Podemos estar à rasquinha mas o tesos também conta.

Parece que a taxa de natalidade voltou a subir este ano e até Setembro já nasceram mais 2100 bebés que em 2007. Ana Fernandes, demógrafa, explica que é o efeito conjuntural. Diz ela que andámos a atrasar o mais possível e chega-se a uma altura em que não é possível atrasar mais e portanto temos nascimentos que foram uma acumulação de contenção até certa idade.
Tem piada, eu quando via gente na rua ou no meio do supermercado a torcer-se toda e com a mão no meio das perninhas cruzadas achava que estavam à rasca, sim, mas que qualquer casa de banho resolvia essa aflição. Este é o grande problema dos amadores que tiram conclusões perfeitamente despropositadas e que podem levar a enganos sérios. Olhem se eu, cheia de espirito cristão e boa vontade (vontade parece-me apropriado aqui), me tinha discretamente aproximado de algum para indicar o WC mais próximo e acabava com uma criancinha nos braços? (esta história, agora que se fala nisso, é-me vagamente familiar,...)
A teoria até me parece razoável, que aflição é aflição e chega-se a um ponto que não se aguenta mais, mas a senhora ali de cima esqueceu-se que a crise também ajuda. Como se sabe o dinheiro não sobra e se não há para pagar a televisão por cabo e a internet é preciso arranjar alternativas para o serão, não é?

7 comentários:

O Santo disse...

"estar à rasquinha mas o tesos..." pelo post percebi que era a mesma coisa, vou reler...

O Pinoka disse...

E actualmente com a programação da televisão, mesmo que para aqui sobre dinheiro o melhor é ir dar uma contribuiçãozinha.
Beijocas

O Santo disse...

isso ja me soa a desculpas..

shark disse...

Mas isto é uma gaita. Se anda tudo teso eu deixo de dar nas vistas...

teresa disse...

e costumavas dar?

Santo, queres um desenho?

Ao Pinoka não preciso de responder que deve estar a contribuir

shark disse...

Costumava. Embora só aos olhos experimentados das verdadeiras apreciadoras.

Gabs disse...

Jasus, mas há aí muita miudagem para adopção, tenho dois ou três casais amigos que adoptaram logo dois irmãos de uma vez...e eu toda perspicaz disse a um que ele era a cara dele...mas ele gostou....

Andam a adiar ter filhos e depois é que querem. Bem, o meu último tb tinha 35...(até parece que tenho 6)