Dos homens não chorarem

Bem sei que disse à Mente, ainda para mais na caixa de comentários de um dos posts mais bonitos que se escreveram aqui no Cabra (e não fui só eu a notá-lo, por isso podem crer que era mesmo um post bonito), bem sei que disse, dizia eu, que os homens não choram.

Mas hoje, o Fernando Alves fez a mais bela das homenagens a Bénard da Costa. Nos três minutos que demoram os seus "Sinais", Fernando Alves passou a música do Johnny Guitar. Sem falar, apenas a voz de Peggy Lee sussurando-me ao ouvido "Play the guitar, play it again, my Johnny...".

Johnny Guitar era o filme favorito de Bénard da Costa.

4 comentários:

pedro disse...

portugal esta sem duvida mais pobre =/ mas que haja mais Bénards da Costa e diga-se de passagem que peggy lee e/foi uma exelente jazzista,sou um pouco novo mas gosto muito de jazz(desculpem a invasão

tereza disse...

E o Visconde, chorou?

Mente Quase Perigosa disse...

Mais uma pergunta cuja resposta vai pairar para sempre no reino do silêncio e da indecisão, Chefa.

Mente Quase Perigosa disse...

(Obrigada, Visconde)