Como deve ser

Conhecem aquele tipo de gente que estaciona de frente e puxa imediatamente o travão de mão? Aqueles sacanas que ocupam os dois últimos lugares de estacionamento com a carroça? Ou os que deixam o triciclo muito chegado à esquerda ou à direita, obrigando-nos a estacionar mal também? Os que não fazem ideia para que servem aqueles traços brancos pintados no chão que delimitam (palavra sagrada!) o lugar que cada um deve ocupar? Os que nunca previram que um dia chegarão ao lugar onde deixaram a viatura e vão ter a certeza que eu passei por lá?

Tenho sido comedida! Normalmente deixo-lhes espaço suficiente para entrarem pela mala ou para abrirem um buraco no tejadilho, mas não sei até quando vou conseguir conter a neura… Claro que temo pela minha integridade física. Um mulherão de quase dois metros como eu pensa nesses efeitos colaterais (já fui forçada a trancar o carro e a fechar o vidro, deixando apenas uma frincha que me assegurava que o energúmeno continuava a ouvir os impropérios que lhe dirigia!), mas a ideia de aparecer cheia de hematomas não me atemoriza (posso sempre dizer que caí nas escadas!) e os benefícios para a minha sanidade mental seriam enormes.

Povo “estacionante”, receai pela vossa viatura. O meu objectivo é chegar ao lugar e fazer um estacionamento como deve ser!

53 comentários:

calamity jane disse...

Gaija, amiga, a Calamity está contiga!!

(do alto do meu metro e sessenta)

tereza disse...

E eu. Do alto do meu metro e oitenta...

calamity jane disse...

Eu bem dizia que era cabrita pecaninita...

tereza disse...

Deves ser, ora pois.... Nós, as gaijas daqui, aqui somos umas torres.
Eu a gaija e a t@abasco nem há fita que nos meça. Tu deves andar também lá pelas nuvens e a Peixa deve acompanhar-nos a todas...

calamity jane disse...

1,62 m. pra ser mais exacta. Calças 34... Uso roupa para 14/16 anos.

(Mas numa coisa sou comá gaija: não tenho medo. Uma vez atirei com um saco de congelados com vários quilos para cima do capot de um taxi que não parou na passadeira... vai daí o homem queria bater-me e eu a encher a peitaça, tipo "Ai queres bater-me? então anda cá se és homem!")

tereza disse...

Mais dois centímetros que eu... E cheguei a ficar fechada com os seguranças da Locomia na pista de dança garantindo que se tocassem no italiano desconhecido eu lhes ia às trombas...

gaija do norte disse...

chefa mintirosa! és da minha altura...

tereza disse...

sou nada... os meus caracóis no cabelo dão-me mais meio centímetro de altura!...
(isso quando não ando, como hoje, armada em mulher do campo de cabelinho escorrido...)

Paula disse...

Olha , olha só as meninas pela casa...pois não admira com tanta mulher durona, altas e musculadas (cof,cof) os mens piraram-se...:-)
Tenham uma boa noite!
beijos

tereza disse...

Paula, desculpa desiludir-te, mas eles não se piraram. Estão a arrumar a cozinha.

tereza disse...

E o 11..

Paula disse...

Bom isso é que era uma cena digna de se ver... desde que andassem às voltas com a bimby...não com a bimba!
xau ninas vou dormir e sonhar com o de olhos verdes..:-)

tereza disse...

O do Desafinado? Isso só pode ser um bom sonho...
Quanto ao resto espera pelas fotos.
soon.. in this theatre.

O Santo disse...

gaija.. percebe-se que este post teria de vir de alguem pertencente ao grupo com maior dificuldade em enfrentar lugares de estacionamento. deixa la. os carros devem ser utilizados assim, é chegar e parar... os riscos servem para que??

Mente Quase Perigosa disse...

Uiiii... Tamanho 34 é que não sei o que é há uns aninhos, Mana...

Mente Quase Perigosa disse...

Gaija, em Inglaterra estacionar fora dos risquinhos dá multa. Se começarem a fazer isso cá, vais ver como toda a gente aprende para que servem.

O Santo disse...

hey hey hey... mas tu keres parar de ter ideias destas peregrinas sff??? ja ganho pouco. o estacionar é onde o carro para. a que ser rebelde, limitado a tracinhos e sinais e verduras e... naaaaaa. o meio da rua e xato pq pode estorvar, de resto o mundo e um estacionamento. Garanto

Mente Quase Perigosa disse...

Tou caladinha...

Oh pra mim calada...

O Santo disse...

ufa....

gaija do norte disse...

caladinha nada! cá também te podem obrigar a pagar dois lugares. e não tenho qualquer dificuldade em estacionar, ó seu santo-muito-macho-man!

O Santo disse...

pffff, se nao tens dificuldade praque estes protestos todos heyn???

escarlate.due disse...

