Mais uma achega do antropólogo sobre a educação

Em todo o mundo, do Nepal à Nova Guiné e à Nicarágua, é normal as crianças pequenas terem responsabilidades. São normalmente vigiadas pelos adultos ( e não negligenciadas, como acontece com muitas crianças dos países ocidentais ricos), mas têm um rol de tarefas diárias, que levam a cabo alegremente e com orgulho evidente. Naturalmente também têm tempo para brincar. O resultado desta infância envolvida no trabalho é que a transição para a idade adulta se faz progressiva e facilmente. De onde tirámos a ideia de que a infância é uma "antecâmara" onde se espera que a vida real comece?

Pergunta: Estas crianças vão à escola? Trazem trabalhos de casa para fazer todos os dias?

E como estará por lá o tempo? Quentinho? Praia?

12 comentários:

Anônimo disse...

lá em Timor é uma delícia, vão à escola todos fardadinhos a cantar, ou a brincar, mas arrumadinhos na estrada

e os velhotes também estão bem integrados nas aldeias

agora é verdade que vai que não vai ouve-se histórias pesadas de violência doméstica, mas é nas cidades

estive pouco em bairros periféricos das cidades

Anônimo disse...

(contra a d. tropical é água engarrafada ou se não houver fervida com um chá)

mas o calor é tramado

Anônimo disse...

poça, já não me lembrabva disto,

http://www.youtube.com/watch?v=SM3HO6cLF44

Anônimo disse...

que bonito, obrigado deuses por me fazerem viver o suficiente para ver estas coisas acontecerem,

bem hajam os envolvidos, Sónia Pessoa

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=119032

Visconde de Vila do Conde disse...

Gabs, este tema interessa-me verdadeiramente. Quer partilhar comigo onde está esta informação que você generosamente aqui vai postando?

teresa disse...

Gabs, cuidado. Olha que o Visconde a seguir pede-te para partilhares a mesa, e depois a cadeira e depois nunca mais páras de partilhar...

Gabs disse...

Sim Visconde, a Teresa já está a tratar disso, eu só tenho as fotocópias de alguns textos, e a professora não escreveu o nome do autor, aliás, nenhuns dados.

Gabs disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
teresa disse...

Estava. Não aparece no Google. Tens de traduzir o texto e fazer a pesquisa em inglês mas isso dá-me muito trabalho...

Gabs disse...

Ah. Ok. Deve ser um americano, dá uns exemplos, com uns Jimmys e Janes.

gaija do norte disse...

desculpa, mas não percebi qual é a admiração. o meu filho sempre teve responsabilidades, tarefas que sabia serem suas, como por exemplo, arrumar o quarto. desde pequenino!

(o conceito dele varia bastante do meu, mas aos poucos a coisa vai lá!)

Gabs disse...

Sim, claro e arrumar os brinquedos e tudo...