Lux - Sociedade Recreativa e Cultural de Santa Apolónia

E a regra mais uma vez se confirma. Não há lei que não tenha um buraco. Ou mesmo vários buracos. E depois ainda se acha estranho como se dá a volta à lei. Não é preciso, que a maior parte das vezes as leis embrulham-se sozinhas nas voltas delas.
Não se pode fumar em discotecas? Lei do Tabaco? Isso era ontem, que a solução já aí está, limpinha, escorreita e técnicamente perfeita. Ainda por cima, absolutamente viável.

A transformação de um bar ou discoteca em associação cultural e recreativa sem fins lucrativos dá aos empresários a possibilidade de permitir fumar nos seus estabelecimentos, anunciou hoje a associação do sector.
Para isso, disse António Fonseca, presidente da Associação de Bares e Discotecas da Zona Histórica do Porto (ABZHP), "os empresários podem constituir uma associação sem fins lucrativos", uma espécie de clube.
"O clube será constituído pelo bar, onde será expressamente proibido fumar e que estará fisicamente separado dos restantes espaços, e pela sala de convívio, onde os sócios gozarão de total liberdade de acordo com o preceituado interno, respeitando os princípios da ordem pública, bons costumes, liberdade e auto-determinação pessoal dos sócios", anunciou.

Assim, todos os clientes de um bar ou discoteca que seja transformado em clube terão que ser sócios da casa.

"É como um espaço privado, em que é permitido fumar", sustentou.

O responsável considerou que "não é difícil criar este formato", aconselhando ainda os empresários a concessionarem os bares para que possam ter lucro.

Elementar, não é? E ainda por cima uma solução dois em um:

Um comentário:

Emiele disse...

É preciso é espírito criativo e desempoeirado.

Essa é espantosa! (para ser totalmente franca não me afecta nadinha, que nunca vou a esses sítios com os decibeis da música não dá para conversar que é o que gosto de fazer...) e para além de todas as vantagens 'fideliza' os clientes, dá menos jeito andar a saltar de sítio para sítio e vale mais apenas ir àquele de que já se é 'sócio'...