(estacionando... puxando calmamente o travão sem dar nas vistas... verificando que deixei distancia suficiente do carro da Gaija... saindo de fininho... que eu ainda só vou no metro e sessenta...)

sem-se-ver disse...

34?? fiquei preocupada contigo, cj.

sem-se-ver disse...

34 com 1,62??? fiquei mesmo preocupada contigo, cj.

gaija do norte disse...

quando vieres o porto e eu estacionar o meu carro ao lado do teu, conversamos sobre o assunto...

gaija do norte disse...

que linda menina, escarlate!

gaija do norte disse...

se medisse 1,62 e vestisse 34 também estava preocupada! está mesmo a precisar de uns comes em casa da chefa. a altura mantém-se mas o perímetro nunca mais é o mesmo...

tereza disse...

Mentira... O meu não aumenta nunca!...

calamity jane disse...

Meninas, garanto-vos que não há motivos para preocupações. Sou falsa magra. Metabolismo rápido, ou lá o que é. A relação peso/altura dá um IMC de +/- 19, o que é perfeitamente aceitável...

(e como chocolate TODOS OS DIAS!!!)

calamity jane disse...

Mas, claro, estou pronta para os comes em casa da chefa e em todo o lado
(tb pode ser na tua, Gaija, que no norte se come bem pra carago!)

gaija do norte disse...

e por falar nisso, lá vou almoçar a casa do papai... e vou levar nas orelhas se não saio já, já!

cj, no norte come-se muito bem, em casa da gaija a conversa é outra...

sem-se-ver disse...

pois, teresa, e também por isso me preocupas!

calamity jane disse...

Ora, SSV, se a Tereza é das minhas (e tenho vindo a notar isso ao longo do tempo) é porque o organismo dela sabe lidar bem com a comida que ingere. Toda a gente sabe que para se ser magro é preciso comer bem.

sem-se-ver disse...

tretas.

uma coisa é ser-se magro, outra ser-se esquálido!!!

anónimo do sul que ninguém faz ideia quem seja disse...

(A Gaija do Norte é muito modesta. Eu posso assegurar que as experiências gastronómicas em casa dela são cheias de inéditos e emocionantes. Uma das emoções é a gente nunca saber quando e se vai acontecer a próxima refeição. E isso por si só faz a pessoa adorar seja o que for que apareça na mesa.)

anónima de ainda mais ao sul que o anónimo do sul que ninguém faz ideia quem seja disse...

AHAHAHAHAH mauzinho!!!

o anónimo do sul mais a norte disse...

(E mal posso esperar pela próxima. Até já tenho o gps sincronizado com a bússula!)

anónimo com a barbatana cada vez mais à mostra disse...

(A bússola tá um nadinha afectada pela ansiedade. Até troca os ós pelos us...)

anónima que se vai deixando ver um pouco mais disse...

és um lindo

anónima do sul que não é a outra anónima do sul disse...

O anónimo do sul mais ao norte deve andar baralhado... eu nunca passei fome em casa da gaija nem falhei uma refeição que fosse

anónima do sul que não é a anónima do sul mais a sul nem a outra anónima do sul e que geograficamente se situa mais ou menos tão a sul quanto o anónimo do sul mais a norte disse...

Pois eu farto-me de passar fome neste blog...

anónimo sulista convertido à causa tripeira disse...

Eu não disse que passei algum tipo de privação em casa dela (até me assumo ansioso pelo próximo convite). Apenas enfatizei uma das muitas emoções que esses momentos de luxo que o são todos os que se passam na sua companhia - um privilégio, posso adiantar - me proporcionam.

confúcio da silva disse...

Passar fome neste blogue é uma heresia.

La Chef que não é anónima de todo disse...

Quem é que passa fome neste blog????

anónima do sul cada vez mais à vista disse...

alguma vez este blog faz passar fome??? quando muito aumenta-a!!

pierre poisson disse...

La Chefa: este foi o nosso simultâneo mais saboroso!
:)

anónima do sul à beirinha de deixar de ser invisível disse...

venham de lá mais cinco, la chef

anónima do sul e mais não digo disse...

talking of which, vou ali afinfar qualquer coisinha com a sem-se-ver

já não percebo nada... disse...

Quem é que anda a trincar a sem se ver?

desta vez sou mesmo inocente de todas as acusações disse...

Sim, quem anda a trincá-la?

eu, pá! disse...

a anónima de ainda mais ao sul que o anónimo ao sul que ninguém faz ideia quem seja.

foi, além de uma brilhante chalaça, o momento onanista do dia.

gaija do norte disse...

eu só vim cá pedir para os senhores estacionarem as viaturas em condições! não se pode abandonar uma caixinha...

e tu, tubarão lindo, hás-de cá vir. todas as refeições que elaboro são inesquecíveis!!!

(sai uma tosta mista para a mesa do canto...)

shark disse...

Ui... daquelas?
Mal posso conter este apetite voraz...
:)