Dez coisas que você precisa de saber se me enviar um CV (e não, não falo de enormes seios...)

Por certas e determinadas razões que agora não cabe aqui explicitar, parte dos meus dias é passada a analisar curriculum vitae. E eu, que sou um tipo preocupado com o bem-estar do próximo, principalmente se o próximo tiver uma ínfima probabilidade de vir a alcançar a ambição de uma vida, o culminar de uma carreira, que é vir trabalhar comigo, quero dar aqui algumas informações importantes que, parecendo que não, são capazes de ser de considerar:

1. Não vale a pena colocar o número da carta de condução, nem mesmo o número de contribuinte. Podia ser um dos meus critérios de selecção dizer ao Horácio Inácio qualquer coisa como “Olha este número de carta de condução de motociclos, o 9873461, que engraçado, adoro números que acabam em um, vamos seleccionar este”. Mas não é.

2. Não se esqueçam de actualizar a data de candidatura. Candidatura recebida hoje, mas com data de 24 de Setembro de 2004 é liminarmente recusada, a não ser que fotografia na primeira página justifique uma segunda oportunidade.

3. Não me digam que fizeram um curso de Cobol avançado em 1992. Nem sei o que é Cobol mas deve ser coisa anterior a 2007, ou seja, está fora do prazo.

4. Não coloquem a nota final de curso, principalmente se for superior a dez valores. Detesto sentir complexos de inferioridade.

5. Não me escrevam que a situação militar está “resolvida”. A única coisa que quero que esteja “resolvida” é a vossa cabeça. Já não é pouco.

6. Saibam que a primeira coisa que leio são os interesses fora do trabalho. Escalada, xadrez e esqui serão hipervalorizados. Fazer parte do rancho folclórico ou ser vogal da junta de freguesia tem pontos negativos. Assumir publicamente a administração do condomínio é eliminatório.

7. Não preciso de saber a vossa filiação. Nem o local onde foi emitido o Bilhete de Identidade nem (pasme-se!) o dia em que foi emitido. Eu sei que é estranho não querer saber onde foi emitido o BI, mas eu sou um tipo excêntrico, perguntem a quem quiserem.

8. Não me apareçam suados, nem a cheirar mal nem a mascar pastilha elástica na entrevista. Até porque não haverá entrevista.

9. Apertem-me a mão com firmeza. E, muito importante, olhem-me nos olhos.

10. Repitam comigo: “Duas páginas”. Nem uma, nem três. Duas. Mesmo o meu curriculum vitae (que é o que é…) não tem mais de duas páginas e em letras grandes.

31 comentários:

teresa disse...

Ser Cabra de Serviço poderá ser um interesse a valorizar?

mjf disse...

Olá!
Se algum dia tiver que te enviar um curriculum, terei em conta os desejos do destinatário ;=)

Beijocas

Visconde de Vila do Conde disse...

Teresa, nenhum Cabra de Serviço aguentaria trabalhar comigo mais de duas horas.

(já suportarem-me no blog é o que é...)

Visconde de Vila do Conde disse...

mjf, não me dê ideias...

teresa disse...

Em linguagem futubolistica chama-se a isto chutar para canto, Visconde!

escarlate.due disse...

ahahahahah
tenho mesmo de agradecer a gargalhada que me provocou :)

é que eu vejo esse filme inúmeras vezes e acho que finalmente arranjei uma listagem de conselhos para distribuir

Anônimo disse...

Por acaso preciso mesmo de fazer um CV. Vou ter em atenção as suas recomendações :)Joaninha

Anônimo disse...

Gostava de saber porque é que eu como "Joaninha" não consigoi enviar comentários para o Cabra de Serviço?

gaija do norte disse...

apertem-me a mão com firmeza mas antes certifiquem-se que está SECA!!!

(e o beijo na bochecha transpirada? nem morta!)

teresa disse...

joaninha, não sabemos o que se passa mas se escreveres o teu nome e deres um espaço na caixa que diz URL já consegues

Joaninha disse...

