Deixei de jogar xadrez...

...Depois de me aperceber que só gostava dos jogos quando conseguia comer a rainha adversária.

25 comentários:

@na disse...

ahahaha!!! era prémio ou consolação?

shark disse...

Dependia sempre, Ana, de como as coisas corriam fora do tabuleiro...

gaija do norte disse...

... ainda não percebi para que servia o tabuleiro???

peão das brancas disse...

Não sei. Suas Altezas é que mandam e eu não passo de um reles peão, um plebeu serviçal ao inteiro dispor...

teresa disse...

O tabuleiro servia de trampolim, é que se está mesmo a ver...

@na disse...

'tá-se mesmo a ver que o tabuleiro era só para acomodar as bebidas, tsss...tsss

bobby pescador disse...

Injúria, calúnia, infâmia!
As bebidas ficavam sempre pousadas na mesa de cabeceira, ao lado do (verdadeiro) trampolim.
Era mate em dois lances.

@na disse...

e "xeque" havia? Ou era só mesmo pelo prazer?

gaija do norte disse...

era o que faltava agora não haver xeque! esse está lá, entre o tabuleiro, as bebidas, o tampolim. e deve estar muito ocupado a ordenar a tralha toda!!!

teresa disse...

e sabe-se lá se o xeque tem cobertura...

@na disse...

bem, vocês definam-se, estamos a falar de xeques com cobertura ou de xeques que dão cobertura? Tou confusa (maldita sangria)

teresa disse...

essa, ana, é uma grande pergunta...

gaija do norte disse...

pronto, já não vou dormir... mais uma duvida para o neurónio...

doctor shark disse...

Dão-se explicações.

@na disse...

tu explica...

gaija do norte disse...

bem, tu lá sabes no que te estás a meter...

@na disse...

oh Nortenha.. Tu é que ficaste com dúvidas no neurónio... se alguém se oferece para explicar é má educação recusar, não?
(pelos vistos não sei, mas se quiseres, olha esclarece-me.)

gaija do norte disse...

mas o neurónio tem que trabalhar e se não encontra explicações no seu imenso saber, pesquisa, e se a pesquisa for inconclusiva, faz a segundo e a terceira. só depois, muito depois, pede explicações. (isto quando tem tempo para trabalho de campo, claro...)
eu agradeço a oferta, e não a recuso, mas a alegria de tentar descobrir as coisas por mim continua a ser tão gratificante...

@na disse...

;)

teresa disse...

olhem lá, vocês as duas, já ouviram falar no Google??

@na disse...

já! Mas parece-me que por muito vasta que seja a informação no google, duvido muito que se consigam obter explicações sobre este xadrez, é muito "sui generis"...

guguele de trazer por casa disse...

Já me baralharam todo...

@na disse...

já calculava é só garganta...

tavarotti disse...

Mas uma garganta multifacetada, cheia de atributos giros para entreter um tempo mais ocioso. Música pelo menos não falta.

@na disse...

tou a ver... cantas com quantos dentes tens e ao longo da vida parece-me que tens muitos...