O que eu gosto…

… De entrar naquela pastelaria e olhar para os belíssimos croissants (já foram melhores, mas enfim, continuam bons) meticulosamente dispostos no tabuleiro, ainda quentes. Todos eles sem excepção me olham, sorriem e têm escrito algures “leva-me, gaija, leva-me contigo”. Mal chega a minha vez cumprimento educadamente a menina que me atende e indico o que pretendo. Devolve-me o cumprimento, enche a caixa de papel com croissants e entrega-me um talão com o valor para pagamento.
É então que começam as minhas dores. Não, não é pelo valor, mas por ter que me dirigir à caixa que costuma ser o poiso daquela pessoinha mal-encarada. Então a cena de sempre repete-se. Olho o talão. São cinco euros e sessenta e três cêntimos. Abro o porta-moedas e vejo que tenho a quantia exacta para lhe entregar SE se portar bem… “Boa tarde” digo eu com os olhos espetados na gaja. Nada. Nem um sorriso. É incapaz de responder, a bruta! Devolvo os cinco euros e sessenta e três cêntimos à base e entrego uma nota de cinquenta euros.
- Não tem mais pequena?
- Não!
- Tem sessenta e três cêntimos?
- Não!
- E treze?
- Não!
Dá-me o troco, viro costas e venho por ali fora a resmungar, como sempre!

23 comentários:

le croissant disse...

chantagem!

calamity jane disse...

Grandessíssima bipa, é o que ela é!!

(como te compreendo, Gaija...)

ai queres um sorriso, é? disse...

da porca feia...

tereza disse...

ó gaija, tu andas com notas de cinquenta euros no porta moedas???
Cúm caraças! Pareces aquela alemã das compras....

gaija do norte disse...

só as levo quando vou lá. só para chatear a pessoinha!

gaija do norte disse...

se a visses, cj... ainda por cima é feia que bipa!

gaija do norte disse...

tás quentinho, croissant? e tens dizeres?

le rissol de camaron disse...

Digo tudo! E em hebraico arcaico, se for preciso para te agradar ao pequeno almoço.

gaija do norte disse...

e o que eu gosto de te ouvir em hebraico arcaico...

tereza disse...

Hebraico arcaico também é medido na escala de Richter?

gaija do norte disse...

também! como é que eu, uma gaija simples, te ensino estas coisas?

Mente Quase Perigosa disse...

E depois disto, resta-me enfrentar o díluvio que cai lá fora e ir tomar o pequeno-almoço.

Bom dia, Gente Gira.

gaija do norte disse...

anda para cá, peixa! está sol :)

brucix disse...

Bom dia, Peixa!
Que o céu não te cai na cabeça, por Toutatis!

não falha! disse...

Pimba, gaija mailinda!
:)

gaija do norte disse...

nós é que sabemos começar bem o dia.
mainada!

sem-se-ver disse...

que giro. é a grande diferença que encontro entre estes imbecis algarvios e a gente do centro/norte: estes ultimos sao simpatiquissimos no atendimento, bem educados e corteses, e estes por aqui exactamente o contrario.

portanto, gaija, has-de perguntar, entre rosnadelas e notas de 50 euros, donde ela é. vai uma aposta?

shark disse...

Degustemos, Gaija!!!

shark disse...

Ssv: entrada de leoa! :)))

gaija do norte disse...

a avaliar pelo sotaque (que mete medo!) não é de cá, ssv.

Mente Quase Perigosa disse...

O que vale é que isto parece clima tropical: chove torrencialmente durante meia-hora e já está sol!

sem-se-ver disse...

viste, gaija?

pergunta-lhe, pergunta-lhe...



(eu tenho uma historia ao contrario: uma vez, ha mts anos, em cabanas de tavira, num restaurante, comecei a estranhar de tal maneira o tratamento dispensado pelo sr que nos atendia e era o dono do dito cujo, que lhe perguntei: 'donde é o sr?'. 'braga', foi a resposta. 'pois', retorqui.)

sem-se-ver disse...

confere, mqp :)