Coisas bonitas, e isso...

Muito bonito, aquele post com músicas dedicadas às Teresas que a Sem-se-Ver construiu para a Tereza.

Quese me apeteceu partir também uma perna, só para ver onde é que a Sem-se-Ver ía desencantar músicas dedicadas ao Visconde de Vila do Conde...

(Sem-Se-Ver, eu sei que estas coisas só se dedicam a quem merece...)

46 comentários:

sem-se-ver disse...

se é por isso, faz favor de ir já partir uma pernita... ou as duas!

assim à primeira lembro-me de incontornáveis para si: tony carreira, pedro abrunhosa, rodrigo leão, amália hoje e uns pós de 'the greatest hits of classical music', com o bolero de ravel, o 1º andamento do concerto para piano do grieg, as 4 estações do vivaldi (´primavera', claro, foi usada em anúncios de sanitas), o último andamento da 40ª de mozart, e uns coros de ópera tipo coro dos escravos do verdi. que tal?




(vc - muiiiito de quando em vez - é um querido. não parta nada, sff: se fizer muita beicinha quem sabe eu lhe dedico um dia destes uma juke, visconde...)

calamity jane disse...

E eu, que não posso ver nada? Também queeeeeroooooo!!!!!!!

Visconde de Vila do Conde disse...

Vamos por partes, ssv: Tony Carreira, estamos conversados. Inquestionavelmente mau. Abrunhosa, você sabe que o acho muito bom ao vivo, acho que há muito menino que devia aprender com o senhor a agarrar um público. Assumo que, desde o saudoso "Viagens" não fez nada de excepcional. Rodrigo Leão, tem dias. Assumo que tem dias em que soa a música de elevador e há algo que me toca pessoalmente na música de Rodrigo Leão que a si, naturalmente, lhe escapa. Grieg gosto verdadeiramente, assumo. Quanto aos "Greatest Hits", desconheço o conceito, mas sei que a Primavera do Vivaldi era o suporte de uma publicidade a ar condicionado.

(Quanto ao resto, para quem gosta de brasileiradas, não está mal...)

(e não diga a ninguém que eu, ainda que muito de vez em quando, sou um querido. Quer arrasar a minha reputação?...)

(dedicava-me uma juke, se eu pedisse?)

Visconde de Vila do Conde disse...

(Ah, e o Amália hoje vale pelo que aquela miudagem dos Gift e dos Moonspell fizeram à letras do Oulman. não há vacas sagradas e gosto do que os miúdos fizeram, a sério que sim. e é tão bom estar do outro lado dos puristas da coisa...)

sem-se-ver disse...

hum.


não sei...


hum...





e mais hum....




(isto sou eu a torturá-lo um bocadinho)

sem-se-ver disse...

cj, nao vês nada? és ceguinha?????

Mente Quase Perigosa disse...

(Ficámos todos invejosos, foi o que foi... Mas espero, sinceramente, que não tenhas que fazer nenhuma juke-box em breve por estes motivos, SSV!!!!!!

sem-se-ver disse...

eheheh

eu também não :-)

tereza disse...

Pois os meninos queriam, não queriam?
olhem, arranjem um nome decente, sim, que Maria Teresa é um nome decente,e consigam as boas graças e os mimos da sem se ver, o que como o Visconde dizia, não é para todos...

sem-se-ver disse...

GAIJA DO NORTE!!!!

SOMOS TETRACAMPEÕES!!!!!!

OLÉ OLÉ OLÉ OLÁÁÁÁ OLÉ OLÁÁÁÁÁ

shark disse...

E o que chove lá fora?

sem-se-ver disse...

para ti era fácil, shark: várias versões do jaws...


(sorrisinho)

Mente Quase Perigosa disse...

(ahahahahhaa, SSV)

calamity jane disse...

Sim, o que chove!..

sem-se-ver disse...

cj, tu NAO ME DIGAS que és do benfica!!!!!!!!!!!!!!!!!!

calamity jane disse...

Eu não disse que não vejo, SSV. Mas que não posso ver nada...

(Vá, desafio-te a arranjar uma box inteirinha dedicada à minha pessoa)

Mente Quase Perigosa disse...

(ganda técnica, mana. :p)

sem-se-ver disse...

