(Powered by Jameson)

O que fazia falta na minha vida era uma senhora igual àquela de ontem, a dos óculos de massa preta, a que estava a tomar conta do tempo que eu demorava a falar, essa mesmo, a do tailleur de bom corte que me olhava a meio da sala e me segredava para o auricular "Doutor Visconde, já ultrapassou o seu tempo, pode terminar, por favor".
Era bom tê-la a segredar-me ao ouvido, indicador em riste, a fazer-me sinais sempre que me estico mais que a conta, imagino-me a olhar para os anúncios de lingerie e lá estaria ela a segredar-me ao ouvido "Doutor Visconde, terminou o seu tempo, já se demorou os dois segundos regulamentares", ou então demorava-me um pouco mais a discutir se vou votar no Bettencourt ou no Pedro Souto e lá me aparecia ela, meio-sorriso, mas severa, "Doutor Visconde, terminou o seu tempo, já esgotou o seu plafond diário para conversa de lazer", ou então ela havia de me aparecer nos momentos de intimidade e, discreta, segredar-me-ía "Doutor Visconde, terminou o seu tempo, quarenta minutos de preliminares são mais que suficientes, importa-se de terminar e passar à fase seguinte, por favor?".

Se calhar o que eu precisava era de uma senhora igual áquela de ontem, a dos óculos de massa preta, a que estava a tomar conta do tempo que eu demorava a falar, essa mesmo, a do tailleur de bom corte, para dar ordem à minha vida.

12 comentários:

Mente Quase Perigosa disse...

Só se estiver necessitado de quem lhe tire a magia de viver, meu caro...

(da próxima vez que começar a achar que é disso que precisa, talvez seja melhor optar por Ballantines ou o outro que agora não me recordo mas que é muito apreciado por senhores distintos...)

calamity jane disse...

Que mal lhe pergunte, Caríssimo... quem vem a ser o Bettencourt (agora assim de repente só me lembro do músico de origem açoreana e do outor ex-vocalista dos Toranja)? E já agora, o Pedro Souto? (assim de repente não me lembro de rigorosamente ninguém...)
Bom, de qualquer forma, deixe-me que lhe deseje as melhores felicidades junto dessa senhora que lhe há de cronometrar as façanhas...
(00h19???? Não me diga que postou enquanto abóbora???)

tereza disse...

Visconde há muito que abandonei o meu papel de grilo falante mas por si posso dar um jeitinho...

calamity jane disse...

Tereza, não sabia que tinhas esse 'skill' no currículo. Já pensaste em substituir o meu paquiderme?

(e como vão essas pernocas hoje?)

Mente Quase Perigosa disse...

Bushmills!!!!!!!

Acho que até dormi mal a tentar lembrei-me do nome da bebida...

(e agora vou ali rir à gargalhada a imaginar a Tereza de perna entrapada e de muletas no ombro do Visconde a dar-lhe directrizes)

tereza disse...

ahahah... essa tinha piada, não tinha? mas fica sabendo que já não tenho a perna entrapada.

CJ, achas que um simples grilito te chega?

Bi disse...

Este post está... muito sei lá, bonito.

Não me faz falta nenhuma uma senhora dessas nem um senhor.
eu se calhar precisava do oposto..

Visconde de Vila do Conde disse...

Bi, obrigado.

Visconde de Vila do Conde disse...

Tereza, adjudicado.

(por acaso acho que você ía bem no papel de coach)

Visconde de Vila do Conde disse...

Mente, muito me apraz o seu conhecimento de néctares irlandeses.

(OLD Bushmills)

Visconde de Vila do Conde disse...

Calamity, falava dos candidatos à presidência do Sporting.

(e nisso das horas, às vezes estico-me...)

Mente Quase Perigosa disse...

Faz-se o que se pode, meu caro, faz-se o que se pode...