E continuando a falar de crianças.... Publicidade!

4 comentários:

Emiele disse...

Eu por acaso conhecia e quase que é pena o final (apesar de estar aí a graça...) porque podia ser usado em reuniões de pais, quando se fala em birras. Há um outro que eu uso nessas reuniões e tem bastante graça, passado com uma mãe que mal a menina inicia a birra faz ela uma enorme perante o espanto e susto da filha que vai logo pôr o pacote no sítio.

teresa disse...

Por acaso pensei que era assim que este ia acabar, mas confesso que acabei por dar uma enorme gargalhada no final...

Gabs disse...

Quem nunca têve um filho a fazer uma birra num espaço público que levante a mão... Eu gosto é da cara das outras pessoas, e das metediças que dão conselhos desde "ai se fôsse meu filho!" a " e a mãe nem liga!" quando a gente finge que nem o conhece....
Qual é a atitude certa? Acho que atirar-me ao chão a bater com os pés era o que me passava pela cabeça também...

(Ah, Tabasco, copa 36D, porquê? E 38 de calças, porquê? Há discriminação contra as fortes?)

sem-se-ver disse...

foi um dos que os meus 'putos' (trabalho de grupo de 11º ano) utilizaram para análise no contexto da retórica e argumentação :-))

adoro-os (o anúncio e principalmente os meus putos)