Sabedoria popular.

Mário Nogueira diz que se há guerra com os professores de que José Sócrates afirma estar cansado a culpa é do Governo.

Pode ser, mas como dizia o Nereu, o meu amigo brasileiro de serviço, "Téreza, quando um não qué, dois não briga".

4 comentários:

Anônimo disse...

ehehe, a sabedoria brasuca é o máximo:

"Téreza, quando um não qué, dois não briga"

teresa disse...

Tu és o máximo...
(e sim, tenho tentado não me esquecer dessa sabedoria)

O Santo disse...

pois é, do brasil chegam algumas coisas giras. ponto.

gaija do norte disse...

(ponto, santo? que ponto?)