A bicha voadora

Rondou o copo.
Avisei. Disse-lhe para sossegar.
Não quis. Teimosa, insistiu naquele mergulho suicida.
E eu deixei-a ir.
Oxalá tenha tido tempo para se embebedar antes do suspiro final!

14 comentários:

shark disse...

A etiqueta intrigou-me. Hoje é dia 1 de Abril?
:)

CybeRider disse...

Gaija, tinhas dito que tinhas vontade de atirar algo pela janela...

Não pensei que chegasses ao ponto de atirar "alguém", ainda por cima de copo e garrafa na mão...

Dizeres que foi ela que insistiu no "mergulho", como alibi, é capaz de não ser grande coisa...

:)

tereza disse...

Gaija, tu bebe-a. Já te disse que servem de aperitivo.

Mad disse...

Sempre tem proteína :)

gaija do norte disse...

não, mas o 13 de maio é já amanhã...

elle disse...

que sossego, deus meu!





(andam a preparar alguma...)

Mente Quase Perigosa disse...

Elas andem estranhas...

gaija do norte disse...

ai cy, desculpa esta demora mas tive uma emergência (não, não salvei a melga!!!)

não atirei nada pela janela, mas a bicha foi cano abaixo com direiro a remoinho e tudo!

gaija do norte disse...

chefa, ninguém bebe uma bicha deste tamanho!

(normalmente esborracham-se e dá-se por terminada a história)

gaija do norte disse...

mad, o excesso de proteínas é prejudicial...

gaija do norte disse...

as bichas, peixa? não me baralhes!

gaija do norte disse...

(será uma invasão, elle? bálhamedeus! se uma melga já é o que é...)

herético munto erótico disse...

Paz à sua ialma!

gaija do norte disse...

estas bichas não têm ialma, herético munto qualquer coisa que não se pode dizer quando se fala de ialmas!