Eu disse que de hoje não passava...

Estou cá outra vez. E até já se me riem os olhinhos...
O pc não é meu, tenho tudo desconfigurado, as minhas coisas andam por cd's e dvd's que vou ter de instalar, mas pelo menos estou aqui.
Foi complicado passar estes dias sem computador. Nem foi sem net, foi sem computador. Preciso de escrever e já não o consigo fazer com papel e caneta. Hoje vai ser noite difícil, está visto.
Sou bicho de hábitos e preciso de me sentir em casa. Sou daquelas pessoas que passam uma noite num quarto de hotel, mas mudam a cadeira de sítio. Enquanto não me sentir em casa nem vou olhar para este monitor como deve ser. Tenho de ter as minhas configurações, os meus favoritos, o meu browser, os meus documentos, tudo o que posso nem precisar, mas tenho de ter à volta.
Teresa Caracol, como me chama o meu irmão. Para onde vou levo a casa às costas. Mesmo que seja por um dia ou dois.
Ah, e tenho um rato... Há que tempos que não sabia o que era um rato!

3 comentários:

@na disse...

bons olhos te leiam!!! :)

gaija do norte disse...

eia eia biba biba
a chefa chegou!!!

Emiele disse...

Que engraçado Teresa, eu sou exactamente assim, e também já tive essa alcunha!!!
Tenho de 'personalizar' o sítio onde estou. Imagina só uma vez em que tive de viver, eu e família, num hotel durante nove meses!!!!! (foi uma gestação demorada para caraças, até se ir para uma casa!!)
Quando saímos os quartos estavam irreconhecíveis!