Às vezes falta-me mesmo a paciência e penso que cabra é pouco - devia ser touro que sempre levava mais imbecis na frente..

Entre as punições virtuais - os arguidos eram acusados de cometer cerca de 60 crimes contra os animais - o tribunal apelou ainda ao Papa Bento XVI "para dar força à bula De Salute Gregi Diminici du Pape Pie V, ainda em vigor e que condena, sem apelo, a tauromaquia". Ao Papa foram ainda pedidas directivas claras para os espectáculos "sangrentos e odiosos, que são as corridas, e devem ser condenados.
Ao fim de quatro horas de audiência, o júri, presidido por Franz Weber - dono da fundação com o mesmo nome e promotora desta acção simbólica -, decidiu ainda solicitar ao Parlamento Europeu a organização urgente de um referendo que permita que "a maioria das pessoas anti-corrida se possa exprimir".
Entre as intervenções, desde a equivalente a uma procuradora do Ministério Público, à advogada francesa Caroline Lanty, passando pelos "advogados de acusação" dos três países da União Europeia onde são permitidas touradas - Portugal, Espanha e França - e pelo advogado de defesa, todos 'condenaram' os 'réus'.
Os jornalistas viajaram a convite da Fundação Franz Weber.

Dois ou três reparos:
- quantas sacas de comida se comprava com o que custou esta palhaçada? Há gente a morrer de fome, não há só touros nas arenas (este está ao nível do tal julgamento, baixinho, portanto!)
- porque será que a Praça de Touros de Albufeira deve ser a que mais corridas faz por ano? Ainda as outras não abriram e já esta está cheia. Será que os algarvios são assim tão aficcionados?
- A Dinamarca não faz parte da UE? Tenho uma vaga sensação que sim. E não é considerada um dos países mais "civilizados" e desenvolvidos do mundo?

Muito bem, fiquem com as Ilhas Feroe. Região Autónoma da Dinamarca. Festa dos Rapazes. E não me chateiem com as touradas do terceiro mundo. Reparem só como aqui são civilizados.












































5 comentários:

Emiele disse...

Ainda estou zonza...
Quanto à primeira parte (eu que até nem gosto das touradas) achei aquilo uma parvoíce de todo o tamanho. E já me sentia a concordar contigo, antes da segunda parte do post!

AQUILO existe?!
É que de facto nunca se ouve falar...

Ângela disse...

Não é tão bonito condenar os outros e assobiar para o lado quando as "tradições" são nossas?
Este tipo de comportamento faz-me lembrar o relatório da Amnistia Internacional sobre maus tratos policiais onde Portugal aparece sempre, mas os EUA raramente são falados...

Gabsna net disse...

Concordo com isso tudo , mas ao menos faz-se alguma coisa. è preciso ter assistido a uma tourada ao vivo, para nos apercebermos, que aquilo, não tem pés nem cabeça, que o touro está desorientado, em aflição, torturado. Também matam focas bebés à paulada no Canadá, e tb se paga para ver e participar, mas é o pagar, que me faz espécie...

gaija do norte disse...

foi imediatamente disso que me lembrei, das focas bebés do canadá, aquele paraíso de civlização e qualidade de vida, já para não falar dos japoneses e das baleias, dos chineses e seus costumes bárbaros... e é claro que abomino touradas, e a forma como matam muitos dos animais que nos alimentam! o julgamento pode ser uma palhaçada, que o é face a outros temas tão preocupantes, mas é preciso que se fale. há gente a morrer com fome, mas os animais não têm culpa nenhuma da nossa desumanidade! se não assistirmos a acções destas, e tudo passar silenciosamente, muitas das crianças que já pensam que os ovos se fabricam, vão começar a dizer que os animais dos livros e dos documentários da televisão são como as renas voadoras do pai natal...

BA disse...

Jun 2008 a Jun 2013... e nada, somente a VERGONHA em manter Portugal no 3º Mundo.

Procurei esta informação porque hoje fiquei a conhecer mais um aficcionado de touradas.
Eu não posso estar mais contra a selvajaria que se passa nas praças de touros do mundo.
Maltratar animais, sobretudo para entretenimento, é crime. Se não fosse na lei - que o é - então é um crime moral.
Mas o comentário a este POST é o seguinte. Pela minha confirmação de hoje é típico dos "pro-touradas", quando confrontados com este assunto, é típico dizia, mudar de assunto e procurar outros exemplos de desumanidade sobre animais.
"- Então e tu gostas e comes frangos? Nessa altura, deves estar de acordo com a forma como essas aves são tratadas nos aviários?" ... e esta foi a pergunta tonta, que procurava responder em prol das touradas.
Senti pena deste tipo com quem até simpatizo...