E, quando chegarem, dizem "fui prá neve...".

Eles chegam de Mercedes Classe E, fazem de conta que tratam de assuntos urgentes por telemóvel. Elas descem para jantar, de saltos altos e roupa de “griffe”. Tratam as crianças por “você”, falam muito alto porque querem que se repare neles, chamar pelo Dinis ou pela Constança (os filhos de quem esquia chamam-se todos Dinis ou Constança…), não quer dizer que se pretende que o Dinis ou a Constança se aproximem e recebam uma qualquer instrução do progenitor, nada disso, falar aos gritos significa clamar para quem os quiser ouvir (e para os que não querem ouvir também): “OLHEM PARA MIM, OLHEM BEM, APESAR DA CRISE AINDA CONSEGUI JUNTAR QUATROCENTOS E VINTE E SETE EUROS PARA MARCAR UMA SEMANA DE NEVE E AINDA ME SOBROU DINHEIRO PARA COMPRAR ESTES FATOS DE ESQUI FOLEIROS NA DECATHLON”

(e depois, na sala do pequeno-almoço, é vê-los a despachar as iguarias do buffet para dentro de um tupperware barato que está dentro de uma mochila estrategicamente colocada em cima de uma cadeira vazia. Sempre se poupa o almoço nas pistas e a vidinha custa a todos…).

12 comentários:

O Santo disse...

bigadinhus pelas dicas tio... vou imitar

Mente Quase Perigosa disse...

Que amargoso voltou, Caro Visconde...

Vá lá sorria...

CybeRider disse...

(Um tipo que deixou de ser meu amigo sem eu saber porquê, teve uma filha e prantou-lhe Constança. E eu inda procurei "Constância?" e ele: "Não... Constança".

Que coisa, vem daí passados quase 20 anos... tudo explicado...

O que o gajo era, era esquiador...)

O Santo disse...

voi la

calamity jane disse...

Nem mais, Caríssimo.

(também adoooooro os pais que tratam os filhos por você...)

(Outro nome obrigatório: Salvador)

escarlate.due disse...

ehehehhhehheeh
já vi esse filme

Mad disse...

Não é prá. É pá. "Fui pá neve", tá a ver?

:D

Rachel disse...

Pois eu, eu nao gosto de neve.
Sou uma gaija do contra.

tereza disse...

Eu também não.
(com tantos posts da neve não acham que o nosso Visconde está é já no hotel de pezimho a tiracolo?)

O Santo disse...

olha a chefa tb ta ca...

Raparigatrevida disse...

Só para tirar dúvidas Sr.Visconde:
Essa sua indumentária tão a rigor, que lhe dá esse ar nobre tão a condizer com o título de Visconde, por acaso não foi comprado numa loja da rede Decathlon?! O título veio grátis na compra de duas foi? Para aspirantes à nobreza como o Sr. Visconde a globalização veio mesmo a calhar, tornou tudo mais fácil! Porque em finais do séc. XVIII quando a prática se tornou corrente os coitaditos dos "burgueses" viam-se aflitos para deitar mãos a um titulozito! Mas digo-lhe já que essa "pose" crítica lhe fica muito bem! Mesmo a matar com o tremido da fotografia!!

Mente Quase Perigosa disse...

(mas qual indumentária? eu não vejo nada...)