Só para chatear...

... e em continuação do post anterior e do outro sobre as pequenas coisas que desapareceram da nossa vida.

Lembram-se daquelas anedotas muito idiotas? Alentejanos, Machel, pois claro!, Alcafache (ainda se lembram de Alcafache?), Sá Carneiro, comunistas, freiras, anões, benfiquistas, paneleiros (acho que me repeti..), ceguinhos, enfim, aquelas todas que agora não contamos porque parece mal e ainda ficam a pensar que somos uns trogloditas insensíveis e sem respeito pelo próximo? Aquelas do mudo que diz ao surdo para levarem o cego ao cinema?
A caixa de comentários continua sem limite de tamanho. Vamos lá, quem tem coragem de contar as anedotas da nossa infância e que foram varridas com o politicamente correcto?
(Brasileiros e espanhóis não vale porque continuam muito actuais...)

39 comentários:

@na disse...

espanhóis não vale??? Ahhh, pois... é melhor não valerem, é...

teresa disse...

não vale porque estão muito actualizadas...

@na disse...

demasiado!!!!

@na disse...

é impressão minha ou tu hoje estás a ver se te transformas em comida para tubarão?

(senhoras e senhores, este número é arriscadíssimo, não percam as reacções do tubarão residente....)

teresa disse...

nunca é demasiado quando toca a espanhóis...

(e a anedota? sem anedota não cravas um cigarro...)

@na disse...

tenho lá memória para guardar anedotas...

@na disse...

mas ria-me à brava com as lições do tonecas (em livro, em livro)

teresa disse...

ahahahahaahahahah...
(e o Tubarão não se chasteia com estas coisitas, pois não meu querido tubarão?)..

@na disse...

(isso... vai-lhe passando a mão pela barbatana, vai...)

Mãe da malta disse...

Então vamos lá, sou a primeira:

Porque é que uma alentejana emigra tem uma cadeira ao lado da cama?

@na disse...

ahahahahahahahahah

(para descansar quando acorda???)

Mãe da malta disse...

Para dar na cabeça de quem diz isso :p

;)

teresa disse...

ahahahahahah....

e eu vou com outra. Sabem porque é que o alentejo é plano?
Os calhaus estão todos em Lisboa.

Mas eu gosto é daquelas muito horríveis e completamente contra-corrente de tão incivilizadas que são...

@na disse...

ahahahahahahahah

@na disse...

e eu que pensei que tivessem rolado para o Algarve... tsss... tsss.. estas caixinhas são sabedoria em estado puro

Gabs disse...

Eu sei uma anedota! E é politicamente incorrecta! Vamos ver se me sai bem:
"Sabem o que é o HIV ?"

Não'

"É o Hi5 no tempo dos romanos...."


ah ah ah

Mãe da malta disse...

Ahhahah

E aquelas completamente ultrapassadas...

Porque é que o Machel dormia com uma arma ao lado da cama?

(Mas eu só me lembro de anedotas com camas?!)

teresa disse...

ahahahahahahah.....

teresa disse...

para matar o sono?

teresa disse...

E lembram-se daquela do machel que escreveu à mãe a dizer que os fósfores que ela mandou não funcionavam? E a mãe lhe respondeu a garantir que não podia ser que os tinha experimentado todos e estavam bons?

Mãe da malta disse...

Sim, Teresa.

Também poderia dizer, no seguimento da anterior, que era para matar quem diz isso. Mas eu sou alentejana emigra, não faço batota...

Mãe da malta disse...

ahahahahah para a dos fósforos

teresa disse...

e aquelas dos elefantes? Como se mete um elefante debaixo da porta? Num envelope. E se não couber? Tira-se o selo..

Mas das que mais gosto é da do velho muito velho que morre e tenta entrar no céu. E S. Pedro pergunta-lhe quem é e ele só sabe dizer que é velho muito velho, que na terra foi carpinteiro e teve um filho muito célebre. Jesus Cristo ouve isto e vem a correr de braços abertos - " meu pai..." e o velho corre para ele "Pinóquio..."

@na disse...

o vosso repertório é infindável...

Mãe da malta disse...

a do pinóquio não conhecia. ahahahah

teresa disse...

Se começarem eu lembro-me, antes disso é mentira...

teresa disse...

e aquelas anedotas das avós? sabem o que o píres diz à chávena? Filha, tens o rabo tão quente...
E a cantiga da retrete? Puxei o autoclismo, o cagalhão estremeceu, deu duas voltas à pista, cumprimentou e desceu...

a minha avó materna nunca por nunca dizia o que fosse de menos próprio, mas nos jantares de Natal fazia parte. Bebia "um golinho" de champagne, "só um golinho" e a partir daí saiam as anedotas todas do Bocage e companhia...

teresa disse...

Esqueci-me de rematar, é que a seguir a esta anedota a minha avó dizia sempre "merda, trampa e cagalhão não fazem parte da confissão..." e depois ficava contente e corada como uma menina depois de dar o primeiro beijo.

O Santo disse...

as sadicas contam? a do pai que teve um filho que sem bracos nem pernas... enfim era so uma orelha... e comenta... mas mm assim é meu filho - responde a enfermeira... tem é de dizer mais alto q é surdo

O Santo disse...

e judeus tb? como se poem 20 num mini??

mãe disse...

E aquela do vegetal ??
Qual é que é a parte mais difícil de comer num vegetal ?? Ah, pois, é, é a cadeira de rodas... ;P

E aquela do qual é coisa qual é ela com duas pernas, muito pelo e deita muito sangue ??
Pois, é meio cão... !

teresa disse...

Mãe, para já, primeiro lugar destacado...

@na disse...

sádicas!!!

@na disse...

sabem a que velocidade máxima consegue um homem fazer amor, sem se cansar?

a 68,5 Km/h

Porque se for a 69...
Já vai com a língua de fora!!!

Anônimo disse...

:)))))))))))

O Santo disse...

novelito, essa equivale a piada mais curta do mundo:
mary fecha as pernas john parte os oculos

(e ta o outro coitado a traduzir isto...)

Anônimo disse...

o que é que é pior que 7 bebes num caixote do lixo?

um bebe em 7 caixotes do lixo...

teresa disse...

(isto está lindo...)

@na disse...

ò valha-me deus...