‘onde estás querida?’ quer dizer que a relação se mantém acesa. Ele quer saber porque se interessa. E interessa-se porque nem sempre sabe. E o facto de nem sempre saber põe-lhe os sentidos em alerta e aguça-lhe a vontade do reencontro. (...)"

48 comentários:

Comendador Antunes de Burnay disse...

Nós, ilustres exemplares dessa magnífica espécie que são os "homens em movimento" há muito que tínhamos percebido as vantagens da coisa. Sejam bem-vindas, minhas senhoras...

Comendador Antunes de Burnay disse...

Que seca, este invento de os meus cometários precisarem de ser aprovados não sei por quem. Sou eu, o Comendador Antunes de Burnay, homem de paz...

(podiam inventar uma via verde só para mim...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

(Bocejo...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

(Longa se torna a espera...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

(Logo a mim, que não estou habituado a esperar...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

Bem, até um dia destes...

O Santo disse...

As vezes parada tb pode despertar algum interesse. Até sei de situações em que...

teresa disse...

Comendador, tem toda a razão e a via verde já está a ser tratada, apesar de não ser o único cliente para ela.

Parada, Santo?? Bons olhos te leiam, mas olha que não me parece grande ideia...

Anônimo disse...

Teorica é optimo.Pratica?

Comendador Antunes de Burnay disse...

Ah, Teresa, deixe-me viver na ilusão de você estar a tratar de uma via verde só para mim...

teresa disse...

Comendador, para si vai ser uma via azul que fica mais de acordo com a sua linhagem...

O Santo disse...

azul tb gosto

teresa disse...

sai um azulinho fresco ali para o santo... (gosto mesmo de te ver por aqui...)

O Santo disse...

o gosto a honra e o prazer de estar aqui na vossa companhia são sem sombra de duvidas inteiramente meus.

(ora toma que assim é que se responde)

teresa disse...

egoísta. queres tudo isso só para ti??

shark disse...

Eu quero uma via Ápia. Não faço a coisa por menos.

shark disse...

Também gosto da vianetta, mas só a de chocolate.

teresa disse...

Eu prefiro strawberry cheese cake...

@na disse...

pode ser canela para mim?

@na disse...

e pratica, pratica.

teresa disse...

canela onde, Ana?

teresa disse...

e 22... isto sim, é ser realista!

shark disse...

Apaixonei-me à primeira vista pelo 23. Isto sim, é ser romântico!

shark disse...

Mas sim, canela onde (num vianetta)?

@na disse...

não, num olá!!! É tão bommmm...mas ouvi dizer que tu agora é mais Ben & Jerry's

@na disse...

no gelado, Teresa...

teresa disse...

canela no gelado??

e ó tubarão vai dar conversa a outra que só te apaixonaste pelo 23 porque perdeste o 22... isso é ser realista, assumir a tal realidade onde o romance não existe...
toma, papa, embrulha...

@na disse...

mas vocês vivem onde??? A olá tem um gelado de canela que é uma maravilha, já que os senhores da haagen dazs acabaram com esse sabor tão peculiar...

Eu já disse que gosto de canela? Mas só em pó...

shark disse...

A sério? Com canela? Escapou-me, esse...
Comigo pode ser mais isto ou mais aquilo que sobra sempre disponibilidade para variar as marcas.
:-)

(Mas tenho um cão muito fiel. À Eukanuba.)

shark disse...

E quanto ao 23 por perder o 22, mais vale 23 passarinhas na mão...

@na disse...

e que fazias tu com tantas passarinhas na mão? Ainda te engasgas...

@na disse...

sim, nas lojas da olá, "swirl" com sabor a canela, do melhor!

@na disse...

trinta e três

teresa disse...

é caso para dizer que tem mais passarinhas que mãos...

também gosto de canela e passo-me com leite creme com canela... na vez de se queimar pôe-se canela por cima, mexe-se até ficar com um ar muita nojento e depois... depois é o prazer em estado puro...

