Se disser que chorei não estou a mentir.

Não gosto de televisão, de concursos, de passatempos, dos enlatados com apelo à lágrima fácil que fazem questão de nos servir.

Mas gosto de pessoas. Gosto muito de pessoas.

A Senhora em baixo chama-se Susan Boyle.
Vejam o vídeo. Vejam mesmo.
Para além do enorme arrepio que é impossível deixarem de sentir atentem na lição de vida que por aqui está.
Somos pequeninos. Muito pequeninos.

(O YouTube desactivou a possibilidade de incorporação de todos os vídeos da Susan Boyle. Presumo que para obrigar a ir lá, ao site, o que já foi feito por mais de 11 milhões de pessoas. Encontrei este vídeo no Sapo. É a versão mais longa. saltem os primeiros minutos se quiserem)


25 comentários:

AnaT disse...

Eu tb vi ontem que uma amiga me enviou e tb me arrepiei...

tereza disse...

Eu vi a notícia ontem mas não fui ver o vídeo porque grandes multidões deixam-me sempre desconfiada.
Hoje meti o nariz e ainda não parei de a ouvir...

Anônimo disse...

Obrigado Teresa por me teres proporcionado estes momentos de felicidade, o esplendor da voz... E ela tem 47 anos, já viste de que uma mulher de 47 anos é capaz???
JCF

CybeRider disse...

Notável! Não sei se já conhecem este senhor que vende telemóveis, mas acho que o Simon e companhia têm tidos umas surpresas...

http://video.yahoo.com/watch/1262496/4429796

Visconde de Vila do Conde disse...

O Cyber tirou-me as palavras da boca, este tipo do Nessun Dorma (acho que é este, não consigo abrir o YouTube) é absolutamente espantoso.

(ok, ok, Tereza, esta senhora também não está mal...)

calamity jane disse...

Só me posso pronunciar quando chegar a casa. Trabalho num sítio onde a censura existe...

(e se me vigiarem o computador, ficam a saber, caso não o soubessem já, que chamo os bois pelos nomes)

CybeRider disse...

É esse mesmo Visconde! Inesquecível. :)

tereza disse...

JCF, mais um ano e digo-te se é assim ou não...

tereza disse...

Cyber, foi por me ter lembrado desse que acedi a ouvir esta senhora.
Fabulosos.

tereza disse...

Vá lá, Visconde, seja gentil. A senhora não é muito bonita mas canta que se farta.

tereza disse...

Dá-lhes, CJ.
Aos bois, claro!

gaija do norte disse...

vale tanto a pena vir ao cabra.
obrigada, chefa.
obrigada, cy.

Rachel disse...

Fartei-me de chorar.
Bolas!

sem-se-ver disse...

ora bem:

nao pude ouvir qd o vi aqui.

recebi tb por mail agora quando cheguei a casa.

o tube estava aos soluços, voltei aqui - e correu lindamente.

notas:

aquele público transcende qq um/a que esteja a cantar em palco - quando gosta; e acabrunha, quando não gosta.

por isso a (bela, bela, bela) senhorita jurada teve toda a razão: o cinismo com que um publico que estava contra ela a recebeu - figura mais ridícula e sopeirosa a da srª, não é? - foi debelado aos primeiros acordes.

continuar a haver musiquinha de fundo ajuda muito à comoção e à lágrima.

o que mais me toca em tudo isto?

estes versos:
I had a dream my life would be
So different from this hell I'm living
So different now from what it seems
Now life has killed
The dream I dreamed.

porque a vida dela matou o sonho que tinha de cantar.

porque a vida dela lhe possibilitou o renascer desse mesmo sonho.

a música tem um poder do c*.



vou almoçar.

não foi a primeira vez que fiquei a gostar deste programa.

AnaT disse...

Nem mais SSV... sim e o outro sr. tb faz arrepiar...

O Santo disse...

bela bela bela bela... alias

Anônimo disse...

Segundo me disse a minha filha mais velha a canção é da superprodução «Les miserables» que está em cena em Londres há muito tempo. Fiz o reenvio para a Teresa da sua (dela) mensagem. Nem tudo é mau neste mundo cão.
a)JCF

calamity jane disse...

Extraordinário.
Tb chorei, mas digamos que isso para mim não é difícil. Devo ter caído num caldeirão de lágrimas quando era pequena...

Em relação à senhora, isto toca-me particularmente. Sonho em cantar desde sempre. E ainda não fiz as pazes comigo própria quanto ao facto de não ter investido a sério na voz quando era mais miúda.

calamity jane disse...

O Paul Pott já tinha visto (ouvido). Amazing!

tereza disse...

Ai cJ, estás lixada... Estou a imaginar o jantar do Cabra... O Santo na guitarra e tu nas cantorias!...

calamity jane disse...

O Santo toca???

como diria a miniCalamity: vuau!

(vamos marcar a data ou como é que é?..)

tereza disse...

essa de "o Santo toca?" não foi mesmo a tua melhor frase...

Mas sim, vamos marcar a data!

calamity jane disse...

OK, foi do entusiasmo.
(aqui entre nós que ninguém nos ouve, adoooro um homem que toque viola...)

tereza disse...

(e duas, aqui que ninguém nos ouve...)

O Santo disse...

adoro que adorem homens que toquem




(viola....)