Aquele jeitinho

Cheguei.
Escondi o carro o melhor possível para não estorvar a passagem, saí e fui andando para casa.
Ela veio cá fora receber e buscar-me. Esguia, morena, de claro, toda de claro.
Fomos andando na direcção um do outro, eu de casa, ela caminhando para mim para cumprimentar. Caminhando, mas daquela forma meio desengonçada ou desmazelada (eu acho que ela tem a mania que é cowboy) em que o andar serve para tudo menos à necessidade de percorrer um espaço específico. Ficamos frente a frente - ola - ola - beijinhos - a viagem? - foi bem - anda...

E foi aí que revi aquele gesto. Ela virou-se para voltar para casa a meu lado, mas tal como no andar o seu corpo não deu meia volta e la vamos nós. Nop, nada disso. A meia volta foi dada de uma forma gira e dengosa, sabem? Aquele jeito com os ombros nus? Explicando sem palavras nem gestos nem olhares que - hey, estou aqui ao teu lado, se quiseres podes abraçar.

E ela faz isto muito bem, deviam ver. Onde terá aprendido esse jeitinho?

27 comentários:

teresa disse...

Olha olha... se mete jeitinho já sei quem recolheu a brasileira da senhora administradora...

O Santo disse...

aquela que é casada e de uma familia respeitavel??

onde deixei os oculos escuros? e o capacete?

teresa disse...

Aqui não foi...

gaija do norte disse...

ó santo, andas a saltar capelinhas?

teresa disse...

(achas que isto é santo de muitos altares? ainda troca de cabra e depois ficamos sem o nosso menino..)

gaija do norte disse...

o que acho é que a nossa sorte é ele não ser um injinho... quem sabe onde ele parar se tivesse asas...

teresa disse...

ficava paradinho no centro, que não ia conseguir acertar com os pontos cardeais... norte, sul, sul, norte...esta vida é muito complicada...

gaija do norte disse...

não digas isso... viajar só faz bem!

teresa disse...

e se, à chegada, tiver aquele jeitinho de ombros que deviamos ver, só lhe pode aquecer a alma...

(olha lá, achas que isto é só criação literaria ou o santo não éstá sempre fora de serviço?)

gaija do norte disse...

(eu acho é que ele tem serviço a mais...)

teresa disse...

(o "a mais" quer dizer que já não dá conta do recado?)

O Santo disse...

Querem que nos retiremos para poderem conversar mais avontade??

teresa disse...

Olha ele.... inda bem que chegaste e deixa-te estar. Temos aqui umas dúvidas que podias esclarecer...

gaija do norte disse...

Não Santo, deixa-te estar. Estás em casa...

(não Teresa, não quer dizer nada disso!!)

O Santo disse...

As dúvidas tenho eu depois disto tudo.
Afinal o que quer dizer o quê?

gaija do norte disse...

estive a pensar (que é coisa que cansa muito por isso raramente o faço)...

ó santo, sonhaste comigo?

teresa disse...

na vês que sim? Até a miquelina saiu da prateleira - e eu (ele) te sorri (lá)...

O Santo disse...

Se portarem bem e pedirem com muito "jeitinho" talvez ainda me convençam a esclarecer o que é sonho e o que é realidade no post. "Jeitinho", só isso.

gaija do norte disse...

Pedes muito... (agora ainda ía ter que pensar o que é portar bem, e ficava exausta logo no início da semana...)

teresa disse...

"encosta tua cabecinha no meu ombro e fala (chora não que molha muito)"
achas que é pedir com jeitinho?

O Santo disse...

depende do ombro. Se souberes dar "aquele jeito com os ombros nus" até talvez me convenças.
e... ó tu aí em cima. se nunca foste retirada de um confessionario na missa das 7h deves saber o que é portar bem.

teresa disse...

Sempre fui boa aluna... se explicares com muito muito jeitinho talvez aprenda...

O Santo disse...

esguia? morena? dengosa? olha que não é fácil.

teresa disse...

Tudo isso, mas desmazelada é que não. Achas que faz muita falta?

O Santo disse...

do your best.
mas o andar é que era desmazelado nao a dita pessoa.
e já agora... como percebem do post q é um ser feminino? "ela" pode ser sempre "a pessoa" em causa... nao uma ela realmente. nao e?

teresa disse...

santinho lindo, porque no te callas?

O Santo disse...

sim, sua eminencia (que ser chefa e monarca é melhor não contrariar)