Dívidas existenciais

Hoje recebi seis cartas dos vários bancos pelos quais distribuo (faço girar) as migalhas que mal dão para disfarçar o óbvio.

2 comentários:

teresa disse...

Papáste-me... Ontem topei a potencialidade deste título e pu-lo de reserva.

calamity jane disse...

eu passei a minha sexta-feira à noite a descobrir no site das finanças que uma coisa são dívidas fiscais, outra são infracções fiscais. E eu, q sou novata nestas coisas, até porque em 10 anos de precariado nunca antes atingira o limite - considerável - de 10 mil aéreos por ano (!!!), e só em 2008 passei a cobrar IVA, consegui, apesar de ter pago e declarado 3 trimestres - 3!!! acumular umas e outras (dívidas e infracções, coisas deveras distintas) num total de 4! Uau! Foram pouco (pouquíssimo, mesmo!) menos que 300 aéreos. E ainda fiquei a saber que sou negligente e reincidente. Uma caloteira, é o que sou.

(eh pá, pronto, já me estiquei de novo...)