London Calling

acordei cedo porque tinha prometido que entregava a proposta ainda ontem à noite e não consegui. faltou tempo e paciência para ficar a trabalhar até mais tarde e enrolado no sofá deixei o tempo passar sem conseguir a energia de reler o que já estava quase pronto. mas hoje teve de ser, assumi, tinha de entregar. e lá foi mais uma esperança num projecto que até me atrai muito, mas que por si só já não altera o ritmo cardíaco. fosse há uns meses e a luta teria sido outra, outra a esperança, outra a vontade de batalhar para ter mais um grande cliente na lista.
por sorte o dia hoje nasceu com sol e isso ajuda. a mim ajuda muito porque a disposição matinal segue de muito perto o ritmo das nuvens e dos pingos de água ou dos reflexos do sol no edifício de vidro lá ao fundo. e o rio azul e a sua chegada ao mar calma e bela.
acabei por preguiçar de mais e lá chego de novo tarde ao local de trabalho, e ainda não bebi café. olho para a lista do "to do" e dá algum dó, ainda isto tudo? e antes de conseguir parar para o que quer que fosse já o telefone tocava. e....
e passou a manha. entre os mails que vão chegando e vão saindo e os textos que vão ficando prontos para enviar e as tabelas de investimento e valores e descontos e instalação e prazos e.... o sol continua, e desta vez a esperança também porque o improvável Nick ligou.

12 comentários:

Gabs disse...

Trabalhas tanto...assim até me canso, só de te ouvir. Mas amanhã já me arranjaram que fazer, centro de saúde, mãe, Olivais, idosos às resmas e falta de cadeiras...

O Santo disse...

tchiii, até me cansei. prefiro a London calling, bigado

Gabs disse...

Afinal não fui, a mãe já se sentia melhor, ficou a dormir, e eu fui passear ao sol com amigas. Que trabalheira.

O Santo disse...

sim, preciso de ajuda obrigado...

teresa disse...

mas não são os santos que costumam ajudar? Pelo menos nas descidas...

Gabs disse...

Ajudo pois, é só chamares.
Mas eu sou free-lancer, falo inglês com o teu Nick se quiseres.
Não me responsabilizzo é pelo meu inglês técnico.

teresa disse...

Inglês técnico? O Nick é o roommate da brasileira... Precisas de inglês técnico mas não é a técnica que estás a pensar...

Gabs disse...

O santo tem negócios com o room mate da brasileira ? Ninguém me conta nada.

teresa disse...

Como achas que ele a conheceu?

Gabs disse...

Pensei que fosse uma empregada de café, que ele conheceu.

ardiloso disse...

Que mazinhas, santo so pode conhecer freiras :)

teresa disse...

ardiloso, o hábito não faz o santo... (ou será o santo que não faz o hábito?)