momento National Geographic

Para quem não sabe (e acha que é uma grande proeza conseguir tocar com a língua no nariz) as amigas girafas conseguem lamber as próprias orelhas!

26 comentários:

shark disse...

Eu acho que não é de bom tom meter-me a comentar um post acerca do que sou capaz de lamber...

teresa disse...

eu também sou capaz de lamber as próprias orelhas...

shark disse...

Mas desde que envolva chocolate, por exemplo, tenho uma língua capaz das maiores proezas.
Pronto e com esta vou mesmo prá caminha...

teresa disse...

precisas de chocolate para as proezas?

gaija do norte disse...

isto é muito ca noijo! lamber as orelhas? naaaa

teresa disse...

nojenta!...

gaija do norte disse...

as minhas orelhas não!

teresa disse...

eu acho que não posso comentar isto... não devo... sai asneira de certeza...

(não gostas de quê? ai balha-me Deus...)

gaija do norte disse...

eu disse-te de viva voz como era, e escrevi da forma mais soft que consegui! não tenho culpa de não gostar de tudo!!!

teresa disse...

mas nós estávamos a falar do bunnyhouse, aquela coisa da sic, não era de orelhas...

gaija do norte disse...

pois, estavamos a falar de pés, não era???

teresa disse...

E de pó de talco...

gaija do norte disse...

e fraldas!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

são tão giras, que delícia

sabem que elas fazem pose para a fotografia? Fazem mesmo que eu vi, no Krueger park, vi três com as cabeças muito juntinhas a olharem para o turista fotógrafo e não se mexiam até ele acabar a foto

também lá andei a catrapiscar uma (não reparei se era menina ou menino, elas para mim são todas meninas e não me lembro disso) mas ficámos os dois tímidos às voltas a assobiar para as árvores

mas também o bicho é tão grande

Anônimo disse...

e a trotarem são magníficas

shark disse...

E não há emoção como vê-las ao longe, na savana, recortadas no horizonte como dinossauros.
É inesquecível.

teresa disse...

Gosto das pestanas das girafas. Tal como elas, são enormes.

Carlos Gil disse...

não tem a ver com girafas ou o tamanho das suas línguas. penas um característica dos canguros que acho que é singular: tem dois pénis (não sei é se é para dias pares/ímpares, ou um de uso corrente e outro 'traje domingueiro). li-o num livro de receitas: "5000 anos de cozinha afrodisíaca", da ASA se não erro.

@na disse...

espero que esses saibam para que serve o segundo, os tubarões também têm dois mas ninguém sabe para que serve o outro

shark disse...

ahahahahaha

Anônimo disse...

acho muito prático ter um sobresselente, mas melhor ainda é ter um que não falha, o que modéstia à parte é o caso

Anônimo disse...

o kpk é o de cima

teresa disse...

ahahahahahah...

muito bom, z.

shark disse...

Ah ganda Z! Que nunca te falte a forza na verga.

teresa disse...

(ou não lhe falta mesmo ou também tem muito astrolábio como um tubarão que conheço. Como é que era aquela do ficarem a ver estrelas?)

Anônimo disse...

não falemos então do Marylin Manson...