(e pra ti, mqp, tb nao era tao dificil assim: juke com música para cinema. acerto? :)

calamity jane disse...

Visconde, concordo que o Viagens foi um álbum absolutamente genial. É pena que o abrunhyosa se tenha deixado ficar por aí (embora o álbum nº 2 tivesse uma ou outra canção aproveitável...)

Mente Quase Perigosa disse...

(sou tão transparente, não sou, ssv?)

calamity jane disse...

Sim, SSV, sou do Benfica embora há muito, muito tempo tenha deixado de me chatear com isso...

sem-se-ver disse...

eh pá cj minha querida amiga... mas além do teu nome não ser nada decente para o efeito, como disse a chefa, eu ainda nao te conheço ao ponto de... hum... só se fossem... canções daquelas muitooooo compridasssss de metro e meioooo assim como os teus posts! :D


(que eu ADORO, hein? nada de paquidermes a bramir pela sala de estar, se faz favor!!)

sem-se-ver disse...

oh cj... fico tão desolada...


mas combinemos: não falamos de futebol, vale? :)

calamity jane disse...

Ó minha linda, qualquer box recheadinha de Caetano, Chico, e quejandos seria uma box para mim...

sem-se-ver disse...

(enqt o motivo for o cinema, é bom que assim continues, mqp... :)

calamity jane disse...

Ou um convite para a peça Gota d'Agua, que falhei aqui em Lx...

calamity jane disse...

Bramir!!! That's it!!! Onde andavas tu, SSV?..

sem-se-ver disse...

ouve lá oh cj: tu já foste ao meu blog espreitar as caixas de musica? para grande desconsolo do visconde, tenho lá várias com música brasileira! :D olha, logo uma das primeiras, 'vozes brasileiras por cá' (que me deu um trambolhao monstro e pôs a cabeça dos meus leitores em água à época), sao, se nao me falha a memoria, 47 diferentes intérpretes.. algo assim...

e sabes que mais? nunca os tinha contado, mas, SIM, há tantos bons intérpretes assim de música brasileira!!

sem-se-ver disse...

(com preguiça para te responder a isso... sorry... :(

sem-se-ver disse...

ouve, e a sério: eu pessoalmente gosto muito das 2 caixas que fiz com o caetano (e imodestamente acho que o post que fiz pro chico é dos meus melhores ali...)

calamity jane disse...

Sim, tantos!

calamity jane disse...

(mas eu queria uma personalizada...)

sem-se-ver disse...

lollllllllllllllllllllll



ai ai miúda que me metes em trabalhos...


:)





(quando é que fazes anos?)

calamity jane disse...

é ver no vinho do Porto!

(tipo: é fazer as contas!..)

Ainda falta, SSV, grassádeus. 19 de dezembro.

sem-se-ver disse...

pois, mas n me apeteceu ir lá



(pois, ainda falta... tenho tempo, hein?? para ir pensando na coisa e tal...)

calamity jane disse...

Mas a Gota d'Água anda aí.

calamity jane disse...

(aliás, aqui são mais que muitas, como diz o meu parceiro Tubarão)

sem-se-ver disse...

:)

curiosamente nao tenho grande curiosidade... embora digam bem... mas tu, sei que sim, que gostarias de ir... nao arranjaste bilhetes?

calamity jane disse...

Não... olha, se calhar é porque não presta...

sem-se-ver disse...

;-)



(assim é que é: belo mecanismo de defesa)

calamity jane disse...

Tem que ser, filha, tem que ser...
(a gente tem de crescer um dia né?)

Mente Quase Perigosa disse...

Tem mesmo de ser, CJ?

Às vezes, acho que é esse conceito que nos torna infelizes. Essa obrigatoriedade...

calamity jane disse...

Ó linda, é para nosso bem...
(diz que...)

sem-se-ver disse...

eu era velha aos 19 anos.


como tal, compenso isso com doses maciças de criancice.

não me dou mal, eu.


os outros é que não costumam achar grande piada...

Mente Quase Perigosa disse...

Às vezes, sinto-me velha e cansada e isso não me agrada...

Prefiro ser imatura e feliz, tá decidido...

sem-se-ver disse...

acho que decidiste muito bem


:)