Mania da Idade








So what?
I'm still a rock star
I got my rock moves
And i don't need you
And guess what
I'm having more fun
And now that we're done
I'm gonna show you tonight
I'm alright,I'm just fine
And you're a fool.

Pink

Sempre que ouço isto no carro ponho mais alto e abro a janela... Mas porque é que só me levam a discotecas "para a minha idade" com músicas dos anos 80/90 e brasileiradas, ou espanholadas?
Há aí discotecas em Lisboa que nem vale a pena entrar, nem deixam, pessoas com mais de 35 (podem ser pais de alguém que lá esteja) mas essas também dispenso.
As pessoas com mais de 35, escusam de pensar que parecem menos, porque não parecem. E não tem mal nenhum parecerem. Se têm 50 e lhes apetece andarem de cabelos compridos loiros, ar hippie e calças dentro das botas, andem, mas não pensem que passam por irmãs das filhas, que andam de cabelos compridos, mas calças e sapatos de ténis (all star ou timberland, ou nike) e nunca calçariam botas de salto... E se me apetecer andar de mini evasé ando e blusão, mas não é para parecer mais nova, é porque gosto. Desde que cortei o cabelo ando a embirrar com as quarentonas ruivas de cabelos compridos lisos e franja para o lado. É só cá, nos outros países já se anda de cabelo curto espetado de todas as idades. E quero parecer tudo menos a M.M.Guedes.
Embora outrora fosse a minha ambição...

34 comentários:

Visconde de Vila do Conde disse...

Gabs, acredite no que lhe digo, as discotecas para under-35 não têm interesse nenhum...

Gabs disse...

Imagino...
Mas música que eu goste, é onde?
Excluir salsa, etc, revivalismos...

calamity jane disse...

Experimenta o Music Box.
(não concordo nada com essa história de mais de 35 não parecerem menos. eu tenho mais de 35 e pareço 34! ;-)

escarlate.due disse...

já fui a uma disco acompanhada do meu mp3...
ok ok não bato bem, já sei, mas que é uma solução, é!

escarlate.due disse...

ter mais de 35 é muito bom! eu adorei quando finalmente depois dos 30 deixaram de me pedir o BI, irra que nunca percebi se me estavam a elogiar ou ofender

shark disse...

Ir a uma discoteca com um mp3???
(Bom, eu já fui duas vezes com uma namorada...)

escarlate.due disse...

lol
isso é muito mais bizarro Shark

shark disse...

Eu sei, e fico embaraçado com esta confissão pública, mas não podia deixar-te fazer má figura.
Olha, os amigos são para as ocasiões...

Gabs disse...

Music Box, onde é ?
O BA e Jamaica e Indochina já desisti...

calamity jane disse...

Bom, vocês são muito boas pessoas mas (ainda) não me pagam para isto e tenho uma família para sustentar. Chamem-me quando a chefa do tasco resolver revelar a verdade da mentira. Ou quando a gaija publicar as mentirinhas dela. Ou seja, chamem-me para coisas REALMENTE IMPORTANTES

calamity jane disse...

Está no lugar do antigo Texas. Se sabes onde é o Jamaica - tb desisti... - saberás onde fica...

calamity jane disse...

Agora é a sério. Eu sou o elo mais fraco. Adeus.

escarlate.due disse...

estás a dizer que eu tenho má figura????? um mulherão como eu????!!!!

gaija do norte disse...

só uma vez aldrabei a idade que tenho e foi por uma boa causa, mas não imaginas o gozo (e a trabalheira) que deu! sempre que quero ir a discotecas, vou. nunca me barraram a entrada em nenhuma nem sei porque o fariam. deve ser este cheiro a enchidos e broa que carregamos. tolda-nos uns aos outros (ou será do naboeiro???)

shark disse...

Não disse que "tens" má figura, ó (pelos vistos) boazona.
Disse apenas que não queria que pudesses fazer má figura por causa de seres capaz de levar bananas para a madeira ou frigoríficos para os esquimós...

Gabs disse...

Acho que vou lá. Deve ser o único sítio onde nunca fui sózinha. Bares e discotecas. Já sei levo o Ipod.

Gabs disse...

Pois é, Calamity Jane e Gaija, estamos aqui a encher chouriços à espera das crónicas importantes, das verdades e mentiras, das grandes revelações...

Gabs disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
teresa disse...

Não parece que têm menos?? Ora, eu garanto que não me quixo. E sim, uso toda a espécie de mini saias.

O Santo disse...

eu minisaias nao uso mas tb nao tenho problemas de idd. mas o tio... que mal teem as discotecas under 35???

O Santo disse...

ah... e axo k mal olham percebem logo que nao sou pai de ninguem que esteja la dentro

teresa disse...

Tens a certeza, Santo?

(Bem, eu acho que se a gaijinha mais nova fosse a uma disco comigo também não iriam dizer que era minha filha...)

Gabs disse...

Acho essa ilusão típica das pessoas com mais de 35...
Eu tinha 23 e achava as pessoas de 30 umas velhas...
E que mal tem ter 40? Neste momento é o grupo demografico mais vasto do país, fiquem sabendo.

teresa disse...

Eu não acho que tenha mal, sempre gostei da idade que tinha. E tu não tens 40, que eu saiba. Acho até que és só três meses e quatorze dias mais nova que eu portanto é só fazeres as contas...

gaija do norte disse...

(óbalhamedeus...)

teresa disse...

(não sabias?)

gaija do norte disse...

(sabia...)

Gabs disse...

Eu tenho a idade no perfil...
Claro que eu sou a excepção à regra, quando chego ao portão da escola há sempre um espertinho a gritar "está aqui a tua irmã...Com a minha idade a maior parte dos Nehendertais já tinha morrido.
E às vezes pareço, ao pé dos filhos.

teresa disse...

A nossa idade.
E sim, quando tinha 18 anos um gajo de 30 era velho, mas agora acho que é pouco diferente. Pelo menos os meus amigos não achavam a minha mãe maluca e não lhe telefonavam a fazer confidências.

Gabs disse...

Ah, eu acho a tua mãe maluca e adoro fazer-lhe confidências!

(assustei-te , hem?)

teresa disse...

É que ainda estou para aqui a tremer...

Gabs disse...

A M.M.Guedes tem mais dez anos que nós. Achas que parece nossa irmã?

teresa disse...

Mais 10 anos? Acho que não. Mas com a MMG não há comparação possível...

Gabs disse...

Li numa biografia aqui que nasceu em 53 e noutra em 57...
A Júlia Pinheiro tem mais um ano.

Quando digo 40, digo década...

Bem, mas antes era só malta nas esplanadas, de tarde, motas. Agora para os ver é preciso ir buscar às escolas ou sair à noite. Não que EU os queira ver, mas parecem ter desaparecido.