Obrigada Teresa!

teresa disse...

De nada.

Loira disse...

Credo, cumpro todos os pontos enumerados e ainda assim ando à procura de emprego há coisa de 8 meses e ainda não estou a trabalhar :s. Deve haver mais qualquer coisa... Se for de mamas quase todas de fora, serei contratada? Responde-me, por favor, que eu preciso mesmo de saber (é que na próxima entrevista vou mesmo :D).

Joaninha disse...

O Visconde tem 50 CV's, pega em 40 CV e atira-os directamente para o arquivo "redondo" o resto são os que conseguem uma entrevista ... :)

Gabs disse...

E costume mandar uma foto? Tem de ser nossa? De cara ou corpo inteiro?

CybeRider disse...

Isso só mostra como a nossa sociedade burocratizada e retrógrada influencia o que fazemos. Ao ponto de nem se pensar se esses "apetrechos" fazem falta. Bem... se o CV for para um lugar na função pública se calhar fazem... Não sei se todos os empregadores irão por aí. Já admiti um que nem CV trazia e que ma caiu de pára-quedas na entrevista com o cartão do centro de emprego, sem marcação nem nada. Está cá há dois anos... Foi o melhor do conjunto apesar dos mas... A escolha não é só nossa. Muitas vezes temos que nos cingir ao que a maré nos traz. Penso eu de que...

Anônimo disse...

pois a maré trouxe-me o gato que se zangou com a garina que lhe ficou com o telemóvel,

agora que eu já não pensava no gato ele gatou, Deus troca-me sempre as voltas e acaba sempre por dizer que eu é que tinha pedido, e tem razão,

por falar nisso tenho de actualizar o cv,

alguém faz alguma idéia porque é que o tribunal administrativo demora 4 anos para dizer se um contrato está ou não está automaticamente renovado um ano após ter passado o prazo de denúncia?

despedimentos políticos é uma chatice, excepto pela parte dos gatos,

escalada também gosto,

Anônimo disse...

pensava que estavas de férias à volta do mundo gaija,

bem vou xonar,

xonex gatatum est

calamity jane disse...

Gaija, não acredito q já fosta para a volta ao mundo e basaste sem mim!!!

gaija do norte disse...

não fui, cj, mas amanhã vou apanhar uma boleia e vai ser cá uma volta...

gaija do norte disse...

não estou, z, mas tenho andado distraída. um gato... sei que me percebes :)

Vekiki disse...

Bem, já anotei tudo! Já agora,a que é que me posso candidatar? Um part-time nesta minha profissão de Mãe vinha mesmo a calhar!

aqui há gato... disse...

Miau.

teresa disse...

Cabra!
Nós para aqui a falarmos de CV e trabalho e coisas sérias assim e tu com um gato.

Gabs disse...

Pois é, o CV. O meu tem duas páginas, foto passe, não tem números, nos interesses é desporto e net e também não passa na selecção. Deve ser da idade, que é o único número e é mais de 35...

Anônimo disse...

ui, tenho de pensar que tenho ali uma família toda, tenho de ter muito juízo, nada de palermices -> lavar roupa

O Santo disse...

Loira... podemos marcar umas 5 entevistas? quando puderes diz

Anônimo disse...

e eu dou-te uma mordidinha na orelha, gato giro

O Santo disse...

ui...

Mike Tyson?

Mad disse...

LOL! Até que enfim alguém põe isto por escrito!

teresa disse...

Mad, acho que o Visconde não te vai responder tão cedo, mas como já apresentou a justificação para a falta (e me deixou roida de inveja...) cumpre-me a mim dizer-te que também eu achei o mesmo que tu.
No entanto já pedi para que seja escrito também o que deve constar num curriculum, porque como podes ver nos comentários supra, e por incrivel que pareça, ser cabra de serviço não é valorizado!