(Faço tanta faltinha a esta malta...)

Nem é a mim que compete proceder à análise da “enquete” ali da barra lateral, mas ninguém se chega à frente e aquilo incomoda-me na verdade que escarrapacha nas paredes deste blogue.
É que não sei se repararam mas há várias leituras possíveis e nenhuma é susceptível de tranquilizar o tubarão quanto à saúde na vida da malta que nos acompanha aqui.
Vamos por partes.

A parte mais complicada: mesmo com uma vantagem mínima, o resultado final do inquérito diz-nos que há mais pessoas disponíveis para abdicar de quinze dias de sexo do que privar-se de net ao longo do mesmo período.
Malta, pá, eu sei que o Cabra é indispensável para a vossa felicidade, isto é mesmo um consolo para a alma e mais não sei o quê. Mas quinze dias sem sexo? Quinze! E por opção voluntária? Por escolha de mal menor?

A minha leitura é contraditória. Se, por um lado, fico optimista por constatar que ainda há mercado para o meu magnífico desempenho sexual (que alteraria de forma significativa o sentido de voto num dos grupos em causa), por outro lado fico desalentado por saber que ou os meus homólogos não andam a cumprir o seu papel ou as moças que nos lêem perderam o norte ao melhor que a vida tem.
E inclino-me para a primeira hipótese. Porquê? Porque no lado masculino da questão a vitória do sexo foi tangencial e isso constitui para mim uma surpresa.
Estão a flipar ou quê? Sexo, malta! Lembram-se do que é?

Assim sendo, e dada a gravidade dos factos que esta pequena sondagem revela, julgo que se torna urgente reavivar no pessoal a memória do que é o sexo a sério. Não a queca para cumprir calendário, embora mesmo essa bata aos pontos nem que seja um post extraordinário do tubarão, mas a sessão de sexo como deve ser. E esta não deixa margem de manobra para hesitações na escolha, quinze horas passadas já a pessoa chora por mais.
Quinze dias? É uma eternidade sem sentirmos a sensação maravilhosa de felicidade e realização pessoal subsequente a um momento intenso de sexo!

Das duas uma: ou nunca desbundaram a experiência que afloro no parágrafo anterior ou já passou tanto tempo desde a última vez que mais vale doarem o corpo à medicina pois vai estar como novo quando deixar de fazer falta…

E agora fico numa aflição, pois sou um gaijo muito prestável e assim de repente não me ocorrem muitas ideias para contribuir para resolver o que entendo como um problema.

Alguém pode ajudar-me com sugestões ou assim?

51 comentários:

gaija do norte disse...

Tubarão, querido peixão, o teu desalento não me espanta! Eu pensava que o tempo das mulheres que não gostavam da coisa já se tinha ido, mas afinal não! Das duas uma, ou nunca provaram o que é bom e por este andar vão morrer na ignorância, ou só tiveram experiências desastrosas, daquelas em que uma dor de cabeça serve de justificação para se esquivarem do melhor que a vida nos pode dar. Não deixo de reparar que do lado masculino as coisas não tomam um rumo melhor, o que me preocupa. Sem eles (para mim), nada feito…

shark disse...

Tás a ver a minha angústia, não tás?
Uma pessoa não consegue alhear-se do drama que isto representa...
A mim estas coisas tocam-me imenso.
(Ou deviam, a ver se mudam de opinião)
:-)

Visconde de Vila do Conde disse...

Sábia análise, Shark, apenas a confirmar que são muitos anos a virar frangos. E, agora posso, dizê-lo, dos seis votos "sem net" masculinos, cinco foram meus, a partir de diferentes ligações, evidentemente, que não gosto de batotas. Estando certo que o sexto voto foi do meu caro, estamos conversados...

shark disse...

Pois é. Temos que aceitar os factos e fazer as nossas escolhas mais acertadas.
(Estou a falar delas, naturalmente)

gaija do norte disse...

(o conformismo é por causa da chuva?)

shark disse...

Conformismo???
Eu estou a tentar remar contra a maré!

gaija do norte disse...

"Temos que aceitar os factos...", não me parece que seja remar contra a maré!

shark disse...

Os factos são que é preciso fazer as escolhas acertadas (cof cof) para poder dar o valor ao que verdadeiramente interessa (cof cof).
Tu devias saber isso, pois votaste bem (aposto!).
:-)

shark disse...

(E tu não acreditas que eu seja conformista, pois não?)

gaija do norte disse...

(não, daí o meu espanto!)

gaija do norte disse...

estou mesmo desconsolada com este resultado! deviamos colocar o caso à deco pois estão em causa os direitos de (espero) muitos consumidores!

shark disse...

Eu também acho!
(E já agora talvez convenha darmos bons exemplos à malta e assim...)
:-)

gaija do norte disse...

(e indicar a escolha acertada, o melhor do teste, e assim...)

shark disse...

(A escolha acertada em termos de procedimento. Nada de nomes e tal...)

gaija do norte disse...

(nomes? julgas que não faço mais nada na vida???)

sem-se-ver disse...

anda tudo ou quê.

shark disse...

Ou quê.
:-)

Anônimo disse...

(isto agora é de chuva e é melhor não pensar nessas coisas, pelo menos eu, melhores tempos virão, espera-se)

gaija do norte disse...

Ja cá venho, Tubarao, que estou tao bem onde estou....

shark disse...

