Às vezes é tão fácil ser feliz.

É sexta feira à noite. O Sérgio Godinho ouve-se pela casa toda, que vizinhos não temos. As crianças dançam na cozinha. A pasta com cogumelos frescos está a ser cozinhada. O copo de Loios tinto, que é festa mas não é de Duas Quintas ou Brunheda, está à mão de bebericar. O chantilly para os morangos está a sair decente, mais um bocadinho a bater e fica perfeito. O Sebastião dorme debaixo da mesa. O Goma está, como de costume, deitado à porta da sala. Lá fora a noite está quente e cheira a Primavera.
Aqui, agora, estamos felizes.

4 comentários:

Anônimo disse...

Só falta uma coisa: comunicar. Continuo à espera. Assim é uma felicidade egoísta. E isso é marca de perfume. Tájavér?
JCFrancisco

Anônimo disse...

O pessoal não aparece. Será que já tá tudo de férias da Páscoa? E a dona do Blog também? Que se passa?
JCFrancisco

SaltaPocinhas disse...

às vezes não sabemos dar o valor ao que realmente nos faz feliz!

felizmente eu também me contento com situações assim, e o sergio godinho também se costuma ouvir por toda a casa!!

susana disse...

é, às vezes é... e se calhar só não é sempre por culpa das hormonas.