só a mim não ma trazem a casa

6 comentários:

gaija do norte disse...

nunca, nunca, nunca mais vos conto nada!

(e agora inté que vou levar a criança ao progenitor)

Anônimo disse...

também a mim não menina, tenho de ser sempre eu a colhê-la :)

teresa disse...

a mim nem um raminho de coentros...
(contas pois que ou contas ou ficas sufocadinha e não é de Ferrero Rocher...)

teresa disse...

e colhe-a onde calha ou lá calha colhê-la?

gaija do norte disse...

se tu tivesses um amigo que vai fazer sangria para a sua amada, até lhe levavas hortelã ao fim do mundo!

teresa disse...

um quem a fazer o quê para quem? eu levar-lhe alguma coisinha? eu fazia a sangria com as minhas maozinhas...