A incrível odisseia do meu cartão de passageiro frequente

Eu teria gostado de vir aqui dizer que a Igreja faz a coisa certa, que não se poderia esperar outra coisa que não fosse a Igreja não aceitar o casamento homosexual, que gosto que se definam os campos, que cada vez menos aprecio as meias tintas e os bem-pensantes, que a Igreja só tem a ganhar com a definição de campos, que as zonas cinzentas me aborrecem.

Teria gostado de dar réplica à Jovem Senhora do Norte e dizer-lhe que, não havendo gajos perfeitos, conheço uma quantidade razoável de homens que cumprem os requisitos, que os homens não perderam a capacidade de seduzir, de ouvir, de fazer bem.

Também teria gostado de vir aqui no dia dos 200 anos do Darwin, tinha um post na cabeça sobre a minha visão da evolução de um certo e determinado género, partilharia a minha visão de como as mulheres evoluiram nos últimos vinte e cinco anos, havia até um parágrafo dedicado à zona da anatomia feminina que mais evoluiu nos últimos anos (é comparar o "Garganta Funda" com este último "Enfermeiras em Brasa"...).

Teria também gostado muito de vir aqui falar das minhas reservas em voar na Spanair numa sexta feira treze.

Teria gostado muito, mas é preciso alguém que dê razão ao Galileu e faça o mundo girar.

6 comentários:

Anônimo disse...

estou perfeitamente de acordo que se definam campos, também não gosto de meias-tintas e acho que não deve haver sigilo bancário, concorda comendador?

Anônimo disse...

ah, z

Visconde de Vila do Conde disse...

Concordo em absoluto, t.

teresa disse...

Han?

Visconde de Vila do Conde disse...

Han?...

O Santo disse...

Heyn??...