Condicional

Eu nunca me poderia sentir presa a ti, pelo simples facto de que serias sempre uma escolha livre, pensada, ponderada e sonhada. E gostando de ti as tuas coisinhas do dia-a-dia não seriam fardos para mim. Adormeceria nos teus braços, velaria o teu sono e acordaria contigo do meu lado. Beijar-te-ia por cada vez que me cruzasse contigo numa divisão, ou apenas tocar-te-ia como mimo, por ali estares. Adormeceria no sofá enroscada em ti durante um filme. Cozinharia um jantar especial para acompanhar a garrafa de vinho que abririas. Sentar-me-ia ao meu lado a fumar um cigarro enquanto juntos olharíamos para a primeira estrela. Sentiria o cheiro das velas por ti apagadas quando nos fôssemos deitar.
Chegaria a casa e contar-te-ia as novidades que traria da rua, ouviria as tuas enquanto olharia para ti embevecida pela tua voz. Chegaria tarde e enroscar-me-ia em ti mal me deitasse na nossa cama onde me esperarias, esperaria por ti, mesmo que a dormir, porque saberia que quando chegasses um beijo teu teria. Partilharíamos embalagens de gelados com uma só colher. Levar-te-ia a jantar numa noite de verão à minha esplanada favorita, onde conversaríamos com o céu e o mar como cenário. Encheríamos a casa de amigos, os meus e os teus porque ambos lhes damos muito valor. Pegaríamos no carro e rumaríamos em busca de um refúgio só nosso. Encontraríamos um destino de férias e apanharíamos um avião que nos levasse a retemperar energias. Poderíamos chorar mágoas no colo um do outro. Poderíamos ficar felizes com conquistas de um e de outro. Mudaríamos juntos a decoração e ficaríamos depois, os dois a contemplar o trabalho feito.
E nessa altura já saberia qual o algo que poderia esperar de alguém que disse, de alguém que fez.

17 comentários:

teresa disse...

Tempos verbais? Eu acho que isso deve ser é uma outra dimensão qualquer que por aqui nunca vi nada assim...

@na disse...

ou isso

teresa disse...

achas que já há GPS com as coordenadas de lá?

@na disse...

nãããã....

teresa disse...

Saaaaanto, não és tu que és dado às novas tecnologias? Importas-te de nos desenrascar isto?

ar condicionado disse...

Quem diria?

@na disse...

vais continuar no condicional?

teresa disse...

olha pode ser que no novo acordo ortografico tenham metido um presente mais que perfeito que do pretérito já estamos cansados...

Comendador Antunes de Burnay disse...

@na, você não me parece mulher de "ses"...

@na disse...

e o comendador parece-me um homem muito astuto...

@na disse...

11

ar disse...

Não. Mas vou continuar condicionado.

@na disse...

ahahahahahah

O Santo disse...

passa ao presente... mto simples. ajuda?

Gabs disse...

O presente do condicional.
Olha, bom título para post.

teresa disse...

Agora é só preciso arranjares um post para o título.

Gabs disse...

A minha cabecinha anda muito leve.
Estou sem os miúdos e não encontro a ... dos .... que escondi tão bem.