Eu não disse que a blogosfera também tinha uma Silly Season?

É que vejam só o que anda por aí (e eu nem meto o nariz nos outros sítios todos do costume, que esta máquina não deixa...) :

TESÃO NÃO É UMA PALAVRA FEIA, in (claro!) Charquinho.

Os cérebros, os ratos e a rata, in Aspirinab

Nem quero pensar no que andará pelos outros lados, que basta ver a caixa de comentários deste blog que nem preciso de sair à rua para perceber - é Verão!

16 comentários:

@na disse...

boa noite srs agentes, espero que estejam bem instalados!

Graças a Deus que é Verão... anda tudo mais solto, mais colorido.

shark disse...

Mas a palavra não é feia, pois não?
Estas questões são mais importantes para a pessoa do que parecem à primeira vista.
Por exemplo: eu digo "a tesão", numa óbvia deturpação criada pela minha apetência desvairada pelo feminino. Porém, é "o tesão", ao que sei, a forma correcta.
E a pessoa põe-se a matutar nestas coisas, a tesão, o tesão, e arrisca-se a ficar assim com a coisa a meio caminho (a meia haste, para visualizarem melhor a cena).
É o quanto baste para lhe justificar a pertinência ou não é?
Ah, e este comentário visa bastar-se enquanto confirmação do pressuposto que o post ergue ou levanta.

teresa disse...

Han??!!
É que tu falas falas falas.... e pensas pensas pensas...
É Verão, deixa-te lá dessas coisas!

teresa disse...

Olha, pois mas é os olhos no nossos santo - as trocas de impressões dele são muito mais eficazes, que sem se ralar com o género da coisa dedica-se antes ao sítio da coisa.

@na disse...

essa é qu' essa...

teresa disse...

ainda se lhe seca a boca com tanto palavreado...

@na disse...

com tanta água? tenho dúvidas

teresa disse...

agora que mencionaste esse facto estou aqui a pensar se o nosso tubarão não se terá dissolvido... ele que anda com a mania das farmácias pode ter pensado que era uma Helka Setzer..

@na disse...

ou então parou de nadar e afogou-se

shark disse...

Nada temas, Ana. Estou sempre a dar à barbatana.
:-)

teresa disse...

e sabes para onde vais ou é assim um dar a dar inconsequente?

@na disse...

teresa: os tubarões não podem parar de nadar senão afogam-se...
(as coisas que eu já aprenfi nos últimos dias sobre tubarões, ah? Ainda há ignorantes que dizem que não se aprende nada a brincar)

@na disse...

tu não pares ò barbatanas!!!

sem-se-ver disse...

meu contributo:

tesão é lindo. tusa também. entesar, magnífico. entesante, idem aspas.

as palavras e o que lhe corresponde.

(não me parece que seja tão silly season assim, bem pelo contrário. assunto bem sério e para todas as estações)

(o post do aspirina é tudo menos silly season - seja pelo tema, seja pelo que é dito; se te referias ao título, é meramente ordinário)

(eu não venho tarde nos comentários, vcs é que postam a uma velocidade vertiginosa!!)

shark disse...

Ò Ana, se a brincar aprendeste tanto acerca de tubarões imagina o caudal de sabedoria que se adquire numa paródia com um esqualo a sério...
:-)

@na disse...

ò shark, :))