@na disse...

35 kpk

ornitólogo açambarcador disse...

Mais vale sobrarem que faltarem.

@na disse...

já te estou a ver a cuspir penas...

teresa disse...

a cuspir o quê?? só para saber se me enganei a ler ou te enganaste tu a escrever...

(mãe, a sério, não venha aqui, está bem?)

@na disse...

as penas das passarinhas, que mais??

teresa disse...

mas isso é a melhor parte... vão com ossinhos e tudo..

na penúria disse...

Sem pena nenhuma...

Clara disse...

(n li os coments, confessso).
Acho isto um bocadinho parvo.
No dia em que achar que tenho de me tornar mais dinâmica (ou mais seja o que for) só para um homem não me deixar, prefiro virar lésbica ou freira. Haja pachorrinha.

teresa disse...

Clara, antes de mais tem um belissimo nome...
A seguir, já leu "O macaco Nu", do Desmond Morris? Nem queira saber porque é que as mulheres, até as freiras, pintam os lábios.
Não vejo mal nenhum que as fêmeas e os machos, de qualquer espécie, se transformem para agradar ao outro lado. A evolução das espécies também passa por aí.

Clara disse...

(gosta? fui eu que escolhi).
Não li. Não sei que freiras pintam os lábios, as Franciscanas não são certamente.
Uma coisa é transformar-me e nesse processo agradar a (um hipotético) outro. Outra muito diferente é "movimento perpétuo para que o interesse nunca se desvaneça",
"uma mulher pode tornar-se uma grande maçada" and so on. Se elas querem fazer Krav Maga (modalidade que muito me agrada, digo já) pois sim, mas nunca porque "a ideia das mulheres terem a sua vida é algo que fascina os homens". Este texto está pejado de um machismo básico e primitivo. Porque não fala dos homens chatos? São mais que as mães.

jose disse...

opá... estas gaijas parecem nada perceber de gajos. os gajos são bem mais fáceis do que isso tudo dividido por mil, e mais simples do que elas pensam. e, sobretudo, gostam é de gaijas fáceis. perdoem-me a sinceridade. hoje faço anos e quando subia no elevador vi-me ao espelho e reparei na imagem: tem metade da idade cronológica. voltando à vaca fria, uma vez que estou desculpado, repito: os homens são muito fáceis e, ao contrário do que elas possam pensar, gostam é de gaijas fáceis. lamento se vos desapontei mas isto é pura verdade. Por isso, gaijas, aprendam: se sassaricam para aqui e para ali é porque gostam, e não porque isso possa despertar o interesse dos gaijos, desenganem-se pois.

jose disse...

opá... estas gaijas parecem nada perceber de gajos. os gajos são bem mais fáceis do que isso tudo dividido por mil, e mais simples do que elas pensam. e, sobretudo, gostam é de gaijas fáceis. perdoem-me a sinceridade. hoje faço anos e quando subia no elevador vi-me ao espelho e reparei na imagem: tem metade da idade cronológica. voltando à vaca fria, uma vez que estou desculpado, repito: os homens são muito fáceis e, ao contrário do que elas possam pensar, gostam é de gaijas fáceis. lamento se vos desapontei mas isto é pura verdade. Por isso, gaijas, aprendam: se sassaricam para aqui e para ali é porque gostam, e não porque isso possa despertar o interesse dos gaijos, desenganem-se pois.

jose disse...

ups... um comentário postado em duplicado serve para enfatizar a ideia. se quiserem aprender mais alguma coisa sobre gajos disponham. não se inibam de perguntar.

teresa disse...

ó gajo metade também não mas menos 15 seguramente... amanhã dou parabéns que a esta hora já deves dormir... quanto às gaijas fáceis também sempre acreditei que gajo não gosta de pensar muito e de se mexer ainda menos... qual ir atrás, quer é que caiam no colo.