O grande embuste

Vem uma gaija para terras algarvias, ainda por cima nos primeiros três dias seguidos de calor a sério, convencida que vai enfim tirar a barriga de misérias e apanhar um bocadinho de praia - não que o Algarve seja muito bem servido nessa matéria... bom, pronto, ok, eu admito, tem uma ou duas que escapam e tal, águas a um temperatura aceitável, um sol sofrível, mas HAJA PACHORRA PRA ESTA CAMBADA, ele é bimbo de Lisboa, do Porto, de Braga, de Norte a Sul do País, ele é parolo algarvio, alemão, holandês, ele é tia de Cascais, queque do Estoril, pastel de Belém, donuts inglês, enfim, mesmo que se encontre um areal convidativo à beira do Atlântico na sua versão mais mansa, alguém me explica onde é que é suposto estender-se uma toalha??? Bom, mas sobre este assunto escreverei um dia destes e será a posta mais longa da história da blogosfera mas avisar-vos-ei logo no primeiro parágrafo que é para poderdes evitar iniciar a sua leitura...- , dizia eu que vem uma gaija (sim, gaija, ainda não perdi o i, apesar de andarem por aí umas e outras a tentarem arruinar-me ainda mais a reputação - como se esta não andasse já pelas ruas da amargura! -) a pensar que, apesar das péssimas condições que estas gentes do sul têm para ofertar aos desabridos turistas que ousam aventurar-se por aqui, vai conseguir apanhar um pouco de sol e dar uns mergulhitos, a fim de não voltar para casa com aspecto de quem foi passar cinco dias enfiada numa mina a 25 metros de profundidade, e apercebe-se que esta malta está decidida a não deixar que isso aconteça sob pretexto algum. É uma estratégia concertada. A Chefa e aquela que se diz minha gémea, com a desculpa de que se preocupam muito com as queimaduras solares, e tal, que receiam pela nossa saúde e o cancro da pele isto e aquilo e as crianças práqui e prácolá e as insolações e os incêndios e o camandro NÃO NOS DEIXAM PÔR O PÉ NA AREIA ANTES DAS OITO DA NOITE. Sim, leram bem. Oito horas e o sol a pôr-se é quando elas nos autorizam a pisar as areias algarvias. O máximo a que eu e o pobre Santo temos direito é a ver o sol pôr-se - em terra, já que nem um mar virado a poente estas alminhas conseguiram arranjar!!! De modos que quando chegar a Lisboa vou ter que ir trabalhar para o bronze, que isto aqui, em boa verdade vos digo: em matéria de praia propriamente dita, é um embuste.

29 comentários:

O Santo disse...

Mas a praia ficou linda, via-se lepus, orion a sul, e, tropeçando pela pouca luz ambiente, até uma estrela ou outra desconhecida. Lindo. Ah, o sol e calor e bronzear e... Tb ouvi dizer que se conseguia no algarve mas ja tenho duvidas. Legitimas.

Mente Quase Perigosa disse...

Amanhã vão às 21h para ver se gostam mais...

(apre que esta gentinha só resmunga...)

Aquela que se diz tua gémea?

Hádes cá vir (do verbo muito quente)!!!!

Quanto a ti, Santinho, goza hoje que amanhã a tua reputação vai sofrer uma reviravolta... Ah ah ah (ler como se um riso demoníaco se tratasse)

O Santo disse...

mentinha... ja muitas tentaram. Boa sorte

tereza disse...

Eu acho graça a estas reclamações... muita graça...
chegam cá armados em convidados, não fazem nenhum, estão o dia inteiro a balançar-se na rede e a pedir mais gelo para as bebidas, eu e a peixa fartinhas de trabalhar para conseguirmos satisfazer todos os desejos (e digo TODOS mesmo9 e depois armam-se em dondocas e exigem ir para a praia mais cedo.
Amanhã é certinho - vou para a praia de manhã e ficam os dois a tratar das comezainas!

Peixa a partilhar pc com a Chefa disse...

Santinho, mas nenhuma tinha tantas testemunhas como eu...

Peixa em modo de congeminação com a Chefa disse...

Apanho-te às 9, Chefa. Saca-lhes as chaves dos outros carros...

O Santo disse...

deixa la ver se consigo exprimir de forma concisa e eficaz o que pretendo dizer...

Ah ah ah (ler como se um riso demoníaco se tratasse) e ainda Ah ah ah (ler como se um riso demoníaco se tratasse)

O Santo disse...

(Santo, chegaste ao Inferno ou ainda só estás no Purgatório?)

O Santo disse...

O Santo até ía corrigir a cena de cima mas ficou sem bateria!!!!

Isto nunca me tinha acontecido...

O Santo disse...

Bem que me parecia que andava a esmorecer...

O Santo disse...

Não sei como resolver isto...

Será que a Peixa ainda tem comprimidos azuis?

O Santo disse...

Acho que estão ao pé da moca. Aquela macia, mas firme e hirta...

O Santo disse...

Oh pá não sei se o meu futuro passa por aí... tenho que pensar...

Bolas, tou mesmo chateado... O que irão pensar os meus colegas de blog?

O Santo disse...

Quais colegas? Só parece andar por aqui o Santo..

(deve ter sido por causa de ser noite de véspera do outro. Entusiasmou-se com as noivas e ocupou a tasca...)

O Santo disse...

existe um termo para a situacao:
usurpação.

(o legitimo)

O Santo disse...

nao quero parecer que faco uma avaliacao unilateral mas uma das siglas ocorre:

ASAE

O Santo disse...

prefira o original

assinado: o original

O Santo disse...

(isto de ficar sem bateria tem muito que se lhe diga... um gaijo fica aqui a pensar sozinho, a comentar e a responder e até quase parece o outro fechado numa caixa com os heterónimos)

O Santo disse...

tao lindo ser unico


o unico

O Santo disse...

O nacional e bom!

O original nao pode ter uma falhita que abusam logo

calamity jane disse...

Então Santo, já te recompuseste dessa crise de identidade??

tereza disse...

Qual deles?

calamity jane disse...

Correcção: Então, Santos, já vos recompusésteis dessa crise de identidade?

Mente Quase Perigosa disse...

Achas? Ele ainda deve andar a pensar no que lhe aconteceu...

calamity jane disse...

Só vários santos, para se aguentarem à bomboca a tanta cabra junta...

tereza disse...

à bomboca? Ai foi isso? Prontos, distraí-me outra vez e perdi o melhor...
CJ, também tiveste direito a uma t-shirt suja?

calamity jane disse...

Eu sou sempre uma desgraçada... fiquei-me por uns boxers 12 anos a dizer "caralino"
(não, não me estou a esquecer de nenhuma letra)
E mesmo assim ficaram no cesto da roupa suja da Peixa, a fazer companhia à t-shirt do download...

Mente Quase Perigosa disse...

Não estão à espera que eu diga alguma coisa, pois não?

Taj Mahal, babes, Taj Mahal...

Mas não vi bombocas...

tereza disse...

Eu vi. Só havia uma. Foi para mim!

(e mais também não digo, mas insisto que não fiquei com roupa suja de ninguém...)