Estamos, finalmente, no pelotão da frente.

E, mais uma vez, o país inteiro em pouco ou nada colaborou, dificultando até o enorme esforço daquele punhado de homens valentes que nos ofereceu um lugar na História ao lado da França e da Inglaterra.

Um comentário:

Gabsna net disse...

Se é do campeonato europeu que falas, o perdermos deveu-se a mim.
Os jogos que vi ganhámos sempre. Desta vez a TV estava no Panda e qd reparei já estavamos a perder 2 a 0. A partir daí vi e ainda ripostámos um pouco, graças aos nossos gritos em conjunto (eu e os miúdos, mais eu), mas já não fui a tempo. Lamento...