Aconteceu a um amigo meu

Sabem, quando num grupo de quase trezentas pessoas o vosso olhar se cruza com o da mulher mais bonita que lá está?

Sabem, quando ao jantar a mulher mais bonita se aproxima da vossa mesa e pede liçença para se sentar ao vosso lado, apesar de haver outras mesas com lugares vagos, e, na vossa mesa, haver mais lugares vagos?

Sabem, quando a mulher mais bonita, a que se sentou ao vosso lado, vos toca ao de leve e até parece coisa propositada?

Sabem, quando ficam à conversa com a mulher mais bonita, e ela sabe de música e de livros, e sabe olhar-vos nos olhos?

Sabem, quando todos já tomaram café e começam a sair e vocês se dão conta de que na vossa mesa já só estão vocês e a mulher mais bonita, e isso não vos incomoda nem por um segundo?

Sabem, não sabem?...

16 comentários:

sem-se-ver disse...

sim, sei.

(seria despropositado utilizar o plural majestático)

e?

CybeRider disse...

Depois acordei. Não sabia onde estava, a mulher esfumou-se no escuro do quarto. No meu estado de ansiedade e desilusão ainda consegui ligar o 112. Acordei com a máscara de óxigénio... Aconselharam-me a ter cuidado com o que comia e bebia antes de adormecer.

calamity jane disse...

Cy, eu nunca uso esta expressão mas agora só me ocorre dizer: lololololol

(bolas, se só um lol não quer dizer nada, o que fará de 5?!)

elle disse...

ahahahah! (CR no seu melhor!)





Caro Visconde, ainda não é final do mês! Olhe o registo...

Anônimo disse...

já li postas melhores...

profpardal disse...

Graças a Deus tal nunca me aconteceu... mas nunca se sabe :D:D:D:D:D

Visconde de Vila do Conde disse...

sem-se-ver, a si ja sabia que lhe está sempre a acontecer isto

(quem é que a manda ser gira até mais não poder ser?...)

Visconde de Vila do Conde disse...

Cyber, meu caro, o tipo com piada aqui sou eu, ok?

(esteve muito bem...)

Visconde de Vila do Conde disse...

Elle, a menina sempre tão perspicaz, cuidei que percebesse que este é mais um post da série...

Visconde de Vila do Conde disse...

Anônimo, aguente só mais uns dias. No fim do mês eu volto a surpreendê-la com a qualidade a que estava habituada...

Visconde de Vila do Conde disse...

ProfPardal, não negue à partida...

tereza disse...

Visconde, isto é outra música do Toy ou mais um excerto do Camarinha?

shark disse...

Chefa, isto é poesia em movimento...
Quase dá para sentir a fragrância libertada pela moça.

Visconde de Vila do Conde disse...

Tereza, sua insensível...

Visconde de Vila do Conde disse...

Shark, nota-se à distância que o meu caro é um homem habituado a esta situação que foi vivida pelo meu amigo.

(ele também me contou que sentiu aquilo que outras pessoas lhe descreviam como "química"...)

tereza disse...

Visconde, não seria antes "física"?

E insensível, eu? Eu que tão bem tenho guardado o segredo do Camarinha.