Alfacinhas, digam-me lá,

(e isto é por causa de um comentário algures lá para baixo)

já que são todos tão bairristas e gostam tanto da vossa cidade, por acaso sabem onde fica o Jardim Marquês de Marialva?
Dou um doce a quem souber.

(e se falo nele tenho de contar uma história. É que este Marquês, de seu nome António Luís de Menezes, tem o corpo sepultado no Convento de Cantanhede (?), o coração junto ao túmulo de D.João IV, no Convento de São Vincente de Fora e as vísceras, sim, as vísceras, ao lado da mulher na capela-mor da Igreja Matriz de Cantanhede. É que só mesmo um marialva conseguia fazer uma destas - o coração fica ao pé do Rei, que gajo que é gajo gosta de estar ao pé de outros gajos, o corpo vai sei lá para que convento mas as freiras deviam ser giras e junto da mulher fica a tripa, pulmões, rins e figadeira, que só podiam estar num estado lastimoso e lá fica a desgraçada a fazer-lhe cházinhos eternidade fora...)

40 comentários:

Comendador Antunes de Burnay disse...

Teresa, qulquer homem medianamente conhecedor sabe que está a falar do jardim do Campo Pequeno...

(como fazemos para aquilo do doce?...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

(está sempre a acontecer-me isto. É uma maçada...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

(e agora todos ficam a saber que me chamo José Antunes de Burnay)

teresa disse...

O doce está dado, não sei se reparou, que também não sabem mais nada...

Comendador Antunes de Burnay disse...

(obrigado...)
(mas agora a sequência da caixa de comentos ficou um bocadinho esquizo, não?...)

Comendador Antunes de Burnay disse...

(É um gosto ter alguém que zele pela nossa intimidade...)

teresa disse...

E Comendador, a sua sabedoria deixa-me sempre deliciada...
É isso mesmo mas acredito que deve ser muito pouca gente a sabê-lo. Eu também só o sei por um dia ter visto a placa e ter achado graça.

teresa disse...

Com a esquisitice da caixa posso eu... começa a refilar e com esquisitices e ponho-a logo de castigo...

Comendador Antunes de Burnay disse...

Sabe, Teresa, é espantosa a quentidade de pequenos nadas que guardamos nas nossas memórias (citações avulsas, letras de canções antigas, pormenores da vida da gente que sai nas revistas que lemos nos consultórios). Normalmente não servem para nada, fico sempre contente quando servem para estar à conversa com pessoas como você.

teresa disse...

(e pronto, lá fico eu toda babada graças a este bocadinho trivial pursuit.)

Anônimo disse...

olha não sabia que o Campo Pequeno se chamava assim, mesmo. Quando era puto andei maravilhado quando descobri que Entre Campos queria dizer entre o Campo Grande e o campo pequeno. Aprender sempre, essa já sabia. Mas é só para dizer que não esqueçam de visitar Marialva um dia, e já agora também não foi há muito tempo que fiquei a saber que marquês quer dizer senhor da marca, sendo marca zona de fronteira que agregava vários condados.

Anônimo disse...

quanto à táctica do marquês: muito bem vista na sua equanimidade :)

@na disse...

estas caixinhas às vezes são só sabedoria

teresa disse...

Z, essa de senhor da marca, fronteira, sabia eu, o que me deixa de rastos que não é suposto saber uma coisa que não sabias.

Já visitei Marialva, mas o Marquês de lá só tinha o nome (marca, fronteira, ele distinguiu-se na batalha de Montes Claros e Marialva devia ser a única terra disponível para aqueles lados, mas o tal de Marquês era das Gândaras...)

Anônimo disse...

(até dizem que um com esse título era o verdadeiro pai de D. Miguel)

então mas eu gosto tanto de aprender com amig@s

Anônimo disse...

já está aí o Inverno, embora eu ainda vá meter uma cunha para muito Sol intermitente. Agora vou fazer como vocês cabrinhas: tenho uma colecção de blusões magníficos :)

teresa disse...

às vezes @na?

Anônimo disse...

@na, hoje à tarde lembrei-me de ti, queria dizer-te isto: de facto é engraçado porque há uma interpretação masculina e outra feminina de 'meio'; na interpretação feminina é coisa empatada, não ata nem desata, na masculina vem desde Aristóteles, através do conceito de 'phronesis' a reflexão que visa a acção prudente, e mais antigo ainda de Buda que advogou o caminho do meio como contraponto do sofrimento dos extremos, lembrando queé pelo meio que o rio corre mais depressa, é a trajectória de resistência mínima.

Eu hoje estive a treinar de Esfinge de cigarro na boca mas não me caiu nada no colo!

(acho que ainda não é tempo)

Anônimo disse...

Teresa também me lembrei de ti: dizias-me noutro dia que não tinhas feito obra, só a Clara e a Xica, ora o Cabra é obra, divertido, simpático, incisivo e até pedagógico.

parabéns a tod@s, por nos ajudarem a viver mais quentinhos

@na disse...

olha Z, és um querido por te lembrares de mim e olha vou aproveitar o teu comento

teresa disse...

Como diria a minha mãe, hoje devo ter acordado de rabo para o ar, só tenho coisas boas... (e agora podia dizer, sem mentir, sim, sem mentir!, que era para as coisas estarem conformes ao rabo)

teresa disse...

já olhou duas vezes... importas-te de deixar um olharzito também para as outras, ou os outros?

Anônimo disse...

e também me lembrei que tenho de corrigir uma coisa: não caiu nada no colo daquilo que eu esperava, mas fui jantar a um restaurante onde já não ia há um mês ou assim e tinham guardado o meu chapéu de chuva vogue, que é o meu favorito, que eu nãio sabia onde andava. Ora estava a chover e eu não tinha, acho Deus tramado mas é querido.

Anônimo disse...

claro que vai para todos, beijos não se esgotam

(agora é um cigarro e uma torta não tarda)

onde anda o meu ardido?

teresa disse...

(ou se assustou ou está a acalmar os calores... ou as ardiduras...)

gaija do norte disse...

não fazia ideia nenhuma, como calculavas...

e agora, para não deixar os meus créditos por mãos alheias, do marquês de marialva conheço o restaurante com o mesmo nome, lá em cantanhede :)

(como gosto de comer!...)

@na disse...

senão metesse comida até me admirava

Anônimo disse...

(baclhau á Gomes de Sá)

teresa disse...

as entradas de couve com enchidos e queijos... e o cabrito no forno com arroz e grelos... e os pastéis de nata acabados de fazer... hummm... pois é, mas o Zé Carlos, o dono daquilo, meteu-se numas off-shore e se não está preso está muito perto, que o julgamento já foi e não lhe correu nada bem..

O Santo disse...

eu sabia... e nem consegui ler tudo

Anônimo disse...

(à coca :)

Anônimo disse...

cocando, mas é melhor despachar já isto senão faz-me nervos!

Anônimo disse...

tufa

Anônimo disse...

agora já podemos descansar

teresa disse...

decansa bem.. e agora também comia uma torta..

gaija do norte disse...

come marmelada!

teresa disse...

psssiu... estou à espera que as miúdas adormeçam para ir buscar os chocolates que tenho escondidos.

shark disse...

Chocolates? Já tou a lamber os beiços...
Gastas de que marca?

O Santo disse...

chocs... fixe

M&MS?

teresa disse...

Quando toca a chocolates a meio da noite o que vier morre... até Mon Cherry, que detesto (sim, santo, podem ficar todos para ti) já tive de comer à falta de coisa melhor.