Fabuloso!

Influenciar uma pessoa é dar-lhe a nossa própria alma. O indivíduo deixa de pensar com os seus próprios pensamentos ou de arder com as suas próprias paixões. As suas virtudes não lhe são naturais. Os seus pecados, se é que existe tal coisa, são tomados de empréstimo. Torna-se o eco de uma música alheia, o actor de um papel que não foi escrito para ele. O objectivo da vida é o desenvolvimento próprio, a total percepção da própria natureza, é para isso que cada um de nós vem ao mundo. Hoje em dia as pessoas têm medo de si próprias. Esqueceram o maior de todos os deveres, o dever para consigo mesmos. É verdade que são caridosas. Alimentam os esfomeados e vestem os pobres. Mas as suas próprias almas morrem de fome e estão nuas. A coragem desapareceu da nossa raça e se calhar nunca a tivemos realmente. O temor à sociedade, que é a base da moral, e o temor a Deus, que é o segredo da religião, são as duas coisas que nos governam.


Oscar Wilde

5 comentários:

O Santo disse...

tenho algumas duvidas sobre a alma. mas continuo a defesa que as nossas decisoes sao baseadas nas influencias - com pecados e virtudes e temor do criador (ou plo menos temor que alguem comente isto...)

teresa disse...

ai comento comento, assim que tiver mais que dois segundos...

Mix, obrigada pelo Wilde. Fabuloso mesmo.

shark disse...

Pronto, agora vão falar de coisas sérias.
Tá na hora de mandar o tubarão prá cama...
Chuac para toda a equipa que eu não alinho em sexismos. Se é bom, toca a todos.

gaija do norte disse...

Muito, muito bom. Somos únicos e temos o direito e o dever de exercer a nossa individualidade.
É mesmo muito bom!

(e assim nos calou... chiu)

baby sitter disse...

Excelente...
Alma,triste e vazia,nua e crua...!