Ah é?
Então também gostava de estar nesse sítio...

gaija do norte disse...

(aquele comt lá de cima não é meu!)

shark disse...

O quê, afinal havia outra?
Perfeito, perfeito, só mesmo duas como tu...

shark disse...

(Mais perfeito, quero eu dizer.)

shark disse...

(E olha que não faço a mínima ideia de quem seja a outra gaija no norte, a impostora...)

teresa disse...

era eu... perdida no nuorte....

gaija do norte disse...

era mesmo uma impostora!

era milagre a mais, duas como eu, diz lá...

Anônimo disse...

(portanto agora é não esquecer que o norte é o infinito e assim a pessoa já não se perde; solha frita com arroz de cenoura)

Anônimo disse...

(portanto agora é não esquecer que o norte é o infinito e assim a pessoa já não se perde; solha frita com arroz de cenoura)

shark disse...

Perdida? Estás em boas mãos, Chefa.

Anônimo disse...

(oh diabos isto agora sai dois com um só toque!)

shark disse...

Claro que era. Milagre e daqueles de proporção bíblica.

Anônimo disse...

(ando entre parentesis porque estou de luto do Douglas, gatão)

Anônimo disse...

(divirtam-se então eu vou ter com ele a Morfeu)

gaija do norte disse...

vai comer lá fora, z! a esta hora???

nós estamos a pensar... vamos comer? vamos beber?

(já sei, shark, ainda me aleijo...)

Gabs disse...

Olá, malta. Quanto a mim a essa hora já estava na minha cama, em minha casa, sozinha. Assim, não posso com sinceridade, votar no sexo em vez da net... mas depois de um big wedding, e de por meu mal ter deixado o meu amigo guiar, consegui encostar aos rails da auto estrada e regar (ainda mais) o campo... Melhor, são menos calorias e hoje acordei, como sempre, bem disposta! E cedo...

Anônimo disse...

já que fui vetado na minha cúspide noutro dia, não desisto e vou mandar com uma caustica, é um nome técnico, mas o objectivo continua a ser chegar à andorinha, a ver se endromino os deuses para puxar o Verão mais para cá

gaija do norte disse...

isso bem endrominado :)

Anônimo disse...

mandaste isso com uma kpk tão certinha na hora que vou dar o meu melhor; só depois é que topei, isto de ficar com o amigo na cruz é bonito, mas só até ao fim do ano senão é cruz a mais para mim e para ele; tenho então de abrir a luz,

já viste aquele gatão giro que morreu, morreu porque não conseguiu encontrar o amigo, dizem as notícias, depois já estou a imaginar o que pode ter acontecido,

oh quem me dera ter podido ser o amigo e estar lá

mudando de assunto: bacalhau à Gomes de Sá

Anônimo disse...

bem, gato nada, e eu não quero perturbar, mas ao menos saiu-me um jegue, bom para xonar

Anônimo disse...

Depois de umas semanas ausente, volto a ler um excelente post do Shark. Que falta fazem homens assim.. que se preocupam com o mal da maioria dos homens que abdicam de sexo, mas não da net. Realmente uma preocupação.
Sem dúvida fazem falta homens que gostam de sexo e que sabem admirar uma mulher (sentados na Praça da República!!)

shark disse...

Ficaria melhor no boneco se assumisse a generosidade de me preocupar com os meus iguais, mas não consigo fingir que não me estou nas tintas para os problemas da concorrência... :)
É com elas que me preocupo, pois detesto conhecer-lhes o tipo de privações que as leva a responder desta forma que me entristece pelo que representa.
(Mas aceito que gosto de sexo, muito mesmo, e que toda a vida me deliciei a admirar as mulheres sensacionais que o destino - esse sim generoso - já me apresentou.)

shark disse...

Z, tens mesmo que deixar cair essa imagem foleira que te perturba.
Tu és um homem bonito por dentro e estas cenas feias só te prejudicam.
No Além ajustam-se todas as contas, irmão.

Anônimo disse...

Não me expliquei correctamente. Concordo que há muita mulher com falta de uma noite bem passada.Eh verdade, não sou o vosso anónimo. Sou uma anónima que gosta de ler a Cabra de Serviço e os posts do Shark

Gabs disse...

Ora bem, acho que isto devia ter Anónima, nós acabamos por pensar que é o Z (ele devia assinar,rsrsrs).

Anônimo disse...

nem percebo o que dizes Shark, eu tenho de partir pedra para os que vêm depois de mim, é isso que eu faço, num certo sentido ultrapassei a barreira do narcisismo, desde que o Sol brilhe ele é o meu amigo e eu olho-o de frente,

gaija do norte disse...

gabs, por favor entende, o z não tem que assinar! mesmo que apareçam 30 anónimos numa caixa, todos nós sabemos onde está o z!!!

teresa disse...

Bom dia... que dia é hoje?

(a única coisa que sei é que continua a chover, carago!)

gaija do norte disse...

não está de chuva nada! o céu está cinzento, mas é de tristeza porque ela nunca mais se põe na alheta!!!

teresa disse...

Palhaça!... és tu que não me deixas ir embora... queres ter mais uns momentos de civilizaçao!..

(e chove sim... chove que se farta.)

gaija do norte disse...

(agora chove porque o tempo está triste! muito triste...)

shark disse...

(Porque entristeceu ele, tadinho?)