TGV (ou colocar títulos a pensar nos googladores)


Um passageiro do comboio de alta velocidade francês precisou da ajuda dos bombeiros para conseguir tirar o braço da sanita, depois de ter tentado recuperar o telemóvel que lá tinha caído

(...) Detectado o incidente, o comboio teve que parar duas horas até que uma equipa dos bombeiros conseguisse ajudar o passageiro.

O homem acabou por sair do comboio com a loiça da sanita ainda presa à volta do braço, tendo esta sido quebrada mais tarde.

Ocorre-me dizer:

1. Já proibiram de fumar nos wc's agora só falta proibirem o uso de telemóvel, depois privatizam as casas de banho (isto em brasileiro deve ser pleonasmo, privatizar a privada!!!) e enriqueciam mais meia dúzia à conta dos totós.

2. Duas Horas?????? Não é suposto a viagem de TGV ser rápida???

3. Trabalho de bombeiro às vezes é mesmo trabalho de merda.

4. Meninos!!! Para partir a sanita era preciso duas horas do comboio parado e um corpo de bombeiros? Cá era um vê-se-te-avias...

6 comentários:

shark disse...

Comigo tás feita, são quatro IPs diferentes...
:)

teresa disse...

quatro? não eram dois e um não usavas?

@na disse...

são as buscas, shark, as buscas...

@na disse...

Teresa... pormenores, lá estás tu...

shark disse...

Não me buscas, é isso?
Pronto, amuei.

ardiloso disse...

buscas? com GPS vais la